31 de outubro de 2008

Celso não era Hamlet


"Curitiba, cidade que foi pioneira na reciclagem, vive um momento curioso. Tem muita gente de olho no lixo. No coração da administração de Beto Richa se trava uma luta encarniçada, envolvendo poderosos interesses políticos, pelo posto de secretário do Meio Ambiente.
Um dos motivos que levam essa luta ao paroxismo não é nada ecológico. O novo secretário vai conduzir a licitação para a construção do novo lixão de Curitiba. Uma obra milionária que vai envolver custosas desapropriações e mexer com interesses dos mais diversos".
. Do jornal online Hora H News

Meu comentário: foi-se o tempo em que empresários ambiciosos e políticos gananciosos se lixavam para o lixo. De uns tempos para cá, o lixo tem sido uma das principais fontes de corrupção em administrações municipais. Associado ao transporte coletivo, é nitroglicerina pura. Não nos esqueçamos, pois, de tragédias anunciadas como os assassinatos de Celso Daniel (Santo André) e Toninho do PT (Campinas) , para ficar só nesses dois exemplos de grande repercussão nacional.
O jogo de interesses que cerca a destinação do lixo coletado e, em alguns casos também, o transporte coletivo urbano, é diabolicamente complexo.
Quantos Shakespears precisariamos ter para nos alertar de que há sempre algo de podre no reino da Dinamarca?. Li artigo de um auditor fiscal de Goiás, chamado
Dénerson Dias Rosa, que ao se deparar com uma podridão fiscal no exercício do seu mister, lembrou de uma das peças teatrais mais famosas que tinha assistido - Hamlet. Não se comparou ao personagem, mas usou o texto shakesperiano para dizer que a Dinamarca é aqui. Lembrou que:
"Hamlet foi ferido por seu algoz, de raspão, com sua espada embebida em veneno mortal, mas, antes que morresse, conseguiu eliminar seu algoz.No Brasil, já presenciei diversos “Hamlet’s”, feridos por seu algoz com sua espada envenenada, vindo a falecer. Mas ainda não vi nenhum “Hamlet” que conseguisse, mesmo morrendo, eliminar seu algoz, permitindo, aos que depois dele surgissem, que não tivessem que travar as mesmas batalhas.
Quantos “Hamlet’s” mais nós teremos que perder? “Hamlet’s” capazes e dispostos a gerar empregos, capazes e dispostos a gerar mais riqueza, capazes e dispostos a colaborar para o crescimento econômico nacional, capazes e dispostos a, em busca de seus ideais, se sujeitar a serem feridos por seu algoz, com sua espada embebida em veneno?
Quantos “Hamlet’s” mais nós teremos que perder antes que alguém efetivamente perceba que há algo de podre no reino da Dinamarca?”.

PS: No momento em que a imprensa começou a divulgar algumas verdades sobre o crime de Santo André, alguém pode ter sonhado ser Celso Daniel um Hamlet tupiniquim. Mas foi apenas sonho. Sonho de um sonho, magnetizado, mas sonho.

Tô na torcida

Informa Edson Lima em seu blog: "O vereador Humberto Henrique me disse hoje que o Partido dos Trabalhadores discute internamente lançar sua candidatura.
Portanto, o petista Humberto Henrique pode tentar conquistar a cadeira de John Alves Correa, dia 1o. de janeiro do ano que vem. Ele está conversando com os demais vereadores pra sentir como está a disputa".

. Seria ótimo se o Humberto fosse o próximo presidente da Câmara Municipal de Maringá. É transparência garantida. Com certeza, a SER não teria com que se preocupar em relação ao nosso Poder Legislativo. Dr. Manoel Sobrinho seria outro grande nome.

No reino das contradições

"As pessoas de bem não têm dúvida: Freire constitui-se em expressão máxima de um jeito conveniente de fazer política, em que a renúncia moral é recompensada pelos mimos da direita e dos barões da mídia". (Mauro Carrara)

PS: a referência direta é ao presidente nacional do PPS, um outrora comunista que fez festa para comemorar a queda do Muro de Berlim. Contradição pouca é bobagem

Caboclo mamadô

Bill Clinton entrou de cabeça nesta reta final da campanha democrata e tem conquistado votos na classe média para Obama com a seguinte lembrança:"Nos últimos oito anos 90% de todos os ganhos da economia americana ficaram com os 10% mais ricos. A sociedade americana sempre foi construída "de baixo para cima" e o governo Bush inverteu a pirâmide, transferindo renda de baixo para cima".

Como se vê , nem o país mais rico do mundo, referência máxima do capitalismo, aceita mais a concentração exagerada de renda. Rejeita também a tese do "estado mínimo" que ainda é muito forte aqui no Brasil, com a diferença de que os nossos defensores contumazes do enfraquecimento do estado são os que mamam descontroladamente nas tetas da "vaca profana". Vivemos ainda sob o signo do caboclo mamadô.
.

30 de outubro de 2008

Se ele disse, tá dito

“Essa situação foi criada pelo ministro Carlos Ayres Brito, que gosta muito de pirotecnia. Ele resolveu inovar”. Palavras do deputado Ricardo Barros , criticando o presidente do TSE sobre a impugnação de Belinatti. Ricardo garantiu a jornalistas de Curitiba que o prefeito eleito de Londrina assumirá, pois o PP já entrou em campo com um grande time de advogados. Se ele falou, tá falado. Belinati já está salvo.

Comprometida

Fico sabendo agora que a árvore que caiu sobre o carro de João Ivo, que deu um grande susto na esposa Zenaide, estava com cupim e a moradora da casa em frente já tinha pedido pra Prefeitura retirá-la fazia tempo. Ela tem o protocolo.

Cagado de arara


Este aí é o carro do João Ivo, atingido por uma árvore ontem à tarde durante o temporal. Depois de perder a eleição, fritado que foi por uma campanha sem estrutura e pela tese do "voto útil", emplacada na última semana pelo PT, ainda acontece mais essa! A arara nem se preocupou em cagar noutras paragens. "Assim é a vida", conformou-se João, após ver o estrago que a árvore fez no Astra.
. A pincei a foto do blog do Zé Rigon

29 de outubro de 2008

Em Londrina

ONTEM

HOJE

Tudo a ver

Assim que terminou o show pirotécnico da vitória, Belinati anunciou o nome do seu ex-provável futuro Secretário de Fazenda: Waldomiro Grade. Sugestivo, não?

Aqui ela não resistiria


Segundo o arquiteto e urbanista Geovany Jessé A. Silva a Torre Eiffel era considerada no finalzinho do século XIX um símbolo de feiúra de Paris, que algumas autoridades francesas queriam eliminar. Estivesse este monumento histórico na Maringá da era Barros, será que a torre resistiria em pé?

Recado aos "exterminadores do passado"


Como será que os nossos "exterminadores do passado" e os babacas que os admiram vão absorver esta crítica , muito procedente, do Prof. Geovany Jessé A. Silva - Arquiteto e Urbanista – FAU-UnB?
Vi o texto no blog do Rigon e, confesso, me senti de alma lavada. O professor fala dos munumentos históricos e faz uma referência especial à Rodoviária Américo Dias Ferraz:

"Não se prendam à imagem dessa Rodoviária tal como é hoje, sem uso, abandonada, prestes a virar mais um fantástico shopping... Ao olhos menos atentos e críticos, parece uma boa troca! Mas àqueles que estudam ou viveram o passado, não. A Rodoviária de Maringá tem uma importância histórica no processo de desenvolvimento urbano da cidade. Já foi a construção mais moderna e representativa da região, não é apenas um edifício velho. Ela tem seu valor, é um símbolo, tanto que hoje ainda questionam a sua demolição. Entendam que a bela cidade de Maringá tem pouca arquitetura passível de preservação, pois é uma cidade jovem, “moderna”, e de uma arquitetura pouco expressiva em geral. Mas sua beleza está justamente no conjunto urbanístico e paisagístico da cidade. Diferente de Curitiba, Ouro Preto ou Brasília, cada cidade deve reconhecer e valorizar seu patrimônio.
Acho imprescindível a preservação da Rodoviária, transformem-na em um marco arquitetônico, num espaço com belas praças e manifestações culturais... A cidade de vocês ficará ainda mais bonita, e a população ainda mais feliz... (não sei se alguns interessados concordam com isso!), e minhas férias de fim-de-ano em Maringá ainda mais agradáveis.
Abraços ao maringaenses, e cuidem da sua história!".

O que disse Hauly

O deputado Luis Carlos Hauly, que disputou o segundo turno em Londrina contra Belinati, lamenta: " A confusão poderia ser evitada se o TSE tivesse julgado Belinati antes de iniciar a eleição.É lamentável, mas eu mantenho o que disse quando soube do resultado das urnas. O voto do eleitor deve ser respeitado".
O presidente do PP estadual, deputado Ricardo Barros , que comandou a campanha de Belinatti no segundo turno, já anunciuou que vai recorrer. Mas há em Londrina a sensação de que dificilmente a impugnação será revertida. Já tem gente pensando numa nova eleição.
Apenas pra lembrar: o caso do prefeito de Maringá Silvio Barros II (reeleito) também continua subjudice. Haja pulga pra tanta orelha.

Invoquemos Pirro, em nome da esperança

"O caso é interessante. Ainda que não seja do agrado de muitos, e sem entrar no mérito do acerto ou não do julgamento, apenas para esclarecer, cabem Embargos de Declaração, com efeitos modificativos, ao próprio TSE. É modalidade de recurso, que sendo provido, admite revisão do julgado. É de interposição obrigatória para fins de prequestionamento de divergência jurisprudencial, no caso de futuro recurso ao STF. No caso, a decisão contrariou a jurisprudência do próprio TSE, firmada na assentada dos julgamentos referentes às eleições de 2008. De acordo com o Código Eleitoral, os precedentes firmados, somente podem ser modificados pelo Voto de 2/3 dos membros do Tribunal. A votação foi 5 x 2, não atingiu, portanto, os 2/3.
Se os Embargos Declaratórios não forem providos, cabe Recurso Extraordinário ao STF, cuja Jurisprudência diverge do entendimento do TSE. Portanto, a decisão não é definitiva.
Carmino Donato Jr.
Advogado".
. O texto acima está como pitaco no blog do Rigon. Temos que considerar o seguinte: o advogado Carmino Donato Júnior é um craque nessa área. Se ele está falando, a coisa é assim mesmo. Mas cá entre nós: que do ponto de vista político foi uma vitória do bom senso, isso foi. É justo que os londrinenses de bem, que não se deixaram enganar pelos encantadores de serpentes, estão exultantes. É preciso respeitar o resultado das urnas, sim, mas tudo tem lá seus limites. Vai chegar uma hora em que os estelionatos eleitorais ficarão encalhados na própria lama que seus artífices produzem. Pode não ser no meu tempo, mas se ainda for no tempo dos meus filhos e dos meus futuros netos, já me darei por satisfeito.
Que vitórias como a de Belinati se tornem realmente em exemplos de vitórias de pirro.
Em tempo: Pirro foi aquele general grego que, tendo vencido a Batalha de Ásculo contra os Romanos, se sentiu arrasado por causa da grande baixa registrada no seu exército. Ao ser cumprimentado pela vitória,susurrou, preocupado: "Mais uma vitória como esta, e estou perdido."

28 de outubro de 2008

Quantos Rios haveremos de ter?

De Hélio Fernandes (Tribuna da Imprensa) sobre o resultado das eleições no Rio: "teremos que viver mais 4 anos nos subterrâneos da desesperança, das alianças fraudadas, fraudulentas e falsificadas, com esse farsante Eduardo Paes DEDICANDO a vitória a Sérgio Cabral (nada surpreendente, são iguais) e até a Lula, que fez o favor de ceder aos apelos de Paes e "permitiu" uma foto com ele.

Como teremos 4 anos para chorar a tristeza derramada, e os resultados são definitivos, analisemos, mostremos como a mídia interpreta mal, um pouco por incompetência, outra parte por interesses acumpliciados".

Meu comentário: Foi uma pena Gabeira perder aos 46 do segundo tempo. Fez uma campanha de poucos recursos, só com o seu prestígio e usando a força da sua inteligência e de um comportamento ético que tornou-se grife nacional. Mas o Rio não está só, outros resultados semelhantes, advindos de circunstâncias idênticas ocorreram Brasil a fora. O pior é imaginar que o Brasil patina, e deixa cair no goto este caldo de cultura temperado à base de fisiologismo e velhacaria.

Pressentimento

"E o empresário honesto, que tenta administrar seus negócios com eficácia e sem depender dos favores oficiais, sentirá que todo esforço foi em vão. De que adianta a competência, se alguém que fez a máquina pifar por três vezes é aclamado pela maioria? Por que tanto esforço, se a desonestidade e incompetência combinadas falam mais alto e se anulam uma à outra, qual um espelho do demônio?".
. Do jornalista londrinense Paulo Briguet no domingo, 26, dia do segundo turno

Do mesmo Paulo Briguet, um dia após a vitória de Belinatti:

"De novo. No cu do povo.

Minha modesta proposta é trocar o nome da síndrome de Estocolmo. Em Estocolmo, cidade do mundo civilizado, não deve haver 140 mil reféns do sadomasoquismo como temos por aqui. A partir de hoje, vamos falar em síndrome de Londrina".

Enfim, no Palácio


Informa Fábio Campana que Beto Richa colocou os pés pela primeira vez no Palácio Araucária. Dois fatores possibilitaram isso: o futebol, que une as lideranças políticas do Paraná para trazer para a "Baixada" jogos da Copa do Mundo de 2014 e a interinidade do vice Orlando Pessuti, uma vez que o governador Requião encontra-se no exterior, mais precisamente em Dubai(Emirados Árabes).

Nuvens de verão

"O PSDB não pode abrir mão de ter candidato próprio ao governo do Paraná em 2010. Afinal, o partido precisa fornecer palanque e ter um puxador de votos para José Serra, provável candidato a presidente pelo partido".

Palavras do tucano Gustavo Fruet que soaram como um grito de Tetê Spíndola no ouvido do senador Osmar Dias. Alguém ainda duvida que Beto Richa será candidatgo a governador? E que num cenário com o prefeito reeleito de Curitiba para a sucessão de Requião , Osmar vai preferir renovar seu mandato de oito anos no Senado? E que com Osmar e Requião conrorrendo as duas vagas existentes não terá mais pra ninguém? Neste caso, Ricardo Barros não trocaria o certo pelo duvidoso. Seria novamente deputado, porque tudo o que ele não quer é ficar sem imunidade.

PS: Até 2010 os efeitos "nuvens de verão" da política paranaense vai deixar muita gente à beira de um ataque de nervos.

Kid trovador

Os que não acreditaram
Na palavra prometida
Totalmente aceitaram
A exploração mantida

Lamento que este curral
De gente encabrestada
Venha causar tanto mal
Aos sem culpa de nada

. Vi a segunda trovinha no blog do Rigon e não resisti, postei este e mais um punhal no Nerino Pacheco, o trovador da "Boca", cujos versos ferem tão fundo quanto o Kid Cavaquinho do João Bosco e do Aldir Blanc.

Alfinetadinha

Senador Álvaro Dias falando sobre a aliança Beto Richa-Osmar:"As alianças políticas, como as paixões de Vinícius de Moraes, são infinitas enquanto duram. E a tendência é que não durem muito".

PS: Essa aliança, feita para as eleições da capital com foco em 2010 já estaria com prazo de validade vencida.

Que a "Síndrome Belinati" se faça síndrome...


O que é a Síndrome Belinati? Segundo o jornalista José Pedrialli "é a doença terminal que acometeu a todos os que se alinharam a ele para se catapultar politicamente: quiseram voar, e sempre mais alto, e foram sepultados ou ofuscados". Que os anjos digam, amém!

Blogueiro londrinense desabafa

"Ricardo Barros (PP), que saiu pela janela acossado pelos seus munícipes quando era prefeito de Maringá, teve forte atuação na eleição do prefeito Antonio Belinati (PP) em Londrina. A que ponto chegamos.
Além dos locais, estamos importando pilantras regionais.
Será que os irmãos Barros - Ricardo e Silvio - terão secretarias em Londrina?".
. Blog Paçoca com Cebola, do jornalista Cláudio Osti

Caminhos da terceirização

"Servidores terceirizados do Senado, pagos pelo contribuinte, são usados como empregados domésticos e caseiros por senadores e funcionários".
. Do Blog do Cláudio Humberto

Meu comentário:Esse é apenas um dos problemas da terceirização no setor público.Essa mania de enfiar empresas privadas em tarefas que cabe ao Estado dá nisso e em coisas piores. Que o diga a Sanepar. No governo Lerner, a Sanepar terceirizava vários serviços, inclusive o de leitura de hidrômetros, que não sei se continua. As terceirizações geraram um passivo trabalhista monstruoso para a empresa estatal, afinal de contas, solidária nas ações.
E o que dizer da Prefeitura de Maringá que nas gestões Ricardo Barros e Jairo Gianoto terceirizou serviços e até políticas públicas? Lembremos que Ricardo terceirizou a educação e o custo para os cofres municipais foi altíssimo; tercerizou a coleta de lixo e, anos mais tarde, o erário pagou o pato da irresponsabilidade. Jairo implantou o parquímetro e terceirizou a cobrança de tributos municipais, outra roubada que sobrou para o lombo dos contribuintes.
Mas fiquem frios que em sua segunda gestão, Silvio Barros II vai mostrar com quantas terceirizações se faz uma adminsitração cidadã. Quem viver, verá.

A bola já está rolando...


Está aberta a bolsa de apostas para as duas vagas do Paraná no Senado em 2010. Já na disputa, esses cinco aí - Gustavo Fret, Flávio Arns, Abelardo Lipion, Ricardo Barros e Roberto Requião.
Ninguém pode prever ainda o que vai acontecer com Osmar Dias, que é candidatíssimo a governador, mas pode se decidir pelo Senado, caso ninguém tire o Palácio Iguaçu da cabeça de Beto Richa.
No caminho de Osmar ainda, o irmão dele, que terá mais quatro anos de Senado, mas sonha em voltar a governar o Paraná já a partir de 2011. Álvaro diz por onde vai que não abrirá mão da disputa; Osmar fala o mesmo. Como resolver este complexo Caim-Abel? Seu Silvino resolveria rapidinho, mas o patriarca da família Dias já não está mais aquí. Que Deus o tenha.

27 de outubro de 2008

Nova Turma


A Escola Milton Santos, que a atual administração municipal não sossega enquanto não inviabilizar, forma neste 31 de outubro (sexta-feira) novos técnicos em agropecuária com ênfase em agroecologia. São 26 novos profissionais de nível médio, que trabalharão a agricupecuária limpa, sem qualquer tipo de veneno.
O curso é fruto de um convênio firmado em 2004 entre Prefeitura de Maringá,a Universidade Federal do Paraná e o ITEPA - Instituto Técnico de Pesquisa e Assessoria.
Graças a este convênio viabilizou-se uma boa estrutura na Escola Milton Santos, localizada numa área de 30 alqueires cedida em regime de comodato por 20 anos. É neste convênio que o atual prefeito quer mexer para acabar com a escola. Pra isso, ele se apega num erro formal do convênio , coisa boba, mas que serve para oxigenar o preconceito que nutre contra o MST. Ocorre que a maioria dos alunos é oriunda do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra.
Mas vale lembrar que o governo do Estado investiu no local, principalmente na construção de um grande prédio que abrigará salas de aula, biblioteca e laboratórios.

A título de informação: Milton Santos (foto), que dá nome à escola, foi um brilhante geógrafo, um dos brasileiros mais ilustres e de maior prestígio no exterior.
Orgulho da ciência brasileira, Milton de Almeida Santos nasceu em Brotas de Macaúbas, no interior da Bahia, no dia 03 de Maio de 1926.
Doutor honoris causa em vários países, ganhador do prêmio Vautrin Lud, em 1994 ( o prêmio Nobel da geografia), professor em diversos países (em função do exílio político causado pela ditadura de 1964), autor de cerca de 40 livros e membro da Comissão Justiça e Paz de São Paulo, entre outros.
Não por outra razão, o MST tem neste ilustre brasileiro um de seus grandes inspiradores. A Bahia, penhoradamente, agradece.

A dinastia

"Herculano Ferreira da Folha Popular jura que ouviu o deputado federal Ricardo Barros dizer, que em 2014 lança a filha Maria Vitória para a campanha de deputada estadual. E a “iniciação” já começou. A menina integra atualmente o PP Jovem no Estado".
. Do blog do Lauro Barbosa

O futuro é logo alí

Juntos, chegaremos lá!

A definição

"Gente: o PMDB não é um partido e sim uma federação de partidos municipais. O PMDB é que nem o carro "flex" . É liberado para rodar com qualquer ideologia. O PMDB do Rio é lulista. O de São Paulo é serrista. E vai por aí".
. Do blog de Ancelmo Góis

Rima rica ou rima santa?

Se a fé em Deus te acompanha

Na andança de déu em déu,

Podem barrar-te na Espanha,

Nunca na porta do céu!

. Do poeta-trovador Osvaldo Reis

De domínio público

"Vocês precisam nos ajudar com os dízimos para que ajudemos vocês a chegar aos céus".
A frase é atribuída por Hélio Fernandes (Tribuna da Imprensa) ao bispo Malafaia, da Igreja Universal. Mas o que há de pastores por este Brasil de meu Deus se apropriando dela é uma grandeza. Ressalte-se que há líderes evangélicos mais sintonizados com os tempos de globalização. Ao invés de dizimistas, chamam os que enchem suas burras, de patrocinadores e parceiros. Aleluia, irmão!

Quem és tu, Coriolano?

"O deputado federal Ricardo Barros (PP), presidente do partido no Paraná é um dos grandes beneficiados com a vitória de Antonio Belinati em Londrina. Ele não esconde de ninguém que quer ser candidato ao Senado em 2010. Para tanto montou acampamento durante os últimos 10 dias em Londrina. A vitória, dura, nas urnas, o fez ganhar, além de outra grande base para suas pretensões (seu irmão, Silvio, foi reeleito prefeito de Maringá e o PP dominga em Guarapuava, Toledo e Cornélio Procópio), experiência. “Sou novato na política, onde milito há 20 anos. Nunca vi um nível de baixaria tão grande como o daqui, onde o adversário não respeitou nada para ganhar as eleições”, relatou há pouco. Ontem, por exemplo, segundo seu testemunho, a cidade foi inundada por um panfleto onde se informava que Antonio Belinati tinha sido cassado pelo STF e sugeria que se votasse em Barbosa Neto".
. Do blog do Zé Beto (Curitiba)

PS: Que não nos leia William Shakespeare, mas nada é tão na veia quanto esta fala do primeiro cidadao na peça CORIOLANO: "Muito embora as pessoas de consciência delicada possam dizer com suficiência que ele fez tudo isso pela pátria, fê-lo para agradar a mãe e por causa do seu próprio orgulho, que, sem dúvida, vai de par com seu merecimento".

Alçando vôo

A Cocamar inicia uma forte campanha publicitária do seus sucos em tres estados: Paraná, Santa Catarina e São Paulo. É a maior campanha já criada pela Exclam Comunicação, agência de Curitiba.
Considerando que recordar é viver, lembro que no início de 2004 a Exclam foi uma das 9 agências publicitárias a participar de uma licitação na Prefeitura de Maringá. O valor licitado foi de R$ 1 milhão e 300 mil, fragmentados em tres lotes , vencidos pela própria Exclan, Premium (também de Curitiba) e a maringaense MB. Boa parte dessa verba foi para a chamada propaganda legal, ou seja, publicação de editais e de campanhas públicas, a maioria de prevenção, destinadas a controle de endemias.De lá pra cá, as verbas de publicidade da Prefeitura de Maringá cresceram de maneira absurda e só uma agência tem feito a publicidade da Administração Cidadã. Mas deixa pra lá, isso é assunto para o Ministério Público.

Galinha muda

Segundo o blogueiro Fábio Campanna," o PMDB revelou-se uma máquina de botar ovos. Mas não dispõe de uma voz nacional capaz de cacarejar, em 2010, o êxito retumbante de 2008".
PS: O PMDB foi o partido que mais fez prefeitos este ano - 1.201 contra 786 do PSDB, 559 do PT , 555 do PP e 500 do DEM. Porém no Paraná, o PMDB não conseguiu eleger nenhum prefeito de cidade grande, a começar por Curitiba , onde foi um fiasco.

Londrina hoje


"Réu em mais de 90 procesos nas áreas civel e criminal, condenado em três processos, com os direitos políticos suspensos - está na vida pública em razão de recurso -, com a candidatura impugnada pelo TRE e sub judice no TSE, cassado em 2000 por desvio de dinheiro público, preso duas vezes... Antonio Casemiro Belinati (PP) se reelege pela quarta vez prefeito de Londrina!"
. Di blog de José Pedriali

Meu comentário: o que explica desastres como este? É o povo que está anestesiado, passivo diante de fichas sujas e biografias imundas ou os partidos e as ditas lideranças éticas é que se mostram absolutamente incompetentes na tarefa de, pelo contraponto, quebrar essas blindagens construídas pela força do marketing e pela morosidade da Justiça? Essa é uma discussão que pecisa ser travada nos próximos anos, até como forma de depuração do processo político. Deixar tudo para o período eleitoral é contribuir de maneira decisiva com a eternização da "Lei de Gerson" na democracia brasileira. O caso de Londrina é emblemático.

25 de outubro de 2008

Cadê vocês?

"O contribuinte maringaense, indiretamente, está bancando a campanha do deputado estadual Antonio Belinati (PP) a prefeito de Londrina. Os irmãos Barros determinaram que os ocupantes de cargos comissionados - e esta administração foi generosa no criame de CCs - pedissem votos a Belinati; nem todos puderam ir, claro, mas há um lote enorme de assessores da Prefeitura Municipal de Maringá, que recebem salários dos cofres públicos maringaenses, na Capital do Café".
. Do blog do Rigon

Meu comentário: blogueiros de Londrina, como o Pedrialli e Cláqudio Osti (Paçoca com Cebola) têm comentado a respeito. Isto é fato. O objetivo é um só: ajudar a eleger o ficha suja Belinatti que, em 2010 , dará uma baita mão à provável candidatura de Ricardo ao Senado.
Pra não dizer que não falei das flores, alguém aí tem notícia da SER e do Observatório Social? E o Comitê 9840, por onde anda?

24 de outubro de 2008

Entre o "barrismo" e o tabuleiro


Do blogueiro Tiago Valenciano sobre o que ele chama de "o nascimento do “Barrismo” no Paraná:

" Antes, um poder local/regional; Agora, força Estadual; Antes, articulações políticas restritas à Maringá e aos atores do Congresso Nacional; Agora, eleger prefeitos em locais estratégicos passou a ser meta. Diferentemente do que muitos disseram, não estou “puxando o saco” de Ricardo. Os números falam por si. Apenas analiso a movimentação das peças do xadrez político, este que, se não reagir às jogadas de Ricardo, pode muito em breve levar um xeque-mate de um grande jogador".

PS: é uma análise interessante. Porém tenho algumas ressalvas ao termo "grande jogador". Na minha modesta maneira de ver o xadrez, o grande jogador é aquele que avança suas pedras, usando de maneira magistral o cavalo; com sabedoria, o bispo; com destreza, a torre; torna poderosíssima a rainha e dá aos peões o importante papel de isca. Este tipo de jogador, meu caro Valenciano, joga com inteligência, protegendo com maestria o seu rei e encurralando com sutileza o rei adversário. Mas o jogo rasteiro nunca passa pela cabeça do bom enxadrista. O jogo, seja ele qual for, tem suas regras e respeitá-las faz parte da ética, não apenas do jogador, mas da ética do cidadão. Se é que você me entende.

De um leitor

"Uma coisa incrível, Messias: pesquisa qualitativa feita em Londrina por um certo amigo nosso constatou que o povão identifica o Belinatti com Hobin Hood, ou seja, consideram que ele rouba dos ricos e dá aos pobres. Isto é pior do que o rouba mas faz do Maluff. É o fim dos tempos e a subversão total da democracia".
PS: que a alma de Adhemar de Barros descanse em paz.

Grande Osvaldo!


Quando ocorre um descaminho
É normal que se suponha
Foi ausência de carinho
Ou carência de vergonha.

. Pincei a trovinha do blog do Balestra. O autor Osvaldo Reis, que é um cara politizado e um crítico mordaz da falta de ética e da pouca vergonha na política, manda dizer que a esta trovinha cabem várias interpretações. Eu tenho a minha. E a sua, leitor, qual é?

Será que continua?

O instituto da reeleição para prefeito, governador e presidente vai começar a ser questionado duramente pela sociedade. O abuso da máquina este ano foi tão grande e tão descarado, que o país não pode mais conviver com tamanha pouca vergonha.

Olha a faca!



Do Ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, na inauguração da TV Digital, em Curitiba:
“Nos próximos dias, o Ministério do Planejamento analisará a projeção de crescimento econômico, a inflação e a cotação do dólar para calcular a receita. E se for preciso enfiar a faca, vamos enfiar”.

Qualquer semelhança...

24.10.08

O programa, as inserções, tudo muito parecido. Até a produtora é a mesma, a Jacques Vídeo, do meu compadre Mora. O ricardismo tomou conta de Londrina neste segundo turno, onde Belinatti, que está com a candidatura subjudice, tenta voltar à Prefeitura pela terceira vez. E isso depois de ter sido cassado no exercício do último mandato, de ter voltado à vida pública e sido eleito deputado estadual. Os seus adversários, agora abrigados pelo bico e asas do tucanato, batem pesado no ex-prefeito, lembrando entre outras coisas, o monumental caso de corrupção ocorrido lá, na mesma época em que outro ocorria cá, o de Jairo-Paolich.
O MInistério Público levantou coisas muito graves contra Belinatti, denúncias que num país sério daria muitos anos de cadeia.
Luiz Carlos Haully, o adversário do segundo turno, está tentando refrescar a memória do londrinense, reproduzindo trechos de reportagens de TV em rede nacional, com manchetes do tipo:"Belinatti é preso por desvio de dinheiro público". Numa matéria do Jornal Nacional, Belinatti aparecia algemado.
O Antônio Casemiro foi destaque nas grandes redes de televisão, nos grandes jornais e revistas, inclusive na Veja.
Com tudo isso, Londrina pode reconduzi-lo à Prefeitura , significando ainda a vitória de Belinatti, à época do escândalo chamado de Beligato, a pavimentação de uma estrada perigosa: a estrada que poderá levar Ricardo Barros a uma cadeira no Senado, e quem sabe, até ao Palácio Iguaçu. Com o devido pedido de licença ao amigo Balestra, "Valei-me São Serapião!

23 de outubro de 2008

Tá tudo dominado?

As informações que chegam é que o clima no Sismmar foi meio pesado esta tarde. A presença ameaçadora de "barristas" que disputam a eleição do sindicdato deixou os servidores de cabelo em pé. O que será que reservam as urnas? Aguardemos.

A quem caberá pagar o pato?

"As obras do rebaixamento no sentido da avenida Paraná até a rua Arlindo Planas já começaram e têm pela frente não uma canafístula, mas um belo bosque de espécies nativas, denominado de Bosque Bortolotto, que está na mira. Nesse bosque está a nascente principal do córrego Nazareth.
Segundo leitor da área, até agora nada foi debatido a respeito das licenças ambientais dessa obra, que continua colocando em risco o centro da cidade por causa de um túnel sem segurança".
. Do blog do Rigon

Meu comentário: estou curioso pra saber o que vai acontecer com o atraso de ano e meio na obra do Novo Centro. A CR Almeida, que não deu causa a isso, vai cobrar a fatura do município. Um atraso de 18 meses gera um prejuízo considerável para os cofres públicos. E de onde sai o ressacimento? Ora, ora, do meu bolso, do seu bolso, do nosso bolso. Seria interessante que a SER e a Observatório Social ficassem atentos a esta questão, porque duvido que a empreiteira e o próprio Denit (órgão repassador dos recursos federais) deixarão o dito pelo não dito.

Força total

"Movido pelo interesse das próximas eleições, o deputado Ricardo Barros está determinado a incluir Londrina em seu curral eleitoral. Poderá, quem sabe, entrar no Guinness Book como proprietário do maior curral eleitoral do Paraná".
. Do blog do Rigon

Em tempo: Vários CCs da administração vão estar nas ruas de Londrina nesta reta final de campanha para ajudar o PP a eleger Belinatti. Aliás nunca é demais lembrar que a candidatura Belinatti ainda está subjudice; o novo mandato de Silvio II, também.

Cadê vocês?

O juiz Abílio T.M.S. de Freitas, da 3ª Vara Cível, julgou procedente ação cautelar da vereadora Marly Martin e deu 15 dias de prazo para a Administração Municipal informar detalhadamente os gastos com publicidade.
A Associação de Usuários de Serviços Públicos continua aguardando a planilha de custos da TCCC para avaliar se o preço da passagem é compatível com os custos que a empresa tem.
Em tempo: impressiona o silêncio da SER e do Observatório Social diante de coisas como essas.Aonde estão vocês?/Eu preciso saber sobre o seu dia...

Uns com FÉ demais, outros FÉ de menos,porém...


Gabeira, agnóstico juramentado, numa cerimônia com evangélicos no Rio:"Peço humildemente aos senhores que façam por mim e pelo nosso projeto uma oração, para podermos realmente avançar no nosso caminho".
Disputa eleitoral é a arte do convencimento e, cá entre nós, Fernando Gabeira está se saindo muito bem nesta tarefa. Se eu morasse no Rio votaria nele, com certeza.

Londrina não é mais a mesma

23.10.08
"A eleição deste domingo em Londrina é crucial para o deputado federal Ricardo Barros", escreve em seu blog o experiente (e competente) jornalista político José Pedrialli. Segundo ele, "Barros está agitado, pois há muito tempo quer expandir sua influência, subir um degrau na carreira política. Nete domingo, Londrina pode decidir o seu futuro.
Curiosamente, ele é maringaense, que não curte lá muita simpatia pelos londrinenses e vice-versa, mas é de Londrina que o seu futuro depende.E este futuro começa em poucas horas.
Ser governador ou, como prêmio de consolação, arrebatar uma cadeira no Senado é o projeto político que ele vem perseguindo com tenacidade nos últimos anos.Ambiciona tanto o cargo que fez corpo mole na última eleição para o governo do Estado, e a essa frouxidão é atribuída a apertada derrota de Osmar DIas (PDT) diante de Roberto Requião (PMDB).
Portanto, eleger Antonio Belinati, do mesmo partido, prefeito de Londrina, é imprescindível para que ele possa fortalecer seu projeto político.
Isso explica seu envolvimento na campanha de Belinati.
Barros despachou para Londrina toda a equipe de marketing que trabalhou na campanha da reeleição de seu irmão (equipe que se esquece que havia mudado de cidade e apresenta propostas dirigidas especificamente aos maringaenses, incluindo a presença no vídeo da esposa de Barros...) e foi fundamental na articulação que redundou no apoio de Homero Barbosa Neto (PDT) a Belinati.
É domingo, portanto, que saberemos se Barros tem chance de crescer ou se ficará onde está".
Meu comentário: A vitória de Belinatti pode significar um novo reinado para Ricardo, com a imediata ressurreição de José Janene.Paolichi, que iniciou sua trajetória brilhante na gestão 89/92 em Maringá estará regozijante; Jairo se sentirá um aprendiz de feiticeiro e correrá para abraçar R,B,J e S Cavalcanti. Viva a democracia, a imunidade e a rima do trovador, que exulta a impunidade.

22 de outubro de 2008

Temor justificável

"Sempre que transito pelas proximidades da antiga rodoviária e do Parque do Ingá, lembro-me das eleições municipais e dos 57% dos votos que o prefeito de Maringá, Sílvio Barros recebeu, sinalizando-o carta branca para demolir a rodoviária e lotear/privatizar o Parque. Por enquanto nada se ouve, mas não significa que pelos bastidores o assunto não seja parte do cardápio. Será triste, mas cedo ou tarde, ouviremos e veremos o maior bafafá sobre os pontos turísticos".
. De Elias Brandão

Pode apostar meu caro professor, não sobrará pedra sobre pedra

Super Mírian , a Leitão



"BUSH CONVIDA LULA PARA REUNIÃO DO G-8. É UM ERRO GRAVE! A MIRIAM É QUEM DEVERIA IR!
A Miriam não cobre os acontecimentos; ela SOBRE-COBRE, ela ENCOBRE, ela supera, está acima dos fatos. Ela não trata mais da política econômica brasileira.Ela tem uma política econômica, dela, própria".

. Do blog do Paulo Henrique Amorim

Que é esquisito, lá isso é!

"Penso que deveria ser proibida a concessão de títulos de cidadania honorária a membros do Judiciário na ativa, especialmente de tribunais superiores. Nada contra a ministra Ellen Gracie, mas pode soar esquisita a proposta de uma deputada, cujo marido responde a processos na STF. Já aconteceu aqui mesmo o caso de outorga pela Câmara a um dos desembargadores do Tribunal de Justiça que depois julgaria um dos vereadores. Ainda bem que ele se considerou impedido. Aliás, acho que títulos de cidadão honorários só deveriam ser concedidos a pessoas que prestassem relevantes serviços voluntários. Homenagear juízes, desembargadores, ministros, que, em princípio só estão cumprindo o dever, não acho ‘legal’ e acredito que a maioria nem faz questão".

. Por Helio Ribeiro II, bloguista (Blog do Rigon)

Ps: concordo em gênero, número e grau

Vou estar ficando de saco cheio...

A praga do gerundismo tomou conta das antesalas de gerências, gabinetes, escritórios e consultórios. O vício chinfrim de linguagem, advindo do telemarketing, é mesmo de dar no saco. Por isso, que tal a gente dar um jeito de demitir o gerúndio?
E por justa causa ainda por cima?

Aproveito o ensejo para reproduzir um trecho do "Manifesto Gerundista", do publicitário paulista, Ricardo Freire:

" Este artigo foi feito especialmente para que você possa estar recortando, estar imprimindo e estar fazendo diversas cópias, para estar deixando discretamente sobre a mesa de alguém que não consiga estar falando sem estar espalhando essa praga terrível da comunicação moderna, o gerundismo.
Você pode também estar passando por fax, estar mandando pelo Correio ou estar enviando pela Internet. O importante é estar garantindo que a pessoa em questão vá estar recebendo esta mensagem, de modo que ela possa estar lendo e, quem sabe, consiga até mesmo estar se dando conta da maneira como tudo que ela costuma estar falando deve estar soando nos ouvidos de quem precisa estar escutando"...
Fala sério! Endorréia ou diarréia?"

Casuismo? Não sejam injustos


Os deputados estaduais aprovaram ontem uma indicação da deputada Cida Borghetti (PP), concedendo título de cidadania honorária do Estado do Paraná à ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Ellen Gracie Northfleet.
A deputada Cida é uma mulher de bom coração, tem uma atuação parlamentar muito destacada no quesito homenagens. A ação política é isso, cada um desempenha o papel que suas condições político-ideológicas-intelectuais permitem.

Refletir, antes tarde do que nunca...

"Sempre que existe uma forte polarização política, como a que vivemos atualmente no Brasil, aumenta a possibilidade de golpes de toda ordem. É preciso ficar de olho não só no uso do noticiário como no das pesquisas e na possibilidade de fraude eletrônica. Como repórter, testemunhei "por dentro" o comportamento de uma emissora de televisão na campanha presidencial de 2006. Houve uso do noticiário para dar ênfase a determinados assuntos e esconder outros e o engajamento até mesmo de programas de entretenimento na "venda" de uma candidatura".
. Do blog do Carlos Azenha

Vitória dos servidores


"Em recente julgamento o Tribunal de Justiça do Paraná, anulou a sentença do juiz Mário Seto Takeguma da 1ª Vara Cível de Maringá, que havia julgado ilegal a greve dos servidores da saúde ocorrida em dezembro de 2005", informa em seu blog o servidor Paulo Vidigal.
PS: a greve ocorreu devido a aumento de jornada de trabalho na saúde. No ano seguinte, houve greve geral dos servidores, que foram tratados como delinquentes pela administração cidadã.Na segunda semana do movimento, quando o caos anunciado começava a tomar conta das ruas cheias de sacos de lixo, o prefeito reuniu lideranças comunitárias no Maringá Clube para pedir apoio contra os "baderneiros". Num determinado momento da sua fala, SBII se comparou a um gerente de banco que estava sendo vítima de assalto e sendo obrigado a entregar o que não lhe pertencia. E aí perguntou ao distinto e seleto público: "Vocês cederiam às exigências,mesmo sob tamanha pressão?". De tão infeliz a comparação, que vi a expressão de perplexidade no rosto de várias pessoas. Bem próximo de mim estavam ninguém menos do que os padres Orivaldo e João Caruana. Um deles franziu o senho e quase derruba o óculos.
Quem acompanhou aquela greve de 2006 e ouviu os depoimentos dramáticos de alguns servidores dois anos depois em encontro realizado na biblioteca Bento Munhoz da Rocha Neto, teve razões de sobra para achar que a candidata a prefeita Ana Pagamunicci não veio para a campanha eleitoral.

21 de outubro de 2008

Já há um culpado



"A primeira reunião do PT paranaense,depois do fracasso das urnas serviu para avaliar o resultado da eleição e apontar culpados pelo desastre. Sobrou para o presidente Lula. É que, concluem os petistas, nunca o governo federal liberou tantos recursos para a Capital, e o prefeito Beto Richa, que já no primeiro programa eleitoral agradeceu à parceria com o governo federal, foi quem colheu os frutos".
. Do site Hora H News

Meu comentário: se for ver bem, em Maringá o presidente Lula também despejou dinheiro de balde. Mas quem ajudou a trazer a dinheirama, que azeitou a máquina eleitoral, foi o próprio PT. Entretanto, não faz sentido atribuir a vitória de Sílvio no primeiro turno às obras proporcionadas pelos governos estadual e federal. Isso tinha que ser feito mesmo, o problema é o uso eleitoreiro dos projetos que em muitos casos trazem o vício do superfaturamento (vide processos que tramitam na justiça, encaminhados pelo Ministério Público).O resultado desastroso de 5 de outubro deve ser atribuído à inapetência da própria oposição, que passou quatro anos dormindo e não acordou durante o embate eleitoral.

Vamos separar as coisas?

"A depender da conversa dos últimos dias na Câmara hoje a noite dever ter trôco para o pessoal do Observatório Social, durante a sessão.
Como a vingança é um prato que se come frio, o caso de um terreno localizado próximo ao aeroporto de Maringá deverá render uma enorme dor de cabeça para o empresário Ariovaldo Costa Paulo, do Observatório Social. É a resposta à sanha em querer ferrar a Câmara via imprensa".
. Do Blog do Lauro Barbosa

Meu comentário: vamos e venhamos: a atual legislatura, com raríssimas e honrosas excessões, não tem lá muita moral para dar troco em ninguém, não. Muito menos o Observatório Social, com seu grau de comprometimento com os atuais detentores do poder na cidade, tem credenciais para falar em transparência.
Mas acho que tanto o Observatório, como a própria mídia , O Diário à frente, precisam fugir da generalização, para não cometer o pecado de misturar a composição da Câmara Municipal com a instituição. O Legislativo é fundamental à democracia, e não dá pra conceber um município sobrevivendo sem os legítimos representantes do povo, aqui claro, abstraída a fragilidade ética e moral de quem ocupa a maioria das cadeiras.
Na verdade, temos que sempre apostar no fortalecimento da democracia, via depuração do poder que realmente representa o povo e que em nome do povo deve legislar e fiscalizar os atos de quem tem as chaves do cofre. Claro que ultimamente a Câmara não tem cumprido seu papel, mas esta é outra discussão.
Se me perguntarem se acredito na nova composição da Câmara, respondo apenas: não vamos pre-julgar, mas também não devemos nos entusiasmar com o que nos reserva o Legislativo Municipal a partir de 2009. Alí permanecerão alguns de boca muito torta pelo uso excessivo do cachimbo, e outros que ainda não fumaram mas não têm perfil político e ideológico animador. Se tiver que arriscar um palpite, me antecipo dizendo que boto fé no perfil do Dr. Manoel Sobrinho e renovo minhas esperanças na pequena história política do Humberto Henrique, que deu lições sobre como deve se comportar um vereador. Quanto aos demais, não aposto, apenas alimento a expectativa de que possamos ter boas surpresas entre os novatos. Que os anjos digam amém.

Direto da Casa do Noca



Pois é, a única chance dela sobreviver é não ser confundida com nenhuma árvore centenária. Se der pista de que é oriunda da mata tropical, tá lascada. O cedro da Av. Gurucaia também que se apegue com Oxossi.

20 de outubro de 2008

Verossimelhança

"És um homem ou és um rato?
É so tua a cabeça que eu parto
És um homem ou és um rato
Das tuas tangas ja estamos fartos".

És jornalista ou urubu?
De tua falsa consciência estou farto
És um jornalista ou urubu?
Quanta verossimelhança!
Pois és ao mesmo tempo, rato e urubu

Cobertura jornalística de um fato-notícia, por mais rumoroso que seja o caso, não pode ser transformada em show. O caso Isabella chocou o país pela violência dos pais contra a menina e também pelo comportamento da mídia. Agora o caso Eloá, que levou as redes nacionais de TV a transformarem em circo dos horrores mais uma tragédia urbana. É a vulgarização, ao extremo, da crônica policial.

A recíproca é verdadeira, meu caro Osti

"O tal do Adap, que está associado ao Galo Maringá, e que já andou por Jacarezinho e Campo Mourão, pode deixar os nossos vizinhos na mão.
Sem demagogia, eu tenho saudade do Grêmio. Dava uns baita pegas no estádio do Café e no Willie Davids. Depois que o time fechou as portas nunca mais Maringá teve time decente.
Pior, numca mais conseguimos gozar os maringaenses. A vida ficou mais chata".
. Blog Paçoca com Cebola , do Cláudio Osti

Meu comentário: Pois é Osti, veja a foto daquele gremão e morra de inveja de um passado que nos foi glorioso. Saiba você que eu também lamento o fato de não podermos mais gozar os londrinenses.

Recordar é viver


PS - Tatta Cabral, uma verdadeira enciclopédia esportiva, manda a escalação: em pé - Evir, Edson Faria, Pinduca, Haroldo, Roderlei e Nilo; agachados - Danúbio, Edgar, Valter Prado (ex-Palmeiras), Zuring e Garoto.
. Do blog do Rigon

Meu comentário: Esse Grêmio era o verdadeiro "Galo do Norte". Depois, veio o Grêmio de Esportes, que se apresentou como dono do espólio do verdadeiro, mas não foi muito longe, não.As boas recordações que tenho é exatamente do timaço do Zé Garoto. Assisti vários jogos com essas feras. Lembro de uma partida em Cambará em que o carequinha Danúbio deitou e rolou pra cima do Chuvisco (lateral direito do time da casa). A tal ponto do Chuvisco perder a linha e iniciar um enorme quebra pau. Eu estava lá, como puxador de fio da Rádio Cultura, junto com o saudoso Paulo Pucca (narrador) e o Ademar Schiavoni (comentarista).O galo meteu 3 a 1 no Cambará e na hora de vir embora, time e equipe esportiva comandada por Pucca tiveram que sair do estádio escoltados pela polícia. O juiz, Jacó Uliana, também precisou de ajuda da PM para deixar o vestiário.
Outra aventura foi por mim vivida no Estádio Vitorino Gonçalves Dias, quando Grêmio e Londrina faziam tremer o Norte do Paraná com o "Clássico do Café". Do lado do "Galo", o Zé Garoto era o terror das defesas; do lado do "Tubarão", a fera se chamava Gauchino.Aquele Grêmio tinha tres craques de nível de Seleção Brasileira - Roderlei, Haroldo Jarra e Zuring.

A dança dos iguais

Barbosa Neto decidiu apoiar Belinatti após voltar de Brasília com Ricardo Barros e reunir-se em Londrina com José Janene e o próprio Belinati. Aff!

Calçada da fama


. Do blog do Paulo Vidigal

Ainda desaparecido

21.10.08

Gilmar Germano da Silva, um trabalhador maringaense, saiu de casa no dia 21 de agosto desse ano para ir trabalhar em Contagem (Minas Gerais). Chegando lá, passou mal no saguão do hotel e foi levado para um hospital público. Seu chefe, que foi com ele trabalhar na limpeza de pisos de mármore, voltou no dia seguinte para visitá-lo e Gilmar não estava mais lá. Informaram no hospital que ele havia fugido. Saíra sem lenço e sem documento, só com o uniforme do hospital. Já se vão dois meses e nem sinal do Gilmar. A família já esteve em Contagem, pressionou a direção do hospital e nada. O que aconteceu ninguém sabe, mas a família espera que ele esteja vagando por aí, desmemoriado e que, recobrando a consciência, voltará para casa. Evangélica, a família ora e se alimenta na fé, a fé de que uma hora dessa o Gilmar retorne, que num toque do telefone, surja uma boa notícia. Eu sou amigo particular do Gilmar, um pai de família exemplar, um brasileiro profissão esperança, gente da melhor qualidade. É sogro do meu filho Alexandre, que está muito angustiado com o desaparecimento. Qualquer informação sobre o paradeiro de Gilmar pode ser passada através do telefone 3259-1936 ou para o email desse blogueiro (messiasmendes50@hotmail.com).
Aproveito para pedir a colaboração da blogosfera, para fazer circular esta foto e este pedido de ajuda da família, da qual, por meio do meu garoto Xandão, também faço parte.

17 de outubro de 2008

Beto, Beto!


Quando alguém lhe diz que Beto é candidatíssimo em 2010, ele fica com cara de poucos amigos.Com quase 800 mil votos para prefeito de Curitiba agora em outubro, Beto Richa se credenciou para disputar a sucessão estadual. Isso embola o meio-de-campo , deixando os irmãos Álvaro e Osmar inquietos. Osmar, que perdeu o governo do Estado em 2006 por um tiquinho de votos, tinha razões de sobra para deixar o alfaiate de sobreaviso para as próximas eleições.Tinha, porque já estão querendo colocar água no seu chopp.

--------------------------------------------------------------------------------

Tudo em paz

O empresário Joel Malucelli, que teve a sua TV Maringá fora do ar por 24 horas durante a campanha eleitoral por conta do comportamento nada ético de um de seus terceirizados, foi hoje ao gabinete do prefeito Silvio Barros II.Lá, anunciou a construção do prédio próprio da emissora e falou em parcerias com a administração.
Somadadas as 24 horas fora do ar com as multas contra ela aplicadas pela Justiça Eleitoral nesta eleição, a TV Maringá (Band), deve ter amargado um prejuízo de quase meio milhão de reais. O tempo passa, o tempo voa e o instituto da parceria continua numa boa.Amém!

Sem cansaço

“Sou do PMDB velho de guerra e não estou cansado”, diz Pessuti.
O vice-governador, Orlando Pessuti, respondeu hoje na CBN as críticas do deputados Stephanes Jr, que disse “estar cansado do PMDB velho de guerra”. Pessuti falou que é deste PMDB velho de guerra e garantiu que, ao contrário de Stephanes, não está nenhum pouco cansado.

“Se ele está cansado é porque não fez parte desta luta do PMDB velho de guerra”, disse.

Boa sugestão


"Quem não deve não teme. Diante de tanto bafafá em torno das contas públicas (“Fez isso, não fez aquilo...” ), sugiro aqui que os candidatos eleitos e reeleitos para a gestão 2009-2012 proponham a construção de, pelo menos, 2 grandes painéis eletrônicos: um ficaria em frente à prefeitura, mostrando, 24 horas, as contas, tudo certinho; o outro, em frente ao terminal de ônibus usado pela TCCC, divulgando a tão falada planilha de preços, tudo bonitinho para o povo ver".

. A sugestão aí é do Marcos "Maranhão", autor do blog JANO, O LANTERNEIRO.

Voceis não creu neu!!!


O ex-governador Jayme Lerner, saboreando a derrota do PMDB no Estado, treina uma forma de espetar o adversário Requião. Por enquanto, está sem o boneco, mas prepara-se para acertar o alvo com precisão cirúrgica, alá Bento Carneiro, o vampiro brasileiro.

Um muro, o outro muro

O Muro de Berlim foi abaixo na porrada, à base de picaretas chamadas na época de libertadoras até pela plebe ignara. Agora, ruiu o muro de wall street. Os financistas e neoliberais juramentados estão fieto baratas tontas, imaginando que pode ser o fim, ou na melhor das hipóteses, um novo crack de 29. Menos mal: até agora não se tem notícias de suicídios...nada além de simples desarranjos intestinais.

A imunidade no reino da impunidade

"Fui procurar nos STF informações sobre os processos contra o deputado Ricardo Barros e encontrei 13 inquéritos dos anos de 1995 a 2000, todos por crimes que teriam sido cometidos no exercício do mandato de prefeito e de deputado e que se encontram parados no supremo, em virtude da prerrogativa de foro especial. Quase todos os eventuais crimes já estão prescritos, o que leva à impunidade. Coisas da época em que o deputado era da base de FHC. De concreto há o RE 574217, em que já foi condenado em 1ª e 2ª instâncias que trata sobre redução de impostos, o que além da devolução aos cofres públicos caracteriza improbidade administrativa. Outro processo, o 796/2002, da 2ª Vara Cível, que no TJ recebeu o nº 351.489-6, já em fase de execução, e trata da contratação irregular de servidores sem concurso, cuja devolução seria da ordem de R$ 1.400.000,00, não encontrei no STF. Houve um recurso, provavelmente, meramente protelatório, para não permitir o trânsito em julgado, o que deve ocorrer nos próximos 2 anos. Esta, aliás, seria a razão da preferência pela candidatura ao Senado, onde o mandato é de 8 anos, pois, num mandato de 4 anos, no máximo conseguiria mais um, isto se a justiça continuar a passos de tartaruga, o que está mudando. Espera-se que até 2010 a vida pregressa não permita o registro da candidatura".

. Rábula do Ivaí, autodidata em direito (blog do Rigon)

Meu comentário: muita gente fica intrigada com o interesse de certos figurões em disputar um mandato parlamentar, enquanto outros tantos, que lá já estão, movem céus e terras para se eternizarem. O motivo nem sempre é só dinheiro ou poder pelo poder. A imunidade, que rima com impunidade e também com imoralidade, é de veras sedutora.

É fantástico!

Imagine só:na calçada da fama de Holywood, os pés de Ava Gardner, Ingrid Bergman, Carmem Miranda, Charlin Chaplin. No Maracanã: Pelé, Garrincha, Leônidas da Silva, Didi. E em Maringá? Bem, em Maringá poderemos ter eternizados na Praça Renato Celidônio, os pés de Bravin,John, Jairo Gianoto, Paolichi, Ricardo Barros e do próprio Dorival Dias, autor da brilhante idéia. Não é fantástico?

15 de outubro de 2008

Sobre o Humberto

Caroline Rocha disse:
"Acredito que se o PT trabalhar bem o nome do Humberto Henrique, não tenho dúvidas que ele têm boas chances .
Talvés vc não acredite, mas o Humberto tem um apoio muito legal (e verdadeiro) da Igreja Católica, principalmente nos bairros, como, Liberdade, Requião,...
Bom, sei lá... não entendo estas questões. Estou opinando aqui de forma leiga. Ainda não cheguei a uma conclusão exata sobre isso, mas sei de uma coisa: o PT deve valorizar mais esta possibilidade para as próximas eleições para prefeito".

Meu comentário: até concordo, Caroline, mas resta saber se a cúpula partidária, que costuma fritar lideranças que não rezam na cartilha do "PT Orgânico" , deixará o Humberto alçar este vôo. Pago pra ver.

Antes da diplomação

Informa o Globo Online que "o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Carlos Ayres Britto, prometeu pressa no julgamento dos casos de impugnação de candidaturas, mas não definiu uma data para isso. Garantiu, apenas, que isso irá ocorrer até o dia da diplomação dos novos prefeitos, agendada para 18 de dezembro".

Alerta necessário

"Fiquem atentos(as)!
Está circulando na internet uma nova fraude. Roubam seu endereço Hotmail, mudam a senha e, através do messenger e e-mail entram em contato com todos os seus amigos, obviamente fazendo-se passar por você, dizendo que você está com grandes problemas econômicos e que você precisa urgentede um empréstimo, pedindo que depositem o dinheiro em uma determinada conta corrente, ou então pedem um nº de cartão de crédito ou documento similar (REPITO, sempre no SEU nome, como se fosse você). Alterando, a senha você não terá como entrar nas suas mensagens para alertar os seus contatos. Fale com todos os seus amigos que NÃO ACEITEM o contato sonia_cabrilis de Hotmail, porque é um virus que formata seu computador, e, se for aceito, por algum contato seu, automaticamente você estará infectado!PRESTE MUITA ATENÇÃO!!!
Como se não bastasse, você pode receber um e-mail Power Point chamado 'la vida es bella' ('la vita è bella') que aparentemente é inofensivo, mas, NÃO ABRA DE MANEIRA NENHUMA E CANCELE-O IMEDIATAMENTE!!!!
Se esse arquivo for aberto, seu monitor lhe mostrará uma mensagem que diz :'já é tarde demais, a vida não é mais bela!'. Em seguida você perderá tudo o que tiver no computador e o remetente da mensagem terá acesso ao seu computador em seu lugar; acessará seu e-mail e tudo o mais! Esse é um novo vírus que começou a circular na rede. Temos de fazer DE TUDO para bloquear este novo vírus!
O vírus foi criado por um hacker que se auto-define o 'dono da vida', e o seu objetivo é o de destruir os computadores domésticos para lutar contra a Microsoft; por isso usa a extensão: .pps.
O alerta pode ser falso, mas é melhor os leitores se precaverem".
. Do blog do Elias Canuto Brandão

Assim não poooooode!

"Hoje pela manhã tive a oportunidade de ver um caminhão de coleta de lixo reciclável. Havia cerca de cinco ou seis coletores. O que me chamou a atenção é que nenhum deles estava usando material de segurança. O caminhão estava adesivado com o logo da famosa empresa Transresíduos. E aí, se acontece algum acidente com o coletor, quem se responsabiliza?
Lembram que um gari, servidor do município, foi morto vítima de atropelamento enquanto trabalhava? Será que ele estava usando material de segurança?".
. Do blog do Paulo Vidigal

Deus, sempre Ele!

"Adianta espernear? Pra quem? Vou entregar na mão de Deus e seja o que Deus quiser" (John Alves, hoje na CBN).
PS: Engraçado, os caras aprontam e Deus é que tem que resolver a parada?

Faça o que eu digo...

"O Observatório Social - aquele que não é da Acim - marcou reunião para a próxima sexta-feira, às 18h, na Acim, com todos os vereadores eleitos. Vai pedir-lhes para agir com ética no próximo mandato, como se eles não fossem prestar juramento de obediências às leis no dia da posse.
O presidente do PMN, Willy Taguchi, de sua parte, espera que até a próxima sexta-feira às 18h a entidade tenha encaminhado ao TSE documento pedindo pelo ficha limpa João Borri, que corre o risco de perder a vaga em julgamento a ocorrer naquela Corte. Afinal, não foi o OBM que pedia ficha limpa?"
. Do blog do Rigon

Meu comentário: O Observatório Social/SER (é uma coisa só) tem tudo para se credenciar como um instrumento poderoso de controle social da gestão pública. Mas para isso, precisa se preocupar com a transparência, no sentido mais amplo da palavra. Se preocupar, por exemplo, com os rumos dos 12 processos de improbidade que tramitam na justiça (alguns já em segunda instância). Vai se credenciar quando se posicionar de maneira mais efetiva contra o superfaturamento (vide caso da ciclovia da Mandacaru) e contra desvios éticos como o da alteração do Código de Posturas do Município para beneficiar uma pessoa (ou um grupo) e quem sabe, contra a agressão ao Plano Diretor de Maringá, detectada em pesquisa do Observatório das Metróipoles da UEM. Quero ter o prazer (e o entusiasmo) de aplaudir o Observatório Social e a SER, quando a ética for, de fato, prioridade da sua pauta de discussões.
Enquanto ficar nessa de "faça o que eu digo, não faça o que eu faço", aí não dá, né cara pálida!

REFLEXÃO SEM DOR



Esta ilustração, oportuna tendo em vista o abuso do poder econômico nessas eleições, pincei do blog do Fábio Campanna

14 de outubro de 2008

Agora é o que é

"A administração municipal elaborou um projeto e estabeleceu metas sem permitir que a comunidade interessada discutisse as melhores alternativas. O agravante foi definir que cerca de 30% (82 famílias) dos moradores deverão deixar suas casas e irem habitar em outros espaços distantes.
Reconhece-se a mesma truculência psicológica de intimidação registrada no filme Tropa de Elite. Muitas pessoas que residem no bairro há 30 anos sofreram todo tipo de privação e, não obstante, criaram filhos, e agora netos, naquele espaço. Estruturaram suas vidas, criaram vínculos comunitários, usufruem dos equipamentos sociais presentes no bairro, como: escola, centro de educação infantil, posto de saúde, entre outros".
. Do site do Observatório das Metrópoles (UEM)

Meu comentário: quando a campanha eleitoral entrou no ar, as pressões cessaram. No lugar delas, afagos e muitas promessas de casinhas de 40m2 para os moradores que não resistissem. O bairro se quedou diante de tantas amabilidades. Se quedou e as casas do Profilurb azularam.A oposição, onde estava? Dormindo, como dormiu sempre nos últimos quatro anos.
Agora, só Deus sabe o que vai acontecer com aquela gente humilde. E os críticos do PAC Santa Felicidade, a farsa do desfavelamento na cidade sem favelas, pensam em que música cairia melhor no momento - se aquela do Vinícius, Garoto e Chico, magistralmente interpretada por Ângela Maria ou aquela do Zé Ramalho, magistralmente interpretada por Zé Ramalho.

Ricardo cá, Ricardo lá...

"O candidato a prefeito de Londrina, Antonio Belinati (PP), com o apoio do amigo e irmão camarada deputado federal Ricardo Barros, de Maringá, repaginou seu programa eleitoral na TV.
Colocou apresentadora e até fez propostas de trabalho. Mas, apesar das mudanças, continua quase onipresente. É o estilo dele e ninguém muda, nem o povo de Maringá".
. Do blog Paçoca com Cebola

5 de outubro, segundo mestre Bulga

"SILVIO BARROS
Ele não ganhou sozinho. Na comissão de frente estão Ricardo Barros e Osmar Dias. E como mestre de bateria, Luiz Inácio Lula da Silva.Mostrou ser o mais inteligente
ENIO VERRI
Já disseram no início da campanha: “Ênio Verri vestiu sua melhor roupa para ir a uma festa somente para dançar com a irmã. Nos últimos dias, ele levou um susto: contaram-lhe que era oposição e tinha chances de ir para o segundo turno.
QUINTEIRO
O candidato da terceira via (ou quarta?). Não importa a marcha, mas ficou em ponto morto justamente pela falta de debates, sua única chance de cruzar em primeiro na linha de chegada. Mas atropelou João Ivo, que vinha na contra-mão.
FUTURO
João havia embarcado na egotrip do PMDB por falta de espaço no PT. Esse último por sinal, se livrou dos incômodos militantes radicais que haviam se mudado para o PSTU e o PSOL.E, ao se livrar dos radicais acabou se livrando da militância.
DR BATISTA
Com o fim das eleições, deveria reunir todo o partido e perguntar: quem não votou em mim é aquele que tá com a mão amarela!
ANA
Pagamunici teve o mérito de mostrar que o PSTU não é apenas um partido que surgia entre os estudantes da UEM cuja diretoria se dissolvia depois da formatura.
ROMANCINI
Recebeu pouco mais de 200 votos. Falta muito ainda para conseguir ganhar as eleições no DCE da UEM.

. Esta análise está afixada na parede de entremeio dos banheiros m e f do Bar do Bulga. Concordo em parte, principalmente porque vem da cabeça e não do coração. Trata-se, pois, de um palpite feliz.

VEJA issoooooo!



A Veja não é mais aquela faz tempo. Ridicularizada por críticos da imprensa por seu comportamento diante de escândalos monumentais como o de Daniel Dantas, a principal publicação da Editora Abril passa pelo constrangimento de uma "barriga", que deixou seu já abalado prestígio, no chão. Americanista ao extremo, a Veja deu um tiro no pé com a capa em que mostrou Tio San de dedo em riste, como se os Estados Unidos fossem os salvadores de todas as pátrias. Aí veio a crise das bolsas, que mostrou exatamente o contrário do que a revista tentava glorificar. A concorrente Carta Capital não perdeu tempo, reproduziu a mesma capa na semana seguinte, com enfoque oposto. Há muito tempo deixei de ser assinante de Veja. Se ainda o fosse, estaria envergonhado. Viva a Carta Capital!

Como tragédia ou como farsa?

Faltando poucos dias para as eleições,verdadeiras brigadas de trabalho tomavam as ruas de Maringá. Máquinas da Prefeitura estavam por toda parte. Máquinas de empreiteiras, também. Até a iniciativa privada colaborou com o marketing do "a gente fala, a gente faz". Na Carlos Borges, por exemplo, uma loteadora iniciou, com grande estardalhaço, a duplicação de um trecho daquela avenida, na altura do Centro de Convenções Araucária.Na região da Vila Santa Isabel, ruas que estavam esburacadas há mais de dois anos foram rapidamente recapeadas. Enfim, a administração municipal mostrava aos quatro ventos que "meu nome é trabalho". Talvez quando estiver chegando 2010, o frenesee se reproduza...em 2012,então nem se fala. Resta saber se a repetição se dará como tragédia ou como farsa.

Tais brincando!

Ô Tatá, será que o Pedro Cardoso falou sério quando protestou contra a nudez no cinema e na TV? Logo ele que tem perfil de ator de vanguarda, politicamente bem situado? Continuo achando que ele está querendo gozar com a cara de todo mundo. Só pode ser.

Já pro banho!


. Pincei esse cartum oportuno do blog da Marta Bellini

Para pensar na cama

"A mídia nativa alimenta uma convicção terrível e, ao mesmo tempo, patética: não acontece aquilo que ela não noticia. Por quanto tempo ainda conseguirá enganar muitos cidadãos, por mais honrados e atentos?"
. Da revista Carta Capital

Meu comentário: A revista do Mino Carta fala da grande mídia, aquela que fecha os olhos para a postura de figurões , inclusive do judiciário (vide caso Gilmar Mendes).
Trata-se de uma reflexão interessante, que deve ser lançada como uma grande carapuça, a servir em cabeças de projeção nacional, estadual ou só local.

Especular pooooooode!

Olha só a notícia que o vice-líder do governo acaba de soltar na política paranaense: Ricardo Barros revelou ao Hora H News que o senador Osmar Dias foi convidado pelo presidente Lula para ser candidato ao governo do Paraná numa dobradinha com o PT. Gleisi para vice, já! E ele , Ricardo, para o Senado.Viva a democracia, viva a rima!
Enquanto isso, na sala de justiça...
"O deputado André Vargas reconhece que o PT saiu “fragilizado” destas eleições e, segundo ele, o erro foi não ter se aliado ao PMDB notadamente nas grandes cidades, como Curitiba, Londrina e Maringá".

Agora a Inez é morta, meu caro.

Ó dúvida cruel!

É o que se especula sobre o projeto político do senador Osmar Dias para 2010. Ele tem dois caminhos: renovar por mais oito anos o seu mandato de senador, sair para o governo e correr o risco de ficar sozinho na multidão. A incerteza aumenta na medida em que Beto Richa é candidatíssimo à sucessão estadual. Sendo assim, qual dos caminhos ele vai salvar? Não é fácil a escolha de Sofia!

13 de outubro de 2008

Mercado persa

"O deputado federal Ricardo Barros (PP), que indicou a produtora Jacques Video de Maringá para a campanha de Antonio Belinati em Londrina está semeando para colher no futuro. Ele esteve ao lado de Beto Richa em Curitiba e agora quer fincar o pé em Londrina apoiando Belinati.
Barros espalha que deseja disputar uma vaga para o Senado daqui a dois anos. Mas, se vier uma vaguinha de vice para a esposa, a deputada estadual Cida Borghetti (PP), ele negocia sem pestanejar.
É o mercado político em ação".
. Do blog Paçoca com Cebola

Um deles ou os tres?



Osmar não abre mão; Álvaro diz que vai pra briga, nem que tenha que sair no mano-a-mano; Beto, bafejado pelas urnas afina o bico. Como estarão esses tres em 2010? Estarão juntos ou se pegando de pau? Está aberta a bolsa de aposta.

Um dia, quem sabe!

Pois é, a estatização deu uma sobrevida ao capitalismo.É mole? Olhando a reação das bolsas, o macaco Simão se apressou em dizer: "é mole mas sobe". O que estariam pensando os neoliberais neste momento? A estatização temporária e parcial dos bancos foi apenas mais uma contradição do sistema que um dia, não se sabe quando, acabará se auto-destruindo, como previu o velho Lenin.

10 de outubro de 2008

Lá como cá

"A rádio peão, pró-Belinati está mais ativa do que nunca. É impressionante como ela espalha boatos mentirosos pela cidade".
. Do blog Paçoca com Cebola

PS: pois é, a rádio peão é uma das muitas velhacarias que se vê em campanhas de candidatos fichas sujas. Como combater esta praga que deforma o processo democrático?
Este é um desafio, repito, para os partidos dignos do nome e lideranças que também mereçam ser assim chamadas. Enquanto a rádio peão estiver sendo usada impunemente como instrumento de desconstrução de adversários de quem contrata essa escória, não há quem aguente. O filme é velho e o enredo nunca muda. Impressionante como não muda também a capacidade de compreensão que o eleitorado tem dessas práticas. É preciso que o equilíbrio de forças seja restabelecido, principalmente em eleções majoritárias. Só assim, o povo será induzido ao acerto e não à crença no ilusionismo.

Diga-me com quem andas...


Informa Fábio Campana que em Londrina é todo mundo contra Belinatti: "O PTB de Alex Canziani confirmou apoio a Luiz Carlos Hauly na tarde de hoje. O PMDB de Luiz Eduardo Cheida também confirmou o apoio. O PDT de Osmar Dias deve confirmar na segunda-feira depois de reunir a executiva estadual. Osmar quer conversar antes com Valdir Rossoni, o responsável pelo apoio de Osmar a Hauly.
Por ora, Antonio Belinati (na foto abraçando a deputada Cida Borgheti) fica com o apoio de José Janene e do PP".
PS: O PP, de Ricardo e Silvio, estará unido em torno de Belinatti e de Janene? Severino Cavalcanti também viria pro baile? E Maluf?

Resumo da ópera

"Se você tivesse comprado, em janeiro/2005, R$ 1000,00 em ações da Nortel Networks, um dos gigantes da área de telecomunicações, hoje Teria R$ 59,00; se você tivesse comprado, em janeiro/2005, R$ 1000,00 em ações da Lucent Technologys, outro gigante da área de telecomunicações, hoje teria R$ 79,00. Agora,, se você tivesse, em janeiro/2006, gasto R$ 1.000 ,00 em Skol (entenda em Cerveja, não em ações), tivesse bebido tudo e vendido, somente as latinhas vazias, hoje teria R$ 80,00!!!
* * Pensem nisso,e se for dirigir, não beba. Se for beber, me chama! Se não me chamar, pelo menos me manda as latinhas, que eu vendo tudo!".

. Do blog do Elias Brandão, que faz uma espécie de retrato falado (etílico) da crise das bolsas.

9 de outubro de 2008

Touro encilhado


O vice-governador não era o nome de Requião para 2010. Mas o resultado das urnas, adverso ao PMDB, mudou o quadro. Hoje , Orlando Pessuti, o Pessutão, é candidatíssimo a governador, e com apoio quase certo de Requião e toda a cúpula partiadária. Faz sentido. Roberto Requião saiu fragilizado das eleições municipais e vai precisar de um palanque forte, e seu mesmo, para concorrer a uma das duas vagas de senador. Como esta parada será muito dura, provavelmente com Osmar, Ricardo Barros , Gustavo Fruet e quem sabe, Gleisi ou Paulo Bernardo, o negócio é se prevenir já.
Pessutão, que tem um prestígio gigantesco com a prefeitada, pois trata todo mundo muito bem, tem todas as condições de sonhar com a vitória. Requião não é louco de jogar este potencial nas águas poluídas do Belém.
Como pode ser observado pela foto, Pessuti não perdeu tempo: o boi passou encilhado e ele pulou em cima. Já está em campanha. E, com seu jeito bonachão que agrada a gregos e troianos, grita pra o eventual adversário Beto Richa (pode ser também o Osmar): "Se segura peão"!.

Juntos em 2010?



Quem poderá dizer que sim ou dizer que não?Em política nem boi é impossível de voar.

Agora é tarde!

"Não se sabe quem fez, mas o fato é que vários veículos estão circulando pela cidade adesivados com a frase:

"Visite Maringá e ganhe uma multa".

. Do blog do Edson Lima

Esse adesivo deve ser coisa de oposição retardatária, ou oposição amiga, que decidiu depois das eleições fazer a crítica que camuflou durante o debate eleitoral.

"Candidato SS"



"Candidato Silvio Santos": Aquele do "Quem quer dinheiro?".

Entendi bem?

Será que o leitor do blog da Lúcia está insinuando que o Humberto Henrique poderia ser o cara pra 2012? Se for, é de se pensar. Só lamento pelo prpoprio Humberto, que lançado assim tão prematuramente,pode parar desde já na frigideira petista. A menos que...deixa pra lá.

De um leitor do blog da Lúcia

"Lúcia, infelizmente a política da morte venceu em Maringá, precisamos urgentemente trabalhar para que em 2012 possamos mudar esta realidade. Minha sugestão, é que comecemos imediatamente planejar um trabalho em todas as paróquias, para que seja implantado o curso de fé e política. Com mais pessoas conscientes, poderemos eleger mais vereadores e o prefeito que tenha compromisso com a vida. "Humberto Henrique".
Atenciosamente,
Rubens Reggiani".

. Tem link desse blog aí ao lado

Aconteceu ontem

9.10.09
"Num serviço de saúde do município uma pessoa bradava reclamações da saúde aos quatro ventos. Um servidor disse à ele que em janeiro ele teria prá quem reclamar. Para os quatro médicos na Câmara...
Outro servidor me disse que vai mandar fazer uma camiseta com os dizeres: "Não reclame comigo. Não votei no Silvio!
É mole?".
Do blog do PAULO VIDIGAL
PS: calma gente, tem um cartão magnético vindo aí! Claro que não é mole, não é sopa, mas aguardem porque, "enquanto o crioulo dorme, Madelena lava a roupa".

8 de outubro de 2008

Veio, viu e venceu

Pode acreditar: o Bega, que venceu as eleições municipais em Astorga não é de Astorga. Ele renunciou à prefeitura de Pitangueiras em abril desse ano, mudou-se para Astorga, se candidatou à sucessão de Carlos Keide e virou prefeito.
O nome de batismo dele é Arquimedes Ziroldo. Os astorguenses só o conheceram este ano,durante a campanha eleitoral. Um legitimo recém-chegado de sucesso. Nem Brizola, que foi governador do Rio Grande do Sul e, retornando do exílio virou governador do Rio de Janeiro, seria capaz de tal proeza.
Será que Bega tem algo em comum com o xará Arquimedes de Siracusa, o matemático e inventgor grego? Foi Arquimedes que, na antiguidade, descobriu o princípio da alavanca, cujo lema era: "Dêem-me uma alavanca e um ponto de apoio e eu moverei o mundo" ?.

Intervenção no PT estadual



"Cresce no PT o movimento pela destituição da direção atual, marcada pela hegemonia do chamado “grupo de Londrina”, do ministro Paulo Bernardo e do deputado federal André Vargas na direção estadual presidida por Gleisi Hoffmann. Também pede a substituição da direção do partido em Curitiba, onde reina André Passos.
O nome mais lembrado para intervir no PT nativo é o de Gilberto Carvalho (foto), hoje secretário do presidente Lula.
A indignação cresceu com a declaração do prefeito de Londrina, Nedson Micheletti, que decidiu apoiar o tucano Luís Carlos Hauly no segundo turno da eleição local".
. Do blog de Fábio Campana
Meu comentário: o Nedson está tão mal em Londrina, que sua declaração de apoio a Hauly pode facilitar as coisas para o Belinatti.

Os maus exemplos nos ensinam? Que bom que assim fosse

"Os partidos sérios e políticos idem, têm uma grande missão a partir de agora: trabalhar a criação de um poderoso antivírus que possa destruir a praga do assistencialismo barato e aniquilar os efeitos danosos do "rádio pião", se possível já para o pleito de 2008. Certas práticas malandras de enganação do eleitor mais simples e de desconstrução de biografias respeitáveis, é que facilitam a eleição e reeleição sistemáticas de políticos fisiológicos ".

Reproduzo hoje o texto de apresentação do blog que escrevi, não neste momento de "calor da hora", mas lá atrás, mais precisamente no começo de 2007.

Relendo o que escrevi há um ano e meio , vejo que tudo aconteceu exatamente como era de se prever. Passou da hora dos partidos que se dizem sérios e dos políticos que se arvoram "mãos limpas", se empenharem desde já no processo de conscientização do eleitor, levado adiante pela Igreja Católica.
Não dá mais pra conviver com práticas que deformam o processo eleitoral, como as que se viu em Maringá nesta eleição. Foi um desserviço à democracia a passividade das oposições (se é que elas existem por aqui) diante do abuso do poder econômico, da falta de embate, da ausência de confrontação de posturas e biografias dos atores principais.
Penso que Maringá não pode mais conviver com a paz de cemitério engolida por candidaturas teoricamente oposicionistas. Esta campanha consagrou a hipocrisia, de maneira trágica. E todo mundo passou ao largo da prática danosa do "radio peão" , da desconstrução de candidatos fragilizados pela falta de estrutura de campanha.
Um amigo me disse que esta campanha pode nos servir de lição. Ledo engano, ninguém aprendeu com os péssimos exemplos de passado recente.
Mas enfim, a realidade está posta e todos sabem que só teremos como acabar com este caldo de cultura no dia em que as lideranças político-partidárias e os meios de comunicação se encherem de brio (ou seria vergonha na cara?)e liderarem movimentos consistentes pela desqualificação do cqc da política tradicional. Me entendam bem: nenhuma alusão ao bom programa humorístico da Band. Estou falando do "custe o que custar" que permeia corações e mentes de quem luta para se manter ou chegar ao poder a qualquer preço.

3 de outubro de 2008

Ibope sob suspeita

Informa Cláudio Osti no "Paçoca com Cebola" que o Ibope está sendo novamente questionado em Londrina. O problema é a metodologia, que acaba interferindo no resultado da sondagem e por consequência, influenciando o eleitor. Noticiá Osti em seu blog:
"A coligacao Londrina Forte e Digna entrou com uma investigação judicial perante a 41a Zona Eleitoral pedindo a suspeição do IBOPE, em face de resultados antagônicos apresentados por duas das suas empresas IBOPE E IBOPE INTELIGENCIA, o que torna no minimo estranho os resultados e pode confundir o eleitor. Outro fato é o uso da RÁDIO BRASIL de propriedade do candidato BARBOSA NETO, por manter intima relação com o IBOPE para o fim de tentar interferir nos contratos de prestação de serviços da coligação forte e digna com o IBOPE INTELIGÊNCIA,o que deixa claro a interferência deste candidato através de sua concessionária de serviço público de comunicação para prejudicar a coligação de Hauly. este fato está provado com as trocas de mensagens pela internet entre ambos, onde o próprio Barbosa Neto juntou nos processos na Justiça eleitoral. A Coligação Forte e Digna não aceita os resultados das pesquisas do IBOPE".

Meu comentário:Vendo essas coisas começo a lembrar 1982 quando o Ibope tentou detonar a candidatura de Leonel Brizola a governador do Rio. Jogou Brizola pra baixo durante a campanha e depois, em parceria com a Rede Globo, tentou criar um clima de vitória para Moreira Franco, manipulando os dados das apurações, com o objetivo claro de encobrir uma possível fraude. O velho caudilho invadiu a redação da Globo e exigiu que o colocassem no ar. Fizeram isso e Brizola denunciou a Globo na própria Globo. O Fábio Perez, que apresentava ao vivo a "Marcha das Apurações" ficou todo corado mas não conseguiu impedir a descompostura em rede nacional. Brizola tinha em mãos a apuração paralela do JB, que já o apontava governador eleito. De lá pra cá o Ibope nunca mais foi o mesmo.Na esteira dessa perda de cridibilidade do principal instituto de pesquisas de opinião é que cresceram o Data Folha e o Vox Populi.

2 de outubro de 2008

Cadastro fura fila

"Você sabia que a Prefeitura de Maringá privatizou várias áreas públicas onde seriam construídos equipamentos urbanos como creches, escolas, postos de saúde, centros esportivos, etc., para fazer casas do PAC?".

A pergunta é de uma enquete que está no site do Observatório das Metrópoles da UEM.
Vale a lembrança de que a fila da casa própria passa de 20 mil pessoas e que pelo jeito as casinhas do PAC estão sendo distribuídas por meio de um cadastro novo, já chamado de "cadastro fura-fila". Mas tudo bem, tudo azul...

Todo mundo de olho!

"Boataria é o que não vai faltar para esta reta final de campanha. Porém, os plantonistas realmente estão de plantão. Comitês já destacaram olheiros especializados para acompanhar as movimentações estranhas. Vale lembrar que micro-câmeras, gravadores e celulares estão disponibilizados para registrar as “surprêsas”.
. Do blog do Lauro Barbosa

PS: vai ter baixaria pra todo lado nesta reta final. Infeliz e desgraçadamente, aconte coisa do arco da velha nesta hora. A esperança é que o eleitor, bem mais maduro,torne nulo o abuso do poder econômico e da malandragem praticada na calada da noite.

Abuso pouco é bobagem

1 de outubro de 2008

2004, sem tirar e nem por



Revendo agora há pouco um programa Pinga Fogo dessa semana , me veio à mente 2004.Foi a reprodução, sem tirar nem por, da estratégia usada pela família Barros na semana do segundo turno. Como há uma expectativa (que não se concretizará) de liquidação de fatura já no domingo, não se surpreendam se o apresentador do programa de tv mais popular de Maringá aparecer hoje no Estúdio 11.Quem quiser ver o jogo de cena, basta acessar o blog do Rigon e clicar o link do blog Observadora Maringá que está alí disponibilizado. Fica clara a aposta que o comandante do esquema (coincidentemente entrevistado no mesmo programa) faz na imbecilização do grande e respeitável público. Como já deu certo uma vez...
. A charge é do blog Rafael Caricaturas