30 de maio de 2009

É um escárnio!


A carta do leitor Luiz Riberto Demarco foi publicada no blog do Luiz Carlos Azenha (ex-correspondente internacional da Rede Globo)e fala do comprometimento de setores da mídia com o banqueiro condenado Daniel Dantas(foto montagem). Ele fala de recente condenação do delegado Protógenes, cuja investigação produziu provas para a justiça colocar Daniel Dantas na cadeia. Vejam este pequeno trecho (a íntegra pode ser lido no blog Azenha, que tem linck ao lado):"Acreditamos que a tentativa de induzir o Meretíssimo juiz a erro, faz parte de uma estratégia do banqueiro Daniel Dantas visando tumultuar outros processos nos quais é réu, o que vem sendo feito há anos com a ajuda de jornalistas que servem aos seus interesses, e onde notadamente se destacam o ficcionista Diogo Mainardi da Revista VEJA, o assessor de imprensa Márcio Chaer do site Consultor Jurídico, e Leonardo Attuch da Istoé Dinheiro.

A manipulação da imprensa pelo banqueiro Daniel Dantas para disseminar calúnias, injúrias e difamações contra desafetos, e depois utilizar os artigos
produzidos para tentar influenciar processos judiciais, foi objeto de notícia-crime que protocolamos junto ao Ministério Público Federal em NOVEMBRO de 2007".

PS: além dos jornalistas e veículos citados, não pode ser desconsiderada a maneira ostensiva como a Globo tem tratado o delegado Protógenes, principalmente no Jornal Nacional. O noticiário da maior rede de televisão do país coloca o comandante da Satiagraha na condição de réu, sem nunca fazer qualquer referência às provas levantadas, principalmente contra o banqueiro que a mídia golpista quer proteger. É um verdadeiro escárnio.

Um grande jornal que se foi

A imprensa brasileira perde um grande jornal. Acaba de falecer a respeitável Gazeta Mercantil, jornal de economia que foi vítima exatamente da falta de planejamento de seu proprietário, o economista e ex-deputado Herbert Levy (+). Uma pena.

29 de maio de 2009

Com quem andas, presidente?


"O presidente Luiz Inácio Lula da SIlva disse nesta sexta-feira (29), na comunidade de Manguinhos, na zona norte do Rio, que o país pode ser "diferente" se a população aprender a "não eleger mais vigaristas".

. Do blog do Carlos Azenha

PS: Boa presidente! Mas pelo amor de Deus, se realmente isso é de coração, olhe bem com quem anda!

Rei Midas às avessas


Já notaram que todos os grandes projetos do prefeito Silvio Magalhães Barros II acabam em confusão, ou no mínimo, em ação do Ministério Público? Parece um rei midas às avessas: o que toca, vira caca.Vide exemplos da Ciclovia da Mandacaru, do rebaixamento da iluminação pública, do biopuster, do PAC Santa Felicidade e essa agora do Contorno Norte. Por que será?
A foto, que pincei do blog do Rigon, é do protesto realizado hoje no Conjunto Hermann Moraes de Barros (o Barros do Hermann é apenas coincidência). Os moradores exigem um novo traçado para o Contorno, que entre outras dores de cabeça que poderá provocar está a da extinsão da Avenida São Judas Tadeu.

Assembléia dará posse a Quinteiro


Ribas Carli renunciou ao mandato de deputado estadual no dia de hoje. Sua carta de renúncia será lida segunda-feira na abertura da sessão ordinária da Assembléia Legislativa. E após declarada vaga a sua cadeira, a mesa executiva anunciará imediatamente a posse do suplente Wilson Quinteiro, de Maringá.Roque, de Paranaguá, que nas eleições de 2006 ficara na condição de primeiro suplente do PSB migrou para o PMDB e embora reivindique o direito de assumir, não tem a menor chance. Isso porque há uma norma jurídica do TSE, que é muito clara: o mandato pertence ao partido. E o PSB já comunicou a Assembléia Legislativa do Paraná que o primeiro suplente do partido é Quinteiro. Portanto, fatura liquidada.
Assim, Maringá acaba de ganhar mais um deputado, embora em circunstâncias pouco agradáveis. O próprio Quinteuiro reconhece isso, mas se o direito de assumir é dele, não tem porque ter qualquer tipo de constrangimento. Quinteiro recebeu há pouco uma ligação do governador Requião, que o chamou de deputado e prometeu estar presente (ou se fazer representar) na solenidade de posse.
Na foto, Quinteiro aparece ao lado do presidenciável do PSB, Ciro Gomes, que certamente virá a Curitiba para a posse do companheiro.

Curitiba confirmada

Informa Ancelmo Goís em seu blog:
"Já estão escolhidas as 12 cidades onde serão os jogos da Copa de 2014, que a Fifa anuncia no domingo, em Nassau, nas Bahamas. São elas:
Rio de Janeiro
São Paulo
Belo Horizonte
Porto Alegre
Curitiba
Brasília
Cuiabá
Manaus
Fortaleza
Salvador
Recife
Natal
Está definido que o jogo de abertura será no Morumbi e a decisão da Copa de 2014, no Maracanã. Já pensou se cai Brasil e Uruguai pra decitir?

Canafístula poooooooode!


Informa o O Diário de hoje que Maringá perde 4 hectares de floresta em tres anos. Verdade? Como isso é possível na cidade administrada por um homem que se orgulha de ter pertencido à equipe de Jacques Cousteau ? Sustenta o chefe do IAP, Paulino Mexia, que "espécies nativas não podem ser cortadas, sob hipótese alguma". Paulino, amigo véio, responta uma coisa: canafístula pode? O que Paulino, canafístula poooooooooooode?

Verdade? Não, não pode ser!!!

"A administração cidadã dos irmãos Barros (PP) está se mobilizando para alterar a lei de ocupação e uso do solo, mudando regras de divisão e no perímetro urbano. A mudança seria completamente casuística e beneficiaria os empresário Edmar Arruda, pré-candidato a deputado federal, e Jefferson Nogarolli, que têm sociedade num futuro condomínio.
Como diz a propaganda, "todo dia uma cidade melhor"- pra alguns".
. Do blog do Ângelo Rigon

Meu comentário: Não é de hoje que o Observatório das Metrópoles e alguns blogueiros, este modesto escriba inclusive, vêm alertando para a desfiguração anunciada do Plano Diuretor de Maringá, com objetivos mais ou menos evidentes. Já está se concretizando, por exemplo, o extermínio de algumas ZEIS- Zonas Especiais de Interesse Social e a administração "cidadã" não deve descansar enquanto não conseguir ampliar o perímetro urbano, o que seria um crime contra a política de ocupação do solo, considerando os espaços vazios existentes no perímetro urbano do município. É preciso que a sociedade organizada fique atenta. Cadê vocês, SER, Observatório Social e OAB?

28 de maio de 2009

Chega de omissão!


Confesso que nunca me detive neste assunto e portanto, não tenho opinião formada sobre a regulamentação do mototáxi. Diante da manifestação que mototaxistas fizeram hoje em Maringá, começo a pensar que a regulamentação é indispensável. Dirão alguns: moto é um veículo perigoso e expõe os passageiros aos riscos constantes de acidentes graves. Isso é verdade, mas existe risco maior do que as pessoas usarem um meio de transporte clandestino? Além do perigo de acidentes há o risco do motociclista desconhecido,que talvez não inspire confiança no passageiro. A regulamentação levaria ao cadastramento, à identificação do piloto e à fiscalização das condições das motos, da qualidade dos capacetes e outros ítens de segurança.
O fato é que o mototáxi já é uma realidade nos aglomerados urbanos e as autoridades não podem simplesmente fechar os olhos para isso. Já temos omissões demais do poder público para convivermos com mais essa.

O Floris volta a rodar a baiana

É legítima a reação irritada do secretário geral do PT paranaense, Florisvaldo Souza, contra a possível aliança Requião/ Álvaro Dias. Chama Requião de bolivariano, no que não está totalmente errado; diz que Álvaro é um neoliberal, o que convenhamos, faz sentido. Mas estranha o Floris defender a união PT/PDT, com o argumento de que Osmar Dias se insere no campo progressista.Bem, para quem convive politicamente numa boa com o PP de Ricardo Barros, nada de tão estranho, a bem da verdade.

Com humhor e com carinho

Do redator de programas de humor Ciro Botelho, sobre a CPI da Petrobrás:

"E a CPI da Petrobras? Não vai dar em nada! CPI quer dizer Coito Parlamentar Interrompido! E existe coisa mais chata e inútil que CPI??? Pra CPI ficar divertida tinha que chamar o Osmar Prado e o Tony Ramos pra depor:

“Por que o sr desviou verba pública? Queimaram as lamparinas do seu cérebro?”
“Are baba, eu como peixe, mas não engasgo com a espinha!”
Mas o melhor da CPI são os ataques do ACM Neto, aquele toco de amarrar jegue! Aliás, o ACM Neto ganhou mais 4 apelidos: gandula de pebolim, piloto de autorama, lenhador de bonsai e surfista de poça dágua".

Fácil de ser abatido

O presidenciável José Serra acumula tantos deslizes éticos na condução do governo de São Paulo que será o alvo que as candidaturas adversárias pediram a Deus. O mais recente caso que o afeta diretamente é o da pornografia em livros didáticos. Antes desse escândalo, surgiu o da licitação viciada para equipamentos de informática no valor de R$ 1,5 bilhão. Serra é o homem marcado para perder.

Pelo impeachment


Vai ser dia 1o. no Plano Piloto, em Brasília. O movimento “Saia às ruas Gilmar” pretende intensificar a campanha pelo impeachment do presidente da suprema corte.

Politicamente sacana


Essa arte sobre a Copa do Mundo de 2014 no Brasil corre a internete. Usar o humor como instrumento de crítica ao governo é salutar para a democracia. Mas isso aí não é humor, é discriminação pura.

27 de maio de 2009

Qual é o pente que te penteia?


A contabilidade da campanha do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM) vai passar por um pente fino. Há fortes evidências de doações ilegais, feitas por empresas que prestam serviços para a prefeitura paulistana. Já pensou se a moda do pente pega? Não ia sobrar piôlho sobre piôlho. Home seu menino, tome quá que não me deixe!!!

Cada vez mais próximos


Requião e Álvaro Dias, aliados de anteontem e adversários de ontem, estão voltando aos tempos em que caminhavam juntos no PMDB., para serem aliados amanhã. O resultado dessa costura é uma mudança radical no cenário da sucessão estadual. Levando o PMDB para os braços do tucano Serra (ou seria Aécio?), o senador aumenta seu cacife contra Beto Richa, que poderá continuar como prefeito de Curitiba. Álvaro candidato, Beto estará fora e dificilmente Osmar continuará dentro da disputa do Palácio Araucária. Quem então nesse cenário faria frente ao senador Álvaro Dias? Alguém duvida que se Álvaro emplacar sua candidatura será o próximo governador do Paraná? Aposto um doce de puba com quem quiser.

Cadê o divã?

Cláudio Humberto informa que o presidente Lula pode ganhar o premio Nobel da Paz. A notícia estourou como uma bomba nos ouvidos tucanos de FHC, que já agendou uma visita ao psicanalista.

Perguntem ao Saidão

Nota do blog do Rigon:

"De quem é o projeto do Contorno?
Recebi a informação de que, apesar de passar por dentro da área urbana, o projeto do Contorno Norte não é o mesmo de 20 anos atrás. Teria sido refeito, por uma empresa de propriedade de um secretário municipal, por nada menos que R$ 3 milhões.
Tento confirmar a notícia desde a manhã de hoje, mas Jocelei Terezinha Tozeto Menon, gerente operacional da Gerência de Projetos da Secretaria de Controle Urbano e Obras Públicas, negou-se a me atender ao telefone. Apelei para a Ouvidoria, do Marlos da RCC, mas também não obtive êxito. Apelarei ao Observatório Social? Ao prefeito transparente?

PS - Também corre que um barracão foi construído apenas para valorizar uma desapropriação".

PS: o projeto é o mesmo elaborado na segunda gestão Said Ferreira, que inclusive , chegou a pequetear o trecho. Se houve alguma alteração, certamente não foi para melhorar o Contorno Norte, que depois de tantos anos engavetado, teria sim que ser alterado, mas para passar fora da área urbana.
Quem quiser saber realmente a verdade sobre o Contorno Norte, basta perguntar ao Saidão.

Vixi, Edson!

"O prefeito Silvio Barros disse hoje no programa Pinga Fogo na TV, que Maringá pode perder o dinheiro do PAC do Santa Felicidade, por causa dos protestos que estão acontecendo em alguns bairros –que não aceitam que moradores que serão retirados do Santa Felicidade (as casas serão demolidas para alargar duas ruas) sejam seus vizinhos.

“Fui avisado que se as obras não seguirem o cronograma, se não forem feitas rapidamente, o PAC do Santa Felicidade será retirada do Programa de Aceleração do Crescimento do governo Lula”, explicou Silvio, informando que as obras de revitalização do bairro beneficiarão mais de 900 famílias.
Maringá é uma cidade estranha: tentam parar tudo quando é obra. Maldita política!"
. Do blog do Edson Lima

Meu comentário: bem meu caro Edson, a culpa no caso não é da política , não é da população e muito menos de uma oposiçao que sequer existe na cidade. Por que o burgo mestre não faz a autocrítica, lembrando, por exemplo, que esse dinheiro do PAC foi conquistado de maneira pouco ética? Será que vamos ignorar a fraude do projeto de desfavelização na cidade sem favelas, que chegou a ganhar destaque (negativamente) em grandes jornais e redes de tv? Dá pra concordar com a descaracterização das ZEIS -
Zonas Especiais de Interesse Social em nome de interesses nada lícitos que se escondem por trás desse biombo?
Vixi, meu caro Edson Lima. Mas, vixi meeeesssmo!!!

26 de maio de 2009

Conta outra!

. Os servidores municipais acreditaram mesmo que o prefeito da "cidadania" iria resolver o problemão da trimestralidade que o irmão dele provocou? Quanta ingenuidade, meu Deus!

. Os catadores de recicláveis imaginaram, em algum momento, que conseguiriam sensibilizar SB II para o drama social que vivem? Judiação!

. Alguém acha mesmo que o meio-ambiente (vide caso Parque do Ingá) consta da escala de prioridades da atual gestão? Macacos me mordam!

. Que a saúde pública, em estado de caos permanente, iria receber alguma atenção especial do alcaide? Conta outra!

. Incentivo ao esporte e cuidados com as praças esportivas de uso popular? Corta essa!

Roderlei, um dos maiores beques que vi jogar, tem razão quando pergunta pra que serve a Vila Olímpica e o Estádio Willie Davids?
Cá entre nós, não são só o Estádio Willie Davids e a Vila Olímpica que foram deixados no abandono, não. Alguns centros esportivos estão às traças. O do Borba Gato, que por ironia do destino leva o nome da Secretária de Esportes, Edith Dias, está um lixo.


" Que planejamento extraordinário! O ginásio e o estádio estão enfermos. Mas, quando ficarem prontos, vão servir pra quê?", indaga o ex-quarto zagueiro do Grêmio Esportivo Maringá e do Coritiba.

25 de maio de 2009

Não vai ficar e não pode ficar assim

Lí há pouco no blog do Edson Lima e só de imaginar a cena, me senti mal. Como me senti mal quando auquela estudante de veterinária bateu boca com o prefeito Silvio Barros II numa padaria da Av. Carlos Borges, por causa de suposta eutanásia de cães sadios no Centro de Controle de Zoonozes de Maringá. É preciso que a Sociedade Protetora dos Animais e o Ministério Público investiguem as denúncias. Sobre o assunto, escreveu Edson Lima:
"Recebi hoje uma grave denúncia, que vou encaminhar para a polícia investigar.
O funcionário de um frigorífico da região me telefonou, revoltado, contando que eles têm ordem de jogar na fornalha todos os cães que aparecem por lá –por causa do cheiro de carne.
Ele me disse que semana passada apareceu no frigorífico um cachorrinho, muito bonito. Ele quis ficar com o bichinho, mas não permitiram. Um outro funcionário atirou o cachorrinho no fornalha. Ele deu apenas um grito.
Isso não vai ficar assim".

Pode ser a gota d'água...o Florisvaldo rodou a baiana




Meu amigo Florisvaldo Souza, secretário estadual do PT,emitou nota chamando o governo Requião pra briga. Ele ficou irritado com as críticas feitas ao Partido dos Trabalhadores pelos deputados Luiz Cláudio Romanelli e Waldyr Pugliesi, o primeiro, líder do governo na Assembléia e o segundo, presidente do PMDB. O pomo da discórdia foi a postura do PT na votação do aumento salarial dos servidores do Estado. Florisvaldo, embalado pela música do Gonzaguinha "Explode Coração", parece estar até aquí de mágoa:

"O PT tem muito claro a sua posição nesta Conjuntura. Defende uma Aliança de forças política para dar sustentação a um projeto Nacional em andamento, liderado pelo Presidente Lula onde o PMDB tem seis Ministros em setores estratégicos e que ainda conta com muitos outros partidos entre eles o PDT.
Nem por isto, o PMDB teve maior solidariedade nos debates para instalação da CPI da Petrobras quando vários Senadores se aliaram aos tucanos.
Finalizando: a composição do Governo é responsabilidade do Governador. Quer afastar o PT do seu governo? Use a caneta".

Samek na vice de Osmar?

"Lula faz muito gosto que o amigo Jorge Samek, presidente de Itaipu, seja o vice na chapa de Osmar Dias (PDT) ao governo do Paraná".
. Do blog do Cláudio Humberto

Ó dúvida cruel !

Lí no blog do Rigon um texto do Akino Maringá dando conta que o prefeito Silvio Barros II começou a demitir em massa no seu gabinete. A pergunta que fica é a seguinte: será que ele está mesmo enxugando a máquina, ou apenas substituindo o time de CCs, de conformidade com acertos prévios, costurados por alguém que a cidade conhece como a palma da mão?

Pois é , Lauro

"Viajei de ônibus no fim de semana. Fui de Maringá à Astorga numa circular da Viação Garcia. E vice e versa. Adivinha quanto paguei de passagem? Só R$ 3,50. Isso mesmo. Só R$ 3,50. E são quase 50 quilômetros de trajeto. Não existe alguma coisa errada com o transporte coletivo aqui em Maringá?".
. Do blog do Lauro Barbosa

PS: A passagem para Santa Fé e Munhoz de Mello é um pouco mais cara, em torno de R$ 4,50. Era R$ 11,00 até a Coordenação da Região Metropolitana, ainda no tempo do João Ivo, conseguir substituir as linhas regulares pelo ônibus metropolitano.Quanto ao preço em Maringá, realmente é muito caro. Principalmente se considerarmos que a cidade é plana, reduzindo o consumo de combustível e o desgaste dos carros; considerando ainda as receitas que a empresa tem com as propagandas nos ônibus (bus-door) e o fato de que este é um dos poucos negócios do mundo que o usuário paga antes de usar. O cara carrega o cartão, o dinheiro entra no caixa e ele vai usar os créditos ao longo do mês. Em muitos casos, há perdas e quebra dos cartões, com a consequente perda também, dos créditos. Mas claro, o usuário perde mas o dinheiro já entrou no caixa da TCCC. Some-se a tudo isso, Lauro , o fato de que não consta que a empresa tenha pago luvas ao munuicípio por cada ônibus adquirido. As luvas são obrigatórias por lei federal. É pagamento antecipado pelo uso da malha viária, cuja manutenção custa caro ao bolso do contribuinte. E mais: o tempo de vida útil de um ônibus numa cidade acidentada, como Londrina, por exemplo, deve ser em torno de 8 anos. Em Maringá passa de 15. Não pára por aí: findo o prazo de vida útil, o ônibus, já está pago pela população e deve ser entregue ao município, pois passa a ser um bem público. Isso acontece em Maringá?
Por tudo isso é que a Câmara Municipal negligencia seu papel de poder fiscalizador, quando não exige mais transparência na planilha de custos do sistema de transporte coletivo urbano da cidade.
A vereadora Marly, que há anos coloca o dedo nessa ferida, deve saber de cor e salteado dessas coisas.Então, Lauro, que tal a Marly, com a ajuda dos outros quatro que não vestem a camisa do Amém F.C , retomar essa discussão?
Acompanhei de perto o trabalho do João Ivo para implantar o passe integrado entre Maringá, Sarandi e Paiçandu. A resistência da empresa sempre foi grande e ela se fortaleceu de maneira descomunal quando o prefeito Silvio Barros II chamou pra sim a responsabilidade de abortar o projeto que já estava para decisão do Estado. O governador Requião, por meio da Secretaria Estadual dos Transportes chegou a propor um convênio com os tres municípíos para a criação de um conselho metropolitano de transportes que se encarregaria da implantação do passe integrado entre os tres municípios conurbados da Região Metropolitana de Maringá.
Até agora todo o trabalho feito pela RM deu em nada, porque não é de interesse da empresa e muito menos do gestor público da nossa cidade.
Claro, mais dia, menos dia essa integração se dará, porque afinal a ligação entre os três perímetros urbanos torna a integração do passe irreversível. Mas que não há vontade política para integrar, isso não há mesmo. Não me perguntem porque.

A clara " imparcialidade" de um repórter global

Quando do depoimento do delegado Protógenes Queiroz na CPI dos grampos, o repórter Heraldo Pereira foi quem fez a matéria para o Jornal Nacional. Disse num trecho do off:

"Diante dos holofotes da CPI, o delegado repetiu um discurso político que tem sido sua marca.Pelo jeito, não convenceu nem a pequena claque de dois apoiadores que o seguiam pelo Congresso usando camisetas com frases de apoio".
Os entrevistados de Heraldo foram os deputados Marcelo Itagiba e Raul Jungmann que, atuando em parceria na CPI deram demonstrações claras de estarem querendo proteger o banqueiro Daniel Dantas.
Mas Heraldo foi além, deitando falação contra outra pedra no sapato de Dantas, o delegado Paulo Lacerda, ex-diretor da ABIN.
Uma pequena curiosidade: Heraldo é professor do Instituto Brasiliense de Direito Público, de propriedade do presidente do STF, Gilmar Mendes. Só lembrando que Mendes mandou soltar Dantas nas duas vezes em que o banqueiro foi preso por ordem do juiz De Santis.

Cadê a Sociedade Protetora dos Animais?



Não é de hoje que pairam suspeitas sobre o destino dos animais de rua que vão parar no Centro de Zoonozes de Maringá. O exemplo dessa égua aí, que queriam sacrificar ao invés de levar para o CCZM e tratar é uma demonstração clara do descaso. Foi preciso que moradores mobilizassem duas ongs - a Spam e a Anjo dos Animais para salvar o animal que certamente caiu de fome na Avenida Nildo Ribeiro da Rocha, zona Sul da cidade. Informa Angelo Rigon em seu blog:"Por se tratar de um animal de grande porte, somente um carro especial poderia recolhê-la. Foram feitas ligações para o Centro de Controle de Zoonoses, que, segundo documento enviado à Promotoria, faz plantão - só que ninguém atendia o telefone.
Depois de vários telefonemas, inclusive para assessoria do prefeito, do meio ambiente de todos os órgãos possíveis, o CCZ foi até o local, já com a intenção de se fazer uma eutanásia. A presidente da Spam alegou ser uma execução sumária e pediu que a égua fosse levada para o CCZ e que fosse tratada, pois a mesma havia caído somente por causa da insolação e desnutrição, e que o quadro poderia talvez ser revertido.
Alegando falta de pessoal para pôr a égua no caminhão, a população começou a parar os carros e em conjunto conseguiram colocar a égua dentro do mesmo. "Queremos questionar a função do CCZ, pois até para os cães eles dão um prazo de somente três dias para a adoção e logo fazem a eutanásia. Neste caso o CCZ está apenas eutanasiando os animais".

PS: Já passou da hora da Sociedade Protetora dos Animais e a Promotoria do Meio Ambiente, do Dr. Ilicyr, investigarem as susteitas de que o Centro de Controle de Zoonozes estaria sacrificando animais sadios que captura nas ruas de Maringá. Ano passado, durante o processo eleitoral, surgiram denúncias da prática de eutanásia que candidatos adversários do prefeito não quiseram jogar no ar. Houve um fato que só não presenciei porque cheguei 5 minutos depois à padaria Chef Café (Avenida Carlos Borges) que deixou muita gente perplexa: duas moças, trajando jaleco branco e dizendo-se alunas de veterinária do Cesumar, abordaram o prefeito Silvio Barros quando ele tomava o café da manhã. Elas o questionaram duramente sobre a prática da eutanasia de animais de rua no CCZ. Seguiu-se uma discussão tão rápida quanto ríspida. O prefeito-candidato se irritou e as moças saíram do local mais irritadas ainda. Consegui conversar por telefone com uma delas e ela me confirmou tudo. Mas disse que não pretendia levar o caso adiante porque estava mesmo era centrada nas provas finais e no trabalho de conclusão do curso. Sugeri que procurasse o Dr. Ilicyr e ela disse que iria pensar. Pelo jeito não pensou.

24 de maio de 2009

Lições de coerência dos jornalões

“Esta Folha há muito considera justo o direito de os governantes, inclusive os atuais, disputarem a reeleição. Mas a abrangência da questão, a total ausência de debates esclarecedores e a clara manipulação do tema, visando benefícios meramente eleitorais, tornam cada vez mais indispensáveis que o assunto venha a ser examinado em fóruns amplos e, em seguida, apreciado em plebiscito nacional”
. Editorial da Folha de São Paulo (9.01.97)

"Jornais como Folha de São Paulo, O Estado de São Paulo e O Globo, entre outros, defendiam apaixonadamente a possibilidade de FHC recandidatar-se sob a mesma mudança das regras do jogo que agora esses veículos dizem ser “atentado à democracia”. E a justificativa era a vontade popular, que agora esses órgãos de imprensa dizem que não importa e que não mais justifica mudança constitucional".
. Por Eduardo Guimarães, do site Cidadania.com

Olha o bico do corvo aí gente!

O Tribubnal Superior Eleitoral deve retomar na semana que começa amanhã o ritual de julgamento de processos de cassação de mandatos. Na mira do TSE, o governador de Santa Catarina, Luiz Henrique, que pode ser o terceiro a perder o cargo em dois anos.Ele é acusado de abuso do poder econômico e político. O julgamento foi interrompido há cerca de um ano e quando isso ocorreu, três ministros já tinham votado pela cassação.

pS: a cassação do governador de Santa Catarina restabelece o clima de pavor em estados e municípios, principalmente nesses, onde vários prefeitos e vereadores, já cassados em instâncias inferiores, podem estar no bico do corvo.

Morre o homem que devolveu a alegria de viver a milhões de velhinhos e velhinhas


Deu hoje no site da BBC Brasil:
"Morre o ‘pai do Viagra’ aos 92 anos.
Robert Furchgott, um dos principais cientistas americanos cujo trabalho ajudou no desenvolvimento da droga contra a impotência Viagra morreu em Seattle aos 92 anos de idade.
Ele recebeu um prêmio Nobel em 1998 por sua pesquisa no campo da fisiologia".

23 de maio de 2009

Álvaro se fortalece


"PMDB já garante aliança com PSDB em 10 estados.Até os petistas mais cautelosos davam como favas contadas o apoio do velho aliado de Lula no PMDB, o governador do Paraná, Roberto Requião, à candidata do presidente à sucessão de 2010. Mas um encontro no dia 6 de abril, em São Paulo, entre caciques do PMDB paulista e paranaense, selou a reviravolta".
. Do blog do senador Álvaro Dias, reproduzindo matéria da revista Isto É

PS: Nesse quadro, alguém tem dúvida de que Álvaro Dias conseguirá ser o candidato tucano? Estaria praticamente certo que o PSDB só teria o apoio do PMDB no Paraná se o candidato à sucessão estadual for o senador Álvaro Dias e não o prefeito Beto Richa. Aí estariam fora da disputa Beto e Osmar. Quem Álvro teria como adversário? Por mais que o diretório estadual do partido esteja fechado com Pessuti, neste cenário a candidatura própria do PMDB dificilmente vingaria. E aí, o senador que vai estar diariamente na mídia este ano por conta da CPI da Petrobrás, voará em céu de brigadeiro.
Vale a lembrança de que duas cadeiras do Paraná no Senado estarão em disputa ano qyue vemn - a de Osmar e a do petista Flávio Arns. Álvaro candidato, Osmar iria para a renovação do mandato, ficando a outra cadeira para Requião. As coisas caminham para que o desenho tático do jogo seja este.

Notícia que tucano não gostaria de ler

"Pesquisa do Vox Populi mostra que Dilma Roussef subiu na preferência popular, atingindo 22% na simulação em que José Serra aparece como o candidato do PSDB.

O levantamento capta algo que já se percebe nas ruas: a tentativa de "Globo", "Folha" e "Veja" (entre outros) de enfraquecer a candidatura de Dilma, ao explorar de forma torpe a doença da ministra, parece ter dado resultado inverso. A população se aproximou de Dilma, ficou solidária a ela".

. Do blogo do Rodrigo Viana

Entre a excelência e o marketing chinfrim


"São tantos os prêmios de jornalismo que perderam a sua importância. Eram estímulos à excelência, hoje são ferramentas de marketing de grandes empresas, recurso para aparecerem no noticiário.

Os prêmios Pulitzer nos Estados Unidos e o Ortega y Gasset, na Espanha, são honrosas exceções, permanecem como referência. Nossa imprensa passa ao largo destas premiações internacionais, talvez envergonhada por não ostentar façanhas iguais.

A última premiação do Ortega y Gasset – a 26ª – ocorreu na segunda-feira (18/5), em Madri, e foi amplamente noticiado pelo jornal que o patrocina, El País, o maior e mais importante diário em língua espanhola do mundo.

Como o patrono Ortega y Gasset foi um grande filósofo e também militante na imprensa, premiam-se jornalistas de todas as empresas, de todos os segmentos, inclusive o digital, e também escritores e intelectuais. Acima de tudo, procura-se estabelecer novos paradigmas para uma profissão hoje mais desnorteada do que nunca".
. Por Alberto Dines (Observatório da Imprensa)

PS: No Brasil, o Prêmio Esso de Jornalismo já foi um grande estímulo à excelência profisisonal. Que Gasset não nos leia neste momento de crise de identidade, onde o jornalista brasileiro nem chega mais a ser ele e suas circunstâncias...

Sonhos bolivarianos


. Pincei do blog do Pedrialli

Valeu, Bulga!

Enquanto batucava nas teclas, tentando construir um texto sobre a história da imprensa de Maringá, que me foi solicitado por um aluno de jornalismo do Cesumar, ouvi duas pérolas da MPB, disponibilizadas no Bar do Bulga: "Casa no Campo", de Zé Rodrix, que foi pro além, cantar com Elis Regina e "Camisa Listrada", de Assis Valente, com interpretação magistral de Bethânia. Gosto muito desse clássico na voz e na bossa inconfundível do Noite Ilustrada.

22 de maio de 2009

Osmar bate o pé que é candidato e se irrita com Pessuti


O senador Osmar Dias anda irritado com as especulações em torno da sua desistência da candidatura a governador. Diz, com certa irritação, que não está preocupado com quem o quer fora da disputa e que tanto será candidato que vai continuar discutindo, cada vez com mais empenho, o seu programa de governo.
Isso Osmar diz e dele não se poderia esperar outra reação. Agora, correria ele o risco de ficar sem mandato, visto que renovaria a cadeira no Senado com um pé nas costas? E se a cúpula tucana convencer Beto Richa a continuar prefeito de Curitiba, preservando-se para embates futuros? Neste caso, o candidato tucano seria mesmo Álvaro Dias. Teríamos então uma disputa entre irmãos, coisa que seu Silvino (+) , o patriarca da família, jamais aceitaria?
Se depender da pressão do grupo liderado pelo deputado Ricardo Barros, Osmar não seria nem louco de jogar a toalha.
Em tempo: quando da solenidade de abertura da Expoingá, o senador Osmar Dias deitou falação contra a reserva legal. Ao falar na sequência, o vice-governador Orlando Pessuti defendeu a reserva e provocou Osmar:"Senador, não se esqueça que a lei é de 1965 e se o sr. acha que ela não deve colocar freios na devastação, então lute pela sua revogação". Claro , Osmar ficou p da vida e saiu bravo, resmungando:"A vontade que me deu foi de fazer com o Pessuti aquilo que um árabe fez com o Bush, atirando-lhe o sapato".

Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço...



Pincei do blog da Marta Bellini

Notícia que tucano não gostaria de ler

"O professor Delfim Netto previu que no terceiro trimestre de 2010 a economia vai rodar à base de 4% de crescimento do PIB".

. Do blog Conversa Afiada

PS: Se a economia brasileira crescer mesmo 4% em 2010, Serra tem um troço. Afinal, é dele o monopólio da competência, não é?

O modelo está quase esgotado

22.05.09

Informa a presidente da Sociedade Rural que a Expoingá este ano recebeu um público 35% menor que o esperado. A queda era previsível, por duas razões fundamentais. A primeira é que o povo está sem dinhieiro e a segunda, é que o modelo de exposições feiras agropecuárias está se esgotando. O argumento de que o ingresso era barato e um pouco mais caro para quem fosse aos shows é frágil. Afinal, quem vai ao Parque apenas para andar lá dentro, sem nada comer, sem levar os filhos para se divertir nos brinquedos? Se o show da noite interessa, como estar lá e voltar sem ver os artistas preferidos? Nem está em questão a qualidade artística dos contratados. Isso conta muito pouco nesta época em que o lixo musical tomou conta do gosto popular. O que conta é o fato de que o povo está sem dinheiro para entredenimento e este tipo de evento é bananeira que já deu cacho. Quem sabe para o ano a SRM não redescobre o ovo de Colombo?

21 de maio de 2009

A gripe suína, segundo José Serra

"Gripe suína, ela é transmitida dos porquinhos para as pessoas só quando eles espirram ou quando a pessoa chega lá perto do nariz do porco. Portanto, a providência elementar é não ficar perto de porquinho algum, mesmo não tendo gripe suína no Brasil pelo que se constata até agora. Ela pode ser feita a transmissão, isto sim, de pessoa a pessoa. Agora nós não temos nenhum caso ainda registrado..."

As palavras são do especialista em assuntos gerais, governador de São Paulo e presidenciável José Serra. Os médicos infectologistas devem ter aprendido muito com o ex-ministro da saúde, que fala como médico e se define como economista, sem ser nem uma coisa e nem outra.

O PMN não deixou a batata assar

O PMN do Willy Taguchi tomou a dianteira e entrou com pedido de cassação do mandato do deputado Fernando Ribas Carli Filho. Por ter um representante na Assembléia Legislativa, o partido pode representar contra o deputado que matou dois jovens num acidente de trânsito, quando dirigia embriagado, em altíssima velocidade e com a carteira de motorista suspensa.
O deputado do PMN é o Dr. Batista que, tatiando o muro, prefere esperar pela decisão da Corregedoria. Mas neste caso, não há o que esperar, pois são contundentes as provas de que o acidente foi criminoso e o parlamentar feriu o decoro. Mas o Dr. Batista é assim mesmo: um homem digno,sem dúvida, mas um político vacilante. Bem ao contrário do presidente do seu partido, que neste caso especificamente, não deixou a batata assar.
Parabéns ao PMN.

Esse Contorno Norte ainda vai dar muito o que falar

Informa o Rigon em seu blog que moradores da região do Miosótis vão protestar contra a "administração cidadã" no próximo dia 6. Motivo: os problemas que advirão da eliminação de uma avenida devido a passagem do Contorno Norte. O prefeito recebeu uma comitiva de moradores mas deu de Pilatos. "Não posso fazer nada", teria dito, alto e bom som. Seria o caso de perguntar: e quem é que pode?
Pelo amor de Deus, se viram que o projeto ia trazer problemas para moradores de uma região inteira, por que não fizeram adequações ao traçado orignal que é de mais de 20 anos atrás? Mas não será só esse o transtorno previsto,não. Já que iam mesmo fazer o Contorno Norte porque não brigaram para aumentar seu traçado, passando inclusive por fora de Sarandi, como é o caso do projeto defendido pela Coordenação da Região Metropolitana para o Arco Sul?
Os recursos que beiram os R$ 150 milhões estavam fazendo tanta cócega que nem se deram conta da defasagem existente no projeto original? Isso é falta de visão e irresponsabilidade mesmo?
Podem escrever aí: o Contorno Norte de Maringá ainda vai dar muito pano pra manga.

O câncer, na sociedade do espetáculo



"Otimista, Dilma Rousseff silencia sobre a candidatura e reitera: 'não permitirei a espetacularização do meu tratamento'.
Em entrevista à revista Carta Capital, a ministra explicou porque revelou a existência do câncer linfático e se disse decepcionada com a transformação da sua doença em tema de disputa política.

Carta Capital: Por que a senhora resolveu tornar pública a doença?
Dilma: É muito difícil, ocupando um cargo público, deixar de comunicar uma doença. É preciso avisar que se está doente, que superou, que tem de fazer um tratamento para impedir o retorno. Fazer isso não me incomodava demais. Não achava nenhuma violência comigo mesma comunicar a existência do tumor. Mas espetacularizar a minha doença é outra coisa. Pode ter certeza: não vou deixar um repórter entrar no meu quarto, sentar na minha cama e me ver fazendo a quimioterapia. Não farei isso.

CC: Mas se a senhora não fosse candidata, tornaria o assunto público?
DR: Se eu não fosse ministra-chefe da Casa Civil não comunicaria para ninguém. Comuniquei por exercer um cargo público.

A promiscuidade em CinemaScope

Vamos para mais um pleito sem novidades no viciado processo eleitoral. O governo mandou um arremedo de reforma política para o Congresso Nacional mas o projeto já tomou o caminho do arquivo morto na Câmara dos Deputados. Um dos absurdos propostos era o voto em lista fechada, o que convenhamos, acabaria com qualquer possibilidade de sangue novo em eleições proporcionais. Vamos imaginar, por exemplo, o PP do Paraná montando o seu quadro de candidatos a deputado em 2010. Com o esquema de lista fechada, quem entraria que os cabeças do partido não quisessem? O PP é apenas um exemplo, porque a exclusão se daria em todos os chamados partidos grandes. Talvez não nos pequenos que,ao contrário, lutam sempre para completar suas listas de candidatos.
O lamentável nesse arquivamento é o enterro prematuro do financiamento público de campanha. Não é possível que a democracia brasileira vá conviver ainda por muito tempo com a promiscuidade do caixa 2, que volta e meia crucifica um detentor de mandato, apenas como forma de dar satisfação à sociedade. Ou mesmo em casos de doaçõe legais, em que o eleito fica refém de seus financiadores, seja qual for seu calibre moral e ético.
O financiamento público por si só não poria um fim nesse caldo de cultura mal cheiroso, mas significaria um passo importante no caminho da moralização do processo eleitoral. Para a maioria das lideranças políticas do país, o financiamento público é desinteressante, como é desinteressante para muitas empresas e empresários que doam dinheiro por baixo do pano.
Então é assim: quando você assiste a um filme ruim e não quer sair antes do the end, surge do além a voz do inesquecível Zé Vasconcelos para lhe dizer em tom debochado:"Calma, o cavalo do mocinho vai demorar para sair da tela, pois o filme é em cinemascope".

Um doce pra quem acertar essa

Seria até caso para abrir uma bolsa de apostas sobre a decisão do prefeito Silvio Barros II a respeito do projeto Macieira de reforma da estrutura da Câmara Municipal. Tenho meu palpite: acho que ele vai devolver, mas com a recomendação para que o presidente Mário Hossokawa assuma o ônus da promulgação da lei, mas que o faça.
Os interesses "barristas" que se escondem atrás do biombo, não permitirão o simples engavetamento. Mas é de se duvidar que o prefeito assuma esse desgaste. Ele fará melhor do que Pilatos,porque Pilatos não dispunha de detergente e nem de água sanitária para uma verdadeira assepcia das mãos. Então , é possível que não devolva pura e simplesmente, mas vete a lei, que de qualquer forma, deve virar lei, pois nada impede que o irmão Ricardo articule a derrubada do veto.
Não pode ser desconsiderada também uma terceira hiótese: a do acolhimento do tal "projeto alternativo", apresentado ontem por 4 vereadores do Amém F.C. Convenhamos, uma proposta não menos imoral, na medida em que aumenta de 18 para 56 o número da degola de CCs, mas quase dobra a verba de gabinete dos "nobres pares".
"O importante, diria João Plenário se vereador em Maringá fosse, é preservar as gorduras do nosso bolso". E o tal clamor popular? Bem, neste caso invoquemos Justo Veríssimo:"O povo que se exploda!".

Ultrassonografia de um desmonte criminoso


Aloysio Biondi, um dos jornalistas econômicos mais sérios que pisou na terra brasílis está fazendo muita falta. Ele deixou uma obra que vale a pena ser lida por todos os brasileiros politicamente corretos. Faz uma ultrassonografia das ações desputorada do governo FHC, que culiminaram na entrega de patrimônios nacionais valiosíssimos ao grande capital, caso, por exemplo, da Vale do Rio Doce e da telefonia.
O livro chama-se BRASIL PRIVARIZADO - Um balanço do Desmonte do Estado. Depois de ler, talvez o caro leitor precise tomar um engov, mas vale a pena sacrificar o estômago, porque este é o tipo de enguio que leva, inevitavelmente, à tomada de consciência.
Biondi mostrou neste livro "porque é tão fácil as privatizadas lucrarem". Revelou ainda a estratégia usada para desmoralizar os bancos estatais, vendidos a preços de banana para os grandes bancos privados, como ocorreu com o nosso Banestado, dado de presente ao Itaú.
Lembro a propósito que, quando eu estava na presidência da Seccional do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Norte do Paraná, tive a honra de trazer Biondi para uma palestra em Maringá, em parceria com a OAB, então presidida pelo Lélis Vieira. Aliás, essa parceria com a Ordem dos Advogados nos levou a promover também uma histórica palestra sobre ética no jornalismo, com Carlos Heitor Cony. Mas , me atendo à fala de Aloysio Biondi, para um auditório da OAB lotado,lembro que ele já alertava para o crime de lesapátria que significava a privataria.

20 de maio de 2009

Não me abandone!



Aos 62 anos, eis a Maringá que cresce com cidadania

. Do blog do JC Cecílio

Sobre a compra da Sadia pela Perdigão

Os medos de Regina

Na campanha presidencial de 2002, quando Lula tornou-se imbatível, a atriz Regina Duarte disse no programa eleitoral de José Serra que tinha medo de um governo do PT.
Passados 7 anos, a ex-namoradinha do Brasil volta a manifestar nova paúra. Disse na abertura da 45a. Exposição Feira Agropecuária de Dourados (Mato Grosso) que voltou a sentir medo, agora de índios e negros. Reserva e quilombola são expressões que fazem a atriz Global tremer na base.

Pornografia nas escolas paulistas

A notícia saiu na Folha Online:

"Livros contendo expressões como "chupa rola", "cu" e "chupava ela todinha" foram distribuídos pela Secretaria Estadual da Educação de São Paulo como material de apoio a alunos da terceira série do ensino fundamental (faixa etária de nove anos). Não é a primeira vez que coisas estranhas acontecem no setor de educação do governo Serra. Em março último a Secretaria da Educação foi duramente criticada por professores da rede estadual por causa de erros em 500 mil livros didáticos distribuídos".

Álvaro em alta

Pesquisas ainda não divulgadas estariam apontando o senador nas alturas, à frente inclusive de Beto Richa. Ainda mais agora com tanta exposição devido a CPI da Petrobras. Álvaro já deixou claro que vai pro bate chapa com Beto Richa e diz com todas as letras que se for ele o candidato do PSDB, Osmar vai para o Senado. Isso aumenta a insônia do deputado Ricardo Barros.

Contra Aécio

Corre mundo um documentário sobre a censura à imprensa mineira e o funcionamento da máquina publicitária de Aécio Neves. O governador de São Paulo, José Serra, que anda apanhando à bessa dos blogs, com denúncias muito cabeludas, está torcendo para que seu concorrente interno também sofra alguns desgastes. A coisa não anda boa pros lados do tucanato, o que talvez ajude a explicar o espetáculo circense proporcionado por Arthur Virgílio semana passada no Senado, quando o PSDB fazia um esforço quase hercúleo para emplacar a CPI da Pertrobrás.

19 de maio de 2009

Outro pé pesado?

"Um amigo me disse que a velocidade que estava o carro de Fernando Ribas Carli na hora da batida, é fichinha, perto do que corre o carro do Ricardo Barros".
. Do blog do Lauro Barbosa

As vítimas do deputado


Gilmar e Murilo, os dois rapazes mortos no acidente provocado pelo parlamentar. Eles serão lembrados domingo em uma grande passeata na capital. Familiares, amigos e desconhecidos que se solidarizam com as famílias, vão exigir nas ruas, punição para o parlamentar. No mínimo a cassação do mandato.

É a quarta do mundo

A Petrobrás é considerada uma das empresas mais respeitadas do mundo. O ranking do Reputation Institute de Nova Iorque lista as 200 grandes empresas do Planeta. A Petrobrás é a quarta. Isso explica a sanha privatista dos liberais, que depois de entregarem a Vale do Rio Doce para o grande capital agora pensam em desmoralizar a companhia de petróleo para vendê-la na baixa. Ainda mais agora com o pré-sal.
Tem corrupção lá? Que se apure, que o Congresso vá pra cima da Polícia Federal e do Ministério Público e os chame à responsabilidade. Tem que investigar sim e, provados os desvios e as manobras contábeis denunciadas, que se mobilize a sociedade e se puna os responsáveis. O problema dessa CPI é que ela está, na origem, jogando no desgaste da empresa. O que se espera dessa comissão parlamentar de inquérito é espetáculo, pois não há dúvidas que seu proponente, o senador paranaense Álvaro Dias, já tem todos os holofotes do mundo a clarear sua pré-candidatura ao governo do Paraná.

Serra, serra, serrador...

Depois que a central de produção de notícias falsas do governador José Serra acelerou sua produção, o governador de Minas Aécio Neves decidiu se mexer. Enfurecido com a informação de que ele seria vice de Serra, Aécio vai ao ataque, iniciando uma longa caminhada partidária para bater chapa com o tucano que se acha. Amanhhã, ele almoça em sua casa com o prefeito de Curitiba , Beto Richa, que ainda não sabe com quem irá na briga interna pela candidatura tucana a presidente.

Requião chama pra briga

O governador do Paraná, Roberto Requião, está uma arara com os defensores da redução da reserva legal.O projeto diminui a faixa de mata nativa que os proprietários rurais são obrigados a deixar em suas terras, incluindo aí as matas ciliares. Vamos e venhamos: permitir isso é um crime contra a natureza, principalmente se levarmos em consideração o estado de desertificação em que o Paraná já se encontra. O maior defensor dessa aberração chama-se Osmar Dias, desafiado pelo governador para um debate público na "escolinha".

O beijo da sorte


Não faz muito tempo esta foto correu mundo. Foi o beijo aparentemente apaixonado da senadora Ideli Salvati em José Sarney, que ainda não presidia o Senado. Hoje, Sarney é o presidente do Congresso e Ideli, por influência dele, ganhou a liderança do governo Lula na Câmara Alta. Viu como o amor é lindo?

Deverá renunciar

Informa a bem informada Ruth Bolognese que o deputado estadual Fernando Ribas Carli Filho deverá renunciar ao mandato. Se não fizer isso, dificilmente escapará da cassação. O pedido de renúncia seria uma decisão da família e já estaria a caminho da Assembléia Legislativa. A discussão agora passa a ser sobre quem assume - Quinteiro , de Maringá ou Roque, de Paranaguá.Eu acho que dá Quinteiro.

Aécio desmente notícia plantada

O governador de Minas Aécio Neves reagiu com ironia à notícia da Folha Online sobre a chapa pura do PSDB, tendo Serra na cabeça e ele Aécio, como vice.Classificou a notícia como uma "grande piada".Disse o governador mineiro:“Eu não sabia que estava gerando tantas preocupações em tantas pessoas para uma invencionice dessas. Se há algum acordo, esqueceram de me avisar. Não existe absolutamente nada nessa direção”, afirmou.

18 de maio de 2009

A CPI da vergonha à luz da literatura de cordel

A CPI DA SUCESSÃO

Anteciparam a corrida
Rumo ao planalto central
Que para o bem ou pro mal
Já começou com intriga
Puseram no meio da briga
A empresa Petrobras
A que nos fornece gás
Petróleo e seus derivados
Porém os desinformados
Não sabem o que há por trás

Quem governou o país
No período de oito anos
Foi o governo tucano
Privatizando o que quis
E sem querer ser juiz
Dou logo meu veredicto
Estou achando esquisito
A sanha da oposição
Depois de tanta inação
Querer ganhar só no grito

Primeiro é bom lembrar
Que vamos ter eleição
E quem fez pelo povão
Tem tudo para ganhar
Não é só se espernear
Fingindo indignação
Que se ganha eleição
Sem ter feito o que podia
Pois o povo hoje em dia
Vota com informação

Fique atenta! Oposição
Mas respeite à Petrobras
Que sozinha é capaz
De soerguer a nação
Se o caso é tributação
O problema é da receita
Se a Petrobras é suspeita
De pagar menos imposto
Pra mim o que dá desgosto
É senador com mutreta

Que moral tem senador
Tucano do velho ninho
Que quando alugou jatinho
Nosso bolso é que pagou
Esse arauto do pudor
Traçando uma nova rota
Agora vem com lorota
Que defende a Petrobras
Mas o que está por trás
É seu desejo de volta.

.Edmar Melo (Blog do Luis Nassif)

Faz parte do show

O Roda viva de hoje seria com o Prêmio Nobel Robert Mundell. Gravada, a entrevista fica pra outro dia, porque a prioridade agora é o espetáculo da CPI da Petrobrás.

Começam os dividendos

O senador Álvaro Dias será o entrevistado de hoje no programa Roda Viva da TV Cultura de São Paulo. Já colhe os dividendos midiáticos da CPI da Petrobrás, que ele conseguiu emplacar.

A "indústria" está só que cresce

A cidade que cresce com cidadania e onde um secretário municipal leva gentileza para o trânsito, tem uma indústria cada vez mais poderosa: a indústria da multa. O Diário dá em manchete neste domingo "Trânsito: multas rendem R$ 10 por minuto". Enquanto isso, o trânsito continua violento, matando. Isso prova o que? Prova que o rígido sistema de fiscalização da Setran não tem função pedagógica, mas apenas arrecadatória. O foco não é a vida, mas os cofres municipais.

Macacos me mordam!

Não era surto de febre amarela, era herpes que os pobres e descuidados macacos do Parque do Ingá tinha, (e continuam tendo). Mas há no Parque Ingá um vírus que preocupa muito: o da incompetência e falta de compromisso com o meio ambiente.

Não vadeiam mais no mesmo côco


Tucanos e "demos" estão de bico. Arthur Virgilio (PSDB) e Agripino Maia (DEM) formavam uma afinada dupla nas ações político-eleitoreiras no Senado, mas agora não estão se falando. A relação se agravou com o episódio da CPI da Petrobrás, onde ambos tiveram posições conflitantes. O potiguara Maia se irritou, virou pro histriônico senador do Amazonas e cantou um xaxado de Luis Gonzaga:"Eu nesse côco não vadeio mais/Eu nesse côco não vadeio mais/Eu nesse côco não vadeio maiiiisss....apagaram o candeeiro e derramaram o gáis".

Trocaram alianças


Notícia assinada pelo repórter Kennedy Alencar ( Folha Online) dá conta que o governador de Minas capitulou. Foi vencido pelo rolo compressor paulista e deverá ir de vice de Serra em 2010. Diz a nota da Folha:"Segundo integrantes da cúpula do PSDB, esse entendimento deverá ser anunciado em agosto ou setembro, enterrando a possibilidade de uma prévia entre os dois potenciais candidatos ao Palácio do Planalto. Por ora, haverá negativas, mas, nos bastidores, o acerto foi concluído".

17 de maio de 2009

Cheiro de Pizza na AL

"Existem momentos em que uma instituição precisa considerar seriamente
a hipótese de cortar na própria carne para evitar o risco da mais completa desmoralização. O episódio envolvendo o deputado Fernando Ribas Carli
Filho é um desses momentos. As informações que transpiraram até agora,
ultrapassando o véu de acobertamento e cumplicidade, são da maior gravidade".
. Do jornal (online) Hora H News

A pressa como inimiga da perfeição

O procurador Manzato estava no STF quando exultou com uma sentença que supunha favorável à administração municipal no caso dos CCs da Procuradoria Jurídica. Pegou o telefone e ligou rapidinho para a redação do O Diário. Conversou com a competente Vanda Munhoz, a quem passou detalhes da sentença que anulava a deisão de primeira e segunda instâncias. As informações que lera estavam corretas, corretíssimas, aliás. O erro estava num detalhe aparentemente irrelevante: no número do processo que lera com tanto entusiasmo.

16 de maio de 2009

Quem dá mais?

Coorre nos bastidores da política paranaense que já existe uma bolsa de apostas de que Osmar Dias não vai para o governo. Motivo: teme perder e ficar sem mandato,o que significaria sua morte. Indo para o Senado renovaria o mandato com um pé nas costas.Alguém aqui de Maringá tem pesadelo quando pensa nessa hipótese.

Beto teria tido motivos para tratar Ricardo com desprezo

Muita gente que estava por perto ficou boqueaberta com frieza com que Beto Richa recebeu a mão estendida do deputado Ricardo Barros no Parque de Exposições.Mas quem estava ao lado do prefeito de Curitiba entendeu porque: antes de ver Barros caminhando em sua direção, Beto recebeu uma mensagem no celular, de alguém que tinha ouvido o presidente do PP falar cobras e lagartos dele.

Ainda sobre a CPI da vergonha

"Em tese, uma CPI não deveria assustar ninguém. Mas não falamos em tese. Falamos no Brasil. E falamos a partir de exemplos concretos: qual foi a utilidade das CPIs recentes, além de gerar uma enxurrada de manchetes, 95% das quais baseadas em fofocas, meias-verdades, distorções e mentiras? Tomemos como exemplo a CPI das Escutas Telefônicas Clandestinas. Qual foi a serventia, além de torrar dinheiro público com a defesa dos interesses do banqueiro Daniel Dantas?

Quem vai ganhar com a CPI da Petrobras? O Brasil? O eleitor? O acionista da empresa? O projeto de exploração do pré-sal?

Ou é aquela mesma turma que pretendia transferir a base de lançamentos de Alcântara para os Estados Unidos, que vendeu a Vale a preço de banana, que planejava vender Furnas, o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal?

A CPI da Petrobras é mais um passo na privatização do Congresso brasileiro, desta vez em nome de interesses externos conjugados com os de pilantras brasileiros de sempre. Pilantras, diga-se, com mandato popular".

. Por Carlos Azenha que informa que está sendo lançada nos bastidores da internet uma articulação que tem como objetivo dar uma resposta unificada da blogosfera independente a este absurdo. Tô nessa corrente.

Carli se recupera bem


Informa Fábio Campana:

"Ontem, o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, divulgou o terceiro boletim médico de Ribas Carli Filho. Ainda na última quinta-feira, o parlamentar passou por cirurgia para correção das “múltiplas fraturas de crânio e face”.

O documento informou, ainda, que a “cirurgia foi realizada sem nenhuma intercorrência”, que o “paciente encontra-se consciente e internado na Unidade de Terapia Intensiva para recuperação”. O boletim diz também que não há previsão de alta".

PS: Todos torcemos pela franca recuperação do parlamentar. Deus o ajude, lhe dê saúde para que possa pagar em condições físicas normais pelo crime que cometeu.

O mandato de Carli está na linha de tiro

A Assembléia Legislativa do Paraná começa nesta segunda-feira a analisar a falta de decoro parlamentar do deputado Fernando de Carli , que dirigia com carteira cassada, em alta velocidade e provavelmente embiragado,quando provocou o acidente que matou outros dois jovens.
“Os critérios que vamos usar é o legal. Vamos avaliar se
o decoro foi ferido ou não”, diz o deputado Pedro Ivo que descarta a possibilidade de haver espírito de corpo na investigação.Se por ventura o corporativismo prevalecer, aí será mesmo espírito de porco e não de corpo.

Sobre a CPI da vergonha, Luis Nassif escreve:

"Em seus tempos de oposição, o PT se valia do instrumento das CPIs para tentar desestabilizar o governo, especialmente depois que a desvalorização cambial liquidou com a blindagem política de Fernando Henrique Cardoso.

Lula eleito, PT no poder, o último partido a se integrar ao jogo político, pensava-se que se chegaria à maturidade. Ledo engano. O que o PSDB está aprontando com sucessivos pedidos de CPI envergonham o jogo político. Essa CPI da Petrobrás servirá apenas para atrapalhar a empresa, em um momento em que anuncia investimentos no pré-sal que correspondem a um quarto de todo o investimento do governo chinês para recuperar a economia chinesa.

A Petrobrás seguiu uma estratégia tributária legítima, a partir de uma Medida Provisória editada em 1999, logo após a maxidesvalorização do real".

Carlos Azenha disse:

"CPI da Petrobras: O objetivo é produzir manchetes para o Ali Kamel"

"Quando eu era repórter da Globo, entre 2005 e 2006, durante meses o Jornal Nacional dedicava de três a dez minutos diários à cobertura de três CPIs: a do Mensalão, a dos Correios e a do Fim do Mundo.

As reportagens registravam acusações, ilações e suposições geradas diariamente nos corredores do Congresso, a grande maioria delas desprovada mais tarde. Não importa. O objetivo óbvio era produzir fumaça e as manchetes que faziam Ali Kamel delirar. O capo da Globo ficou tão excitado que despachou para Brasília uma assistente pessoal, cuja tarefa diária era percorrer os bastidores do Congresso para passar e receber informações, além de monitorar os colegas de emissora.

Uma CPI como a da Petrobras fornece o argumento essencial para Kamel e seus asseclas: estamos apenas "cobrindo os fatos", argumentam".


PS: Luiz Carlos Azenha tem um dos blogs mais acessados do país e como já trabalhou na Globo e conviveu com Ali Kamel, sabe do que está falando

Justiça laica

"O presidente do Tribunal de Justiça do Piauí, Raimundo Nonato Alencar, vai abrir sindicância e exonerar os casos de nepotismo, direto e cruzado, confirmados pela inspeção do Conselho Nacional de Justiça.

O órgão também recomendou o fechamento da capela do TJ ou sua substituição por um templo ecumênico para várias religiões".

. Do blog de Ancelmo Góis

PS: a justiça é laica, o estado de um modo geral é laico, seja em que instância for. Mas em uma certa cidade do Norte do Paraná, orientação espiritual pode ser transformada em cargo comissionado. Na verdade, laicá nós láica, o que nóis não heve é ética.

Petroprás na mira dos privatistas. A CPI pode ser o caminho para eles ajustarem o foco


"Os tucanos querem desmoralizar e desestabilizar a maior empresa brasileira para servir a seus patrões: os privatizadores.Fernando Henrique abriu a exploração aos grupos estrangeiros na esperança de destruir a Petrobrás e vendê-la.

Fernando Henrique era a favor da privatização da Petrobrás. Ele e aquele que ele chama de “brilhante”, Daniel Dantas.



Na superfície, os senadores tucanos querem a CPI para salvar o mandato. O objetivo, porém, corre em águas profundas.

O que os tucanos querem é impedir que se crie uma nova agência estatal para administrar o pré-sal e, como na Noruega, através de um fundo de investimento, transferir os recursos para a educação.

Os tucanos, como os seus antecessores do PiG (*) fora do PiG (*), Assis Chateaubriand e Roberto Campos, estão a serviço do capital estrangeiro.

Tomara que a ministra Dilma Rousseff e o presidente Lula, nos palanques da campanha de 2010, digam assim, com todas as letras: o Serra vai privatizar a Petrobrás".

. Paulo Henrique Amorim (Conversa Afiada)


PS: Paulo Henrique matou a charada.Nunca é demais lembrar que foram os tucanos que entregaram nossas reservas minerais para um grande grupo econômico liderado por Benjamin Steinbruch, o manda-chuva da Vale, a mesma Vale que o governo FHC deu de presente para a elite branca, legítima representante do capital estrangeiro. Curioso observar que compras do patrimônio nacional como a Vale do Rio Doce são feitas com o dinheiro público do BNDES. Uma vergonha!

Saiu a CPI da Petrobrás. Serra exulta

Pois é, terminou a meia noite o prazo para senadores que quisessem retirar suas assinaturas do requerimento do paranaense Álvaro Dias. Só dois pularam fora, mas isso não impediu a aprovação da Comissão Parlamentar de Inquérito da Petrobrás, que vai ocupar muito espaço na mídia doravante. O esforço do PSDB foi enorme e coincide com a notícia de que a Polícia Federal investiga um esquema de fraude, envolvendo o governo paulista do presidenciável tucano José Serra. A acusação é de licitação direcionada na compra de computadores, no valor de R$ 1,5 bilhão.

15 de maio de 2009

Nervoso, tucano arma barraco no Senado


O senador Arthur Virgílio (foto) subiu nas tamancas agora a tarde no Senado para tentar criar a todo custo a CPI da Petrobrás. A CPI, proposta pelo senador Álvaro Dias, foi criada, mas o espetáculo que Virgilio deu foi deprimente.
Pouco depois, o presidente Lula ironizou o "barraco" tucano:

"Assim [nervoso] ninguém ganha eleição. Perdi três eleições nervoso. Quando fiquei calmo, ganhei."

É nóis na fita

O senador Álvaro Dias tanto fez que conseguiu criar a CPI da Petrobrás. De cara, as ações da empresa deverão estar sofrendo um baque já a partir de hoje nas bolsas. Se há irregularidades, indícios de desvio da dinheirama que o senador alega existir, seria mais prudente encaminhar denúncia ao Ministério Público e exigir que a Polícia Federal cumpra o seu papel de investigar. CPI é garantia de espetáculo midiático, que vai certamente, injetar um bom gás no balão do PSDB que anda meio murcho. Álvaro, que pretende ser candidato a governador do Paraná, terá presença quase diária nos jornais e telejornais daqui pra frente. È 2010 chegando e o senador paranaense bem na fita.

Não conseguirá segurar

Na Assenblpeia Legislativa já se fala na possibilidade de renúncia do mandato, mas o deputado Cali Filho deverá resistir para não perder o forum privilegiado. Neste caso, restará o processo de cassação, que torna-se mais viável com a ameaça de expulsão do parlamentar pela direção estadual do PSB. Que já se vê mais depudado neste momento: Quinteiro ou Roque?

O caso do Contorno Norte

O Diário noticiou hoje o caso do Contorno Norte de Maringá , sob cujo projeto recai suspeita de irregularidades. O fato foi destaque na Folha de Londrina de ontem e imediatamente repercutido aqui pelo Rigon (campeão de audiência) e por este modesto blog. Na matéria do jornal maringaense, a informação de que o contrato prevê a conclusão de obra em 2010. Ora, se o projeto do Novo Centro já contabiliza um atraso de um ano e 9 meses (pouco mais de duas gestações), o que ocorrerá com o Contorno Norte, agora sob a mira do Tribunal de Contas da União?

PAC lá, PAC cá, PAC acolá...

"Fraudes, superfaturamentos e licitações irregulares em obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) foram comprovados pela Controladoria Geral da União (CGU), órgão do governo federal. Das 123 obras do PAC escolhidas por sorteio para a auditoria, 84 ainda não tinham saído do papel (68% do total). E, entre as que já estão sendo executadas, foram descobertas graves irregularidades. Em Santarém (PA), por exemplo, há um superfaturamento de R$ 7,3 milhões nas obras de abastecimento de água, esgoto, pavimentação, drenagem e instalação elétrica.

Na cidade baiana de Araci, os auditores acharam indícios de que a licitação, realizada em 2008, foi fraudada: a participação de três empresas num pregão foi simulada, e não houve disputa. A empresa vencedora levou o contrato de R$ 1,13 milhão para a construção de 88 casas populares".

. Do blog do Senador Álvaro Dias

PS: Bem, se os técnicos da CGU estão realmente com esse empenho todo,ainda vamos ter muita surpresa por aí, ou quem sabe, por aqui. Haja orelha para tanta pulga!

Isso num país sério....

Lei Macieira: Heine precisa explicar

"Uma análise um pouco mais apurada da Lei 11.219/2009, aquela da ‘reforma administrativa’ na Câmara de Maringá, nos deixa intrigados. Por que o texto mudou tanto, após o relatório apresentado em 31 de março, para a redação final em 30 de abril? Por que mudou-se o símbolo de remuneração de CC para CCL? Por que se criou o órgão denominado ‘Mesa Executiva’? Quem são os integrantes, os mesmos da Mesa Diretora? Por que a denominação dos cargos foi alterada? Por que se criou a Assessoria de Apoio Interdisciplinar, uma vez que no relatório na constava nada neste sentido? De quem foi a redação final? Do grupo de vereadores e contou com a elaboração da Procuradoria Jurídica?
São questões que precisam ser respondidas por Heine, o presidente da Comissão. Talvez por W. Andrade que defende a reforma. Dos outros 7 que votaram a favor pouco podemos esperar, já que ainda não se manifestaram.
Estas e outras explicações facilitariam a decisão do prefeito quanto a vetar ou não".

. Por Akino Maringá (colaborador do blog do Rigon)

PS: Gente, isso é muito grave. Como se pode manipular tanto um relatório, que deveria ser transparente e ter um mínimo de seriedade, posto que foi gerado na Casa do Povo? Se a análise do Akino estiver correta, e creio que está, eis aí um caso gravíssimo de falta de decoro parlamentar. Num país sério, seria cassação no duro.

Quinteiro x Roque

Estou cada vez mais convencido de que o deputado Ribas Carli será cassado pela Assembléia Legislativa. A despeito de todo o espírito de corpo, a pressão popular fala mais alto, ainda mais num ano pré-eleitoral. As provas de que ele estava em alta velocidade e com teor etílico no sangue são cada vez mais evidentes. Não bastasse isso, o simples fato de um parlamentar dirigir com carteira suspensa já se configura falta de decoro.
Essa possibilidade de cassação acirra a disputa entre o maringaense Wilson Quinteiro e parnanguara Mário Roque. Roque era o primeiro suplente do PSB, mas migrou para o PMDB e segundo consta, depois que o STF definiu a questão da fidelidade partidária. Logo, o segundo suplente, no caso Quinteiro, passa a ser a bola da vez. Não sou advogado mas acho que o Milton Ravagnani esclareceu bem a questão na sua coluna de hoje do jornal O Diário.

A fé, na era call center

Quando você ligar para a Paróquia Santo Antônio em Maringá não vai ouvir ninguém dizer alô. Ouvirá, pelo PABX virtual, uma gravação semelhante àquela que já traumatizou milhares de usuários da telefonia, que buscam serviços nas suas operadoras:"Você ligou para a Paróquia Santo Antônio de Pádua. Sinal de fax, tecle 1; batizado, tecle 2; casamento, tecle 3; dízimo, tecle 4; para horário de atendimento com o padre, tecle 5; para horário de missa, tecle 6; para intenção das missas, tecle 7; para ouvir o responsório de Santo Antônio, tecle 8 e para falar com as atendentes, tecle 0". Fiz a experiência do 0 e, fosse eu um músico, teria dado tempo de gravar na cabeça , toda a partitura da musiquinha.

14 de maio de 2009

O Papa frustra palestinos

De um jornalista palestino sobre a visita do Papa Bento XVI ao Oriente Médio:

"O Vaticano não é poder militar e não faz milagres. Não pode, portanto, curar todas as feridas do mundo. Mas o Vaticano pode usar sua influência contra o mal e o pecado e a favor do respeito à dignidade humana de todos os homens, mulheres, crianças do mundo; também, é claro, a favor do respeito à dignidade humana dos homens, mulheres e crianças que habitam a Palestina ocupada.
Para fazer isso, o Vaticano terá de não se deixar enganar pelas mentiras dos israelenses, que sempre mentem quando falam em paz".

O presidente da AL admite a cassação

Informa o jornal (on line) Hora H News:"O presidente da Assembléia Legislativa,
deputado Nelson Justus, disse em entrevista à imprensa, que a Casa recebeu com
naturalidade o pedido de cassação do mandato do deputado Fernando Carli Filho. Segundo
ele, este pedido é viável, tanto é assim que imediatamente encaminhou à Corregedoria-Geralda Casa para que tome as providências".

Pela cassação

A Família Yared não aceita a licença médica do deputado e Ribas Carli, ela quer a cassação. Pra isso, articula uma grande mobilização popular para pressionar a Assembléia Legislativa. O deputado desenvolvia alta velocidade , com suspeita de estar alcolizado, quando bateu noutro automóvel provocando a morte de dois jovens, um deles, o jovem Gilmar Yared.

Se o PMDB acha o que acha o PT?


"O presidente do PMDB paranaense, deputado Waldyr Pugliesi, considera impossível uma aliança com o senador Osmar Dias no ano que vem por razões ideológicas. Para Pugliesi, Osmar representa o agronegócio e as forças mais conservadoras do Estado".
. Do blog do Fábio Campana

PS: Qual o perfil ideológico do senador Osmar Dias para a cúpula petista? Para as bases a gente sabe de cor e salteado. Mas o deputado Ricardo Barros continua costurando uma aliança Osmar-PT, com Gleisi na vice. As razões desse esforço até o Luiz do Postinho sabe.

Será que os fiscais da CGU vão ler esta notícia?

Saiu na Folha de Londrina de hoje:

" O Tri­bu­nal de Con­tas da ­União (TCU) po­de de­ter­mi­nar, nos pró­xi­mos ­dias, a sus­pen­são das ­obras do Con­tor­no Ro­do­viá­rio de Ma­rin­gá. Se­gun­do a FO­LHA apu­rou, a sus­pen­são da cons­tru­ção po­de ser de­ter­mi­na­da com ba­se em uma au­di­to­ria na ­obra que es­tá sen­do rea­li­za­da pe­la Se­cre­ta­ria de Con­tro­le Ex­ter­no do Pa­ra­ná (Se­cex-PR) e te­ria en­con­tra­do in­dí­cios de ir­re­gu­la­ri­da­des. O re­sul­ta­do da fis­ca­li­za­ção, de­ve fi­car pron­to em apro­xi­ma­da­men­te 20 ­dias.
A exe­cu­ção do Con­tor­no Ro­do­viá­rio es­tá sen­do con­du­zi­da pe­lo De­par­ta­men­to Na­cio­nal de In­fraes­tru­tu­ra de Trans­por­tes (­Dnit) do Pa­ra­ná e de­ve cus­tar cer­ca de R$ 140 mi­lhões. ­Além de in­dí­cios de ir­re­gu­la­ri­da­des en­con­tra­das pe­lo TCU du­ran­te a au­di­to­ria, um ou­tro da­do se­ria preo­cu­pan­te em re­la­ção a ­obra. A em­pre­sa con­tra­ta­da pa­ra exe­cu­tar o con­tor­no, a Cons­tru­to­ra San­ches Tri­po­lo­ni ­Ltda., foi con­si­de­ra­da ini­dô­nea e proi­bi­da de con­tra­tar com o go­ver­no fe­de­ral por cin­co ­anos".

A fiscalização da CGU e o biquini

Informa o O Diário que Maringá foi sorteada para fiscalização da CGU - Controladoria Geral da União. O órgão verifica a lisura da aplicação dos recursos federais, mas apenas do ponto de vista contábil. Claro que os técnicos não irão verificar, por exemplo, os descaminhos do dinheiro do PAC do Desfavelamento (da conquista dos recursos à sua aplicação), o que poderiam fazer a partir de informações repassadas pelo Ministério Público e Observatório das Metrópoles ,para ficar apenas nessas duas boas referências. A aferição é de números, checagem de notas e empenhos, nada além disso. Portanto, o prefeito Silvio Barros II pode dormir tranquilo, porque o sorteio lhe será benéfico. O olhar do Governo Federal sobre as verbas carimbadas que manda para os municípios é apenas técnico-contábil, por meio de operações que sempre guardam ligeira semelhança com o biquini, aquela peça que mostra tudo e esconde o essencial.

Verdadeiras artilharias contra os transgênicos



Será que ainda vamos ter muita gente do agronegócio defendendo a transgenia depois dos livros da jornalista francesa Marie-Monique Robin (Os vevenos da Monsanto) e do americano Jeffrey M. Smith, diretor-executivo do Instituto pela Tecnologia Responsável?
Os efeitos dos produtos transgênicos no organismo humano são devastadores, segundo relatou Smith na escolinha de governo de terça-feira, onde ele esteve a convite do governador Roberto Requião, há muito tempo inimigo número um das lavouras geneticamente modificadas.
Autoridade mundial no assundo, Smith vem correndo o mundo para alertar sobre o perigo dos OGM (Organismos Geneticamente Modificados). "Os transgênicos jamais deveriam ter sido introduzidos na nossa cultura”, diz o escritor ao revelar que "alguns animais utilizados em pesquisas de laboratório sobre OGMs morreram, outros adquiriram doenças e alguns ficaram estéreis. Quando os transgênicos foram introduzidos no mundo, em 1976, 7% dos norte-americanos tinham três ou mais doenças crônicas. Depois de nove anos, a porcentagem quase dobrou, tendo atingido o patamar dos 13%. Os médicos estão dizendo que alergias, autismo e uma série de mazelas podem estar relacionadas com o consumo de alimentos geneticamente modificados”.
Muita gente que assistiu a palestra saiu assustada. O governador Requião, que foi muito elogiado pelo escritor e pesquisador Smith, prometeu colocar um exemplar do livro-bomba em cada escola e biblioteca pública do Estado.
Seria interessante que o governo , que vem lutando há anos para barrar a expansão das lavouras transgênicas no Paraná, desse divulgação também ao livro da francesa Merie-Monique.

13 de maio de 2009

E põe ironia nisso!

"Art. 1º - Ao condutor e proprietário de veículo auto­motor que não tenha incorrido em infração de trânsito no período compreendido entre 1º de novembro e 31 de outubro do ano posterior, fica instituído desconto anual do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automoto­res - IPVA".
Dá pra acreditar? O benefício ao bom mortorista , como se vê aí, é proposta do deputado Ribas Carli Filho, que provocou uma tragéida dirigindo em alta velocidade, com carteira suspensa e segundo um socorrisdo do Siat, provavelmente embriagado.

Família quer ver Ribas Carli cassado

A família do jovem Gilmar Rafael Souza Yared, um dos mortos no acidente, foi hoje à Assembléia Legislativa pedir a cassação do deputado Fernando Ribas Carli Filho. O parlamentar, que já está consciente num hospital de São Paulo, dirigia com carteira suspensa e segundo laudos técnicos, em altíssima velocidade. Hoje de manhã, socorristas do Siate que estiveram no local do acidente, disseram ter sentido cheiro de álcool quando colocaram Ribas Carli na maca.
É voz corrente em Curitiba que o acidente provocado pelo parlamentar foi criminoso e por isso, ele deve ser processado por homicídio. A perda do mandato seria uma consequência natural da irresponsabilidade criminosa.

Palavra de cineasta

“A vida de Daniel Dantas daria um filme de gângster brilhante”
. De Fernando Meirelles.

O que há por trás de tanta resistência ?

Impressiona a resistência da administração municipal em atender pedidos de informações, venham de onde vierem. Diz Lauro Barbosa:"Até requerimentos, solicitando informações de assuntos corriqueiros na cidade para atendimento do interesse público, estão sendo barrados pela maioria dos votos na Câmara. É a oposição da situação".
Até quando vai isso? Não deve demorar muito,porque agora por exemplo o Tribunal de Justiça do Estado acaba de aplicar um ipon na falta de transparência da "gestão cidadã" de Maringá. O TJ determina o cumprimento de sentença de primeira instância no caso de um pedido de informações da Associação Maringaense de Usuários de Serviços Públicos que o prefeito Silvio Barros II se recusou a cumprir em 2007. A entidade só queria receber informações sobre a planilha de custos do transporte coletivo urbano. Na época, o juiz juiz Belchior Soares da Silva, da 6ª Vara Cível, determinou que o POder Executivo Municipal fornecesse os dados solicitados. SB II preferiu recorrer da sentença, mas o recurso deu com os burros n'água.
Ora,ora, porque tanta resitência em responder pedidos de informações, se o prefeito sempre enche a boca para falar de transparência? O que há de errado na planilha de custos da TCCC para não ser tornada pública? E os pedidos corriqueiros de informações feitos por vereadores de oposição? Será que o prefeito não responde por birra? Ou é coisa de asessores com rei na barriga , que querem sempre ser mais realistas do que sua majestade?

Não trema na linguiça

Vem aí uma nova edição do livro "Português do dia a dia" , do professor Sérgio Nogueira. Ele traz tudo sobre a reforma ortográfica, tranquilizando: "não precisa mais trema na linguaça".

No ar, a Voz do Brasil



Pincei esta charge (que vale por mil palavras) do blog da professora universitária Marta Belini

Haverá solução de continuidade?

O Rigon acaba de publicar a íntegra de acórdão do Tribunal de Contas da União, declarando a inidoneidade da Sanches Tripoloni, por conta de irregularidades na licitação do Contorno de Foz do Iguaçu:
" Os ministros do TCU decidiram em plenário que o Dnit deve anular a concorrência e todos os atos dela advindos, "por afrontar os princípios básicos da legalidade, da impessoalidade, da moralidade, da igualdade, da publicidade, e da probidade administrativa", declarando a idoneidade das empresas ARG Ltda., de Belo Horizonte (MG), e da Construtora Sanches Tripoloni Ltda., de Maringá, integrantes do Consórcio ARG-Sanches Tripoloni, para participarem de licitações no âmbito da administração pública federal pelo prazo de cinco anos".

Fica a pergunta: será que Maringá será prejudicada com isso? Sim porque se houver de fato impedimento à participação da empreiteira maringaense em licitações federais, como fica a execução das obras do Contorno Norte? A obra está sendo feita com recursos federais, o que poderia ocasionar o que os burocratas chamam de "solução de continuidade".

Direto do túnel do tempo


A foto me foi enviada pelo amigo Antônio Carlos Locatelli (fotógrafo da UEM). É de uma palestra do professor Florestan Fernandes no Auditório Ney Marques. O ano não me lembro, mas lá se vão mais de 20. Sociólogo respeitadíssimo, Florestan inaugurou uma nova época na história da Sociologia do Brasil, tanto que era chamado de "pai da Sociologia brasileira". Tido e havido como o mais perfeito intérprete de Marx , no mundo acadêmico era uma espécie de unanimidade nacional, sobretudo na área de humanas.
Eu estive nessa palestra aí (apareço sentado bem no cantinho esquerdo da foto). No dia seguinte à palestra, entrevistei o professor para a Revista POIS É no Hotel Deville. Florestan se elegeu deputado federal por São Paulo com quase 200 mil votos, sem fazer campanha. Os estudantes e professores universitários fizeram por ele. Não se arrependeram certamente, porque ele acabou se transformando num dos mais imporaantes deputados constituintes em 1988.
E foi justamente sobre seu ingresso na política que fiz a primeira pergunta: "Como o senhor ingressou na política partidária e porque escolheu o Partido dos Trabalhadores?".A resposta foi objetiva: "Fui levado pelo Lula à política partidária. Um dia o Lula e o Plínio de Arruda Sampaio me visitaram na USP e já chegaram colocando a ficha de filiação em cima da mesa. Perguntei, então: "O que é que eu ganho entrando no PT?". Lula não pensou duas vezes:"O senhor não ganha nada, companheiro Florestan, pelo contrário, o sr. perde, porque vai ter que meter a mão no bolso para dar o dízimo pro partido". Então não tive dúvida: "Me dê a ficha aí, esse partido me serve".

PS: se vivo estivesse, que avaliação Florestan Fernandes estaria fazendo do governo Lula e principalmente da sua base de apoio no Congresso Nacional? Ainda mais ele, que já naquela época se mostrava decepcionado com o seu ex-aluno, senador Fernando Henrique Cardoso.

Quinteiro foi pedir apoio de Requião

Informa Fábio Campana que Wilson Quinteiro (BSB) foi ontem à Granja Canguiri para conversar com o governador Roberto Requião. Pediu apoio à sua luta para assumir a cadeira de Ribas Carli Filho , do PSB na Assembléia Legislativa. Quinteiro é, teoricamente, primeiro suplente do PSB , mas o ex-prefeito de Paranaguá, Mário Roque, que foi o segundo mais votado do partido, acha que a vaga é dele.
Pela votação que teve, realmente Roque seria o primeiro suplente. Seria, mas ele trocou o PSB pelo PMDB, o que contraria a lei da fidelidade partidária.

O X da questão

A construção de casas do PAC do desfavelamento tem gerado ameaças de conflitos urbanos localizados. Isso devido a maneira nada democrática como a coisa vem acontecendo. Não há discussão com os moradores, não há transparência nesse processo. Mas o X da questão está mesmo é na ocupação dos espaços destinados a equipamentos públicos. As consequências serão inevitáveis para o pretendido desenvolvimento sustentável de Maringá. Se a coisa continuar assim, escolas, creches e área públicas de lazer ficarão cada vez mais disntantes dos bairros que estão passando agora por um processo de urbanização. Cometem um crime contra o Plano Diretor e principalmente contra a população pobre que mais precisa dos equipamentos. Dessa forma, a Administeação Municipal, que se auto-proclama cidadã, joga na lata de lixo as políticas públicas que permitam a integração de áreas tradicionalmente marginalizadas. Essa integração é fundamental para a melhoria da qualidade de vida daquela parte da população que só é valorizada na hora do voto.
Li o artigo do Secretário da Fazenda de Maringá, José Luiz bovo, publicado no O Diário de hoje. Os números impressionam, apesar das inverdades contidas no relato sobre a dívida herdada da gestão petista (Zé Cláudio/João Ivo). Mas gerar super avit na administração de recursos públicos não é sinônimo de de eficiência administrativa e nem de transparência. A análise fria dos números convence entusiastas de indicatores econômicos positivos, mas deixa com um pé atrás quem prefere priorizar indicadores sociais. Com relação ao comportamento ético de quem está no comando da município, basta checar, via cartório distribuidor, a relação de processos por improbidade que tramita no Fórum local. Ou , se quiser ir mais a fundo, pesquisar também os procedimentos investigatórios ainda em andamentpo na Promotoria de Defesa do Patrimônio Público. Quem sabe o Observatório Social resolva fazer isso.

Assino embaixo

Do Pedriali, sobre a recuperação surpreendente do deputadol Fernando Ribas Carli Filho:

"Desejo a mais rápida e completa recuperação ao jovem deputado. Para que ele pague pelo que fez tirando a vida de dois rapazes mais jovens do que ele.

E comece o pagamento renunciando ao mandato, que não mais tem condição moral de cumprir".

PS: Concordo em número, gênero e grau com o amigo Pedriali.

Uma foto, eis o crime encontrado pelo Inspetor Clouseau


Enfim, saiu o relatório do delegado Amaro sobre "a máquina de espionagem de Protógenes", denunciada pela revista Veja. Não foi encontrado nada sobre a vida amorosa de Dilma Rousseff, que a Veja disse ter Protógenes bisbilhotado; não havia grampo nos telefones do presidente do STF, Gilmar Mendes e nem no do senador Demóstenes. Mas o delegado Amaro precisava encontrar algo que incriminasse o comandante da Satiagraha. E achou. Achou uma foto que Protógenes Queiroz tirou de jantar em um restaurante japonês de Brasília. E quem estava na foto? O advogado de Daniel Dantas, Nélio Machado.
Há crime em tirar foto em um local público? Não há, mas a foto está lá, como prova de que o delegado Protógenes vazou informações, cometeu deslize de conduta nas investigações que levaram Daniel Danta à cadeia.
Sobre este assunto escreve Paulo Henrique Amorim:

" Ele ficou horrorizado com a foto no restaurante japonês de Brasília e não viu a reportagem da Veja. E aquela denúncia gravíssima da Veja ? Não é crime, Dr. Amaro ?

Mentir ? Denunciar o que não existe ? Vender ficção como realidade ? Isso é artigo 177 ? Código de Defesa do Consumidor ?
O Inspetor Closeau entrou no apartamento, passou por um cadáver na sala, e chamou a polícia porque a televisão da empregada estava muito alta e incomodava os vizinhos.
Francamente, Dr. Amaro, como é que o senhor leva uma bola dessas nas costas ?".

No lugar certo

Uma servidora que exerce cargo de chefia desabafa com a amiga:"Você já tentou falar com o Secretário Municipal da Fazenda? Então, nem tente, porque ele não atende ninguém e se por alguma circunstância for levado a atender, trata a pessoa com o maior descaso". O que dizem de Bovo no Paço Municipal: "É a arrogância em pessoa".
Outro servidor mais espirituoso brincou: "O cabrito caga em pelotinhas, não è? Acho que o cocô do Bovo é em forma de coroa, pois ele tem o rei na barriga".

12 de maio de 2009


Imagens de uma câmera de segurança instalada no local do acidente deixam evidente que o deputado Ribas Carli Filho estava em alta velocidade. Há fortes indícios de que ele estaria participando de um "racha".

O abandono leva à depredação


O Parque Alfredo Nyffeler está totalmente abandonado. E como todo bem público abandonado e bem público depredado, dá pra imaginar a situação.Quem passa por lá se pergunta: tanto dinheiro enterrado no Parque do Japão e o Alfredo Nyfeler às moscas.

Rompimento tira o sono de Lula

Informa Cláudio Humberto que o PMDB acaba de se afastar do acordo como PT para 2010. O presidente Lula estaria de cabeça quente, porque este rompimento pode ser fatal para a candidatura Dilma. Nos estados, embaralha o meio de campo das eleições majoritárias. No Paraná, por exemplo, pode significar nova correlação de forças, com possibilidades cada vez maiores do PMDB namaorar, noivar e casar com o PSDB de Serra (ou seria Aécio), Beto Richa e Álvaro Dias. Como a política é dinâmica! Como a movimentação dos políticos se parece cada vez mais com nuvens de verão!

Melhoras ao "desgracido"

Com princípio de infarto está hospitalizado em Londrina o lendário João Milanez, eterno dono da Folha de Londrina, que hoje está em mãos do ex-banqueiro José Eduardo de Andrade Vieira. Seu João é uma figura ímpar da impresa paranaense. Londrina e o Norte do Paraná devem muito a ele. Trabalhei na Folha nos bons tempos do jornal, que chegou a ser o sexto matutino mais importante do país.
Sempre bem humorado, Milanez tem histórias que dá um belo livro. É missão para o escritor Domingos Pelegrini, um dos melhores textos do Paraná e autor de bestsellers como O HOmem Vermelho e o Encalhe dos 300. É dele também o livro biográfico sobre a rica história de Celso Garcia Cid (dono da Viação Garcia), um homem muito à frente do seu tempo. Milanez, de quem o "Dinho" é amigo, merece esta homenagem, em vida. É possível que o Domingos já tenha pensado nisso.
Quem sou eu pra sugerir algo ao intelectual Domingos Pelegrini Júninior. Mas me atrevo a pensar num título do livro sobre João Milanez: O DESGRACIDO. é assim que seu João se refere a um amigo que o desaponta.

É ele mesmo

No último dia 8 noticiei que Wilson Quinteiro é o primeiro suplente do PSB e no caso do suplente do deputado Ribas Carli Filho ter que assumir, quem assumiria seria o maringaense Quinteiro. No dia seguinte a imprensa estadual noticiou que, quem assumiria em caso de licença médica (ou falecimento) do jovem parlamentar que sofreu grave acidente, seria Mário Roque. De fato, Roque fez mais votos que Quinteiro, mas perdeu a primeira suplência do Partido Socialista Brasileiro ao migrar para o PMDB, com o objetivo de ser o candidato do governo à Prefeitura de Paranaguá.
Agora o próprio Quinteiro reafirma que é ele mesmo o primeiro suplente, fato já confirmado pela Assembléia Legislativa, conforme notícia publicada hoje no O Diário.