31 de janeiro de 2010

Dilma, o MST e o novo desafio da reforma agrária

Faço minhas as palavras do jornalista Leandro Fortes, jornalista da revista Carta Capital e blogueiro de Brasília:

"O MST existe há 25 anos e é o mais importante movimento social de base da história do Brasil. A crítica à sua concepção socialista e a eventuais desvios de conduta de alguns de seus participantes é, deliberadamente, ultradimensionada no noticiário para passar à sociedade, sobretudo à dos centros urbanos, a impressão de que seus militantes são vândalos nutridos pelo comunismo e outras reflexões sociológicas geniais do gênero.

A luta do MST é, basicamente, a luta contra o latifúndio e a concentração fundiária nas mãos de uma elite predatória, violenta e vingativa. Essa é a origem de todos os problemas da sociedade brasileira desde a sua fundação, baseada em capitanias hereditárias, em 1532. Nenhum governo teve a coragem necessária, até hoje, para tomar medidas efetivas para acabar com o latifúndio e, assim, encerrar com esse ciclo cruel de concentração de terras no campo brasileiro, responsável pelo inchaço das periferias e pela violência contra trabalhadores rurais, inclusive torturas e assassinatos, com o periódico beneplácito da Justiça e das autoridades constituídas, muitas das quais com campanhas eleitorais financiadas pelos grupos interessados em manter este estado de coisas.

A luta contra o latifúndio não é a luta contra a propriedade privada, essa relação também foi contruída de forma deliberada e tem como objetivo tirar o verdadeiro foco da questão. A construção desse discurso revelou-se um sofisma baseado na a inversão dos valores em jogo, como em uma charada de um mundo bizarro: a ameaça social seria a invasão (na verdade, a distribuição) de terras, e não a concentração no campo, o latifúndio. E isso é vendido, assim, cru, no horário nobre.

É uma briga dura, difícil. Veremos se Dilma Rousseff, em cima do palanque, será capaz de comprá-la de novo".

Osmar procura o seu eixo. Ou qualquer eixo lhe serve?



Osmar Dias pode dobrar com o PT no Paraná para garantir um bom palanque a Dilma. Porém, deixa claro que suas convicções fundiárias excluem o MST e a reforma agrária que há anos o Partido dos Trabalhadores defende. Ao mesmo tempo em que flerta com o PT Osmar tenta uma conjunção carnal com o PSDB de Beto Richa, bem ao estilo "não importa que a mula manca, o que eu quero é rosetar".
Enquanto tenta consolidar sua candiadura a governador, pouco importando o parceiro,o senador administra sua crise de identidade brincando com uma vistosa "bem me quer, mal me quer".

28 de janeiro de 2010

Detalhes são detalhes, nada mais do que detalhes...

Estou novamente fora do ar devido a problemas no meu PC (parece praga de urubu), que tem pouco mais de um ano de uso e danou a me deixar na mão depois que venceu a garantia. Nem tenho entrado mais na internet. Entrei agora pelo PC de um amigo e de cara me surpreendo com esta nota do Akino, no blog do Rigon.

"Foi assinado em 29 de dezembro de 2009 mais um aditivo contratual entre a Prefeitura de Maringá e a Meta Propaganda, que é a agência oficial do município desde a posse de Sílvio II, em 2005. Agora são mais R$ 1,2 milhão até 31 de março deste ano, o que nos permite antever que poderão ser gastos até R$ 4,8 milhões no ano".

. Sinceridade, nunca vi um negócio desse. Já se vão seis anos e uma mesma agência administra a conta publicitária da Prefeitura. O fato de ser a agência que tem feito todas as campanhas dos Barros é apenas um detalhe. Um prosaico detalhe.

Continue lendo

25 de janeiro de 2010

Casal campeão... de gastos


"A deputada estadual Cida Borghetti (PP) foi a campeã de gastos ressarcidos em pleno dezembro, mês de férias, da Assembleia Legislativa do Paraná. Ela foi ressarcida em R$ 49.443,30, informa matéria da Gazeta do Povo. A maior parte dos gastos foi com publicidade (divulgação da atividade parlamentar); em dezembro ela não gastou com pesquisa. A maior parte dos recursos (R$ 28.073,22) foi gasta com a Viva Propaganda e Publicidade. Seu marido, Ricardo, foi campeão de ressarcimento (verba indenizatória) na Câmara Federal, em 2008".

. Do blog do Rigon

A idiotice toma conta do pedaço

Muito bom um artigo que acabo de ler no blog do Azenha (Vi o Mundo) sobre a idiotização que toma conta do planeta, Brasil no centro do debate. O autor chama-se Cristóvão Feil, do Diário Gauche, se não me engano, um blog do Rio Grande do Sul. Pincei dois trechinhos, que sintetizam bem o quadro atual:

"Há um visível recrudescimento na idiotização das pessoas. A mídia é a principal usina de produção em série de idiotas e tolos de todos os calibres. O nivelamento por baixo e o achatamento geral do imaginário médio é a principal contribuição dos modernos meios de comunicação de massas. Hoje, é muito fácil encontrar o que eu chamo de idiota triunfante, aqueles sujeitos que se orgulham da própria ignorância e pobreza de espírito. O tolinho jactancioso tira prazer onanista da sua condição, e se basta".

"O mais chocante - constatado pelos geniais romances de Flaubert - é que a tolice não se apaga diante da ciência, das altas tecnologias, da pósmodernidade (seja lá o que isso signifique). Milan Kundera ousa afirmar que "ao contrário, com o progresso, ela também progride!
Arrisco a dizer que os bobalhões e as baratas sobreviverão ao próprio planeta".

PS: Oxigenando este processo de idiotização coletiva está, sem dúvida, a mídia, principalmente os setores responsáveis pela divulgação do lixo musical. As programações musicias hoje no rádio e na TV, com raríssimas e honrosas excessões , são uma verdadeira agressão aos ouvidos e sobretudo, à inteligência.

24 de janeiro de 2010

Robinho pode estar voltando ao Peixe


Informa em manchete em sua edição de hoje o tablóide inglês The Sun, que Robinho faz neste domingo a última partida pelo Manchester City. Brigado com o técnico, ele está no banco e quer sair. O destino pode ser o Santos, que enviou tres diretores à Inglaterra para tentar uma negociação. Robinho quer voltar à Vila, principalmente para recuperar seu bom futebol, brilhar nos campeonatos Paulista e Nacional, para se garantir como titular da Seleção Brasileira na Copa do Mundo.

Edson Lima informa em seu blog:

"O almoço à base de macarrão, arroz, carne e legumes servido ontem para cerca de 250 pessoas no Recanto do Sopão, no Conjunto Residencial Branca Vieira, pode ter sido o último, o que deixará dezenas de famílias pobres sem sua única fonte de alimento. O sopão poderá deixar de ser servido, depois de 12 anos ininterruptos, por falta de um veículo para recolher os alimentos doados pelos supermercados.

De acordo com as voluntárias Maria Tereza Garcia Cordeiro e Aurelina Joaquim Sampaio, que criaram o sopão há 12 anos, a entidade contava com um caminhão cedido por um voluntário para fazer a coleta dos alimentos doados, mas o veículo está parado devido a um problema no eixo traseiro.

Há alguns dias está sendo fretado um caminhão a R$ 100 por dia, “mas não temos como pagar esse frete e nem pagar o conserto do outro caminhão".

PS: Pois é Edson, será que a "administração cidadã", tão sensível com os problemas sociais da cidade não pode fazer nada?

23 de janeiro de 2010

Lula não é Bachelet, para azar do tucanato

A derrota de Eduardo Frei, no Chile, criou grandes expectativas no Brasil, onde Serra espera que o exemplo chileno se repita por aqui. Lá, a presidente tamb´´em está com a popularidade nas alturas, mas não conseguiu fazer o sucessor. Sobre este assunto escreve Rodrido Viana, no blog Escrevinhador:"Acontece que Lula não é Bachelet. A presidenta chilena quase não participou da campanha de Frei. Só deu apoio ostensivo na última semana antes do segundo turno.
Lula está em campo desde agora, e seguirá em campo ao lado de Dilma.

Já escrevi aqui que a tática de Serra e dos tucanos é não polemizar com Lula. Por isso Serra quer fazer campanha só a partir de março. Assim, ele não vai brigar com Lula, mas com Dilma. É a única saída possivel para Serra e os tucanos. Mas falta combinar com os russos. Falta combinar com Lula".

22 de janeiro de 2010

Descaso, a gente vê por aqui

"Nesta vergonhosa ocorrência registrada em Maringá por total descaso e incompetência do Poder Público, a responsabilização também deveria ser criminal. O caso é o seguinte: Em 2005 uma moradora do Jardim São Silvestre - que pediu para não ser identificada por motivos óbvios - fez um pedido na prefeitura para que uma árvore - defronte sua residência - fosse retirada por apresentar “visíveis sinais” de que poderia cair. Como faz com quase todos os pedidos dessa natureza, a prefeitura - como sempre - fez corpo mole e não atendeu, apesar das insistentes cobranças da moradora, que inclusive, diante do descaso, solicitou autorização para que ela mesma, por conta própria, pudesse retirar a árvore, sendo negado pela prefeitura com a justificativa de que seria crime, com punição ao autor. Resultado: Há alguns dias a árvore caiu, causando um enorme estrago à propriedade da moradora, que agora, deu início a outra luta na prefeitura: tentar ser ressarcida pelos prejuízos e danos causados.
É ou não é um caso de cadeia?"

. Do blog do Lauro Barbosa


PS: Pois é Lauro, se fosse alguma empresa querendo se livrar da árvore para deixar à mostra sua fachada, a "administração cidadã" agiria com incrível eficiência. Mas como se trata de uma pessoa comum, do povo, o descaso é flagrante. Não foi a primeira vez que isto aconteceu. Foram inúmeros pedidos idênticos não atendidos, ou atendidos depois que a paciência do solicitante já tinha chegado ao limite. Lembro de um caso quase semelhante (só não foi igual porque felizmente a árvore não chegou a cair) ocorrido na Rua das Tipuanas, Borba Gato. O pedido para corte durou pouco mais de dois anos. E cada vez que chovia a família de dona Isabel entrava em pânico. Um dia fui procurado e a família me pediu ajuda. Passei o caso para o Léo Júnior, que fez matéria e colocou no Band Cidade. Só então, foram cortar a árvore. Mas vale lembrar: depois de cortada a árvore, foram mais dois meses de agonia, até a Prefeitura retirar a madeira que ficou empilhada na calçada. O muro da casa acabou danificado, e os pedidos de ressarcimento que vieram depois, sequer receberam atenção.

Pizza teria cheiro de coisa podre

O prefeito Milton Martini pode ter piorado sua situação com a prisão de cinco pessoas que panfletavam numa feira livre contra ele. Se os panfletos eram agressivos, difamatórios ou não, o fato é que Milton Martini trilhou o caminho errado. Foi direto à polícia ao invés de procurar a justiça. Para prender os panfleteiros e apreender os panfletos, precisaria de ordem judicial. Fez tudo ao contrário, meio que na base da truculência e isto pode lhe custar muito, mas muito caro mesmo. A propósito, Martini vai depor dia à comissão processante da Câmara e encontrará em frente ao prédio do Legislativo um clima bastante hostil. Haverá até vigilia na noite que antecederá o depoimento.
Na verdade, a Câmara de Sarandi está diante de um dilema: recebe pressão para manter o prefeito no cargo e pode mandar sua credibilidade definitivamente para o esgoto se deixar o dito pelo nâo dito. Neste caso, pizza teria cheiro de coisa podre.

Crônica da rebelião anunciada

O Sindarspen , Sindicato dos Agentes Penitenciários do Parná, vinha alertando há dias que uma bomba estava próximo de explodir na Penitenciária Central do Estado. Tanto que chegou a protocolar um documento na OAB advertindo o governo para o fato. Segundo o presidente do sindicato, Clayton Auwerter, "o motim estava programado para estourar no domingo e foi antecipado porque policiais militares foram retirados da PCE. De acordo com Clayton, o sindicato não estimulou a rebelião, mas tentou evitá-la".
Esta nota estremeceu ainda mais as relações do governador Requião com os agentes, que não é de hoje que batem de frente com o governador. Me diz um amigo que trabalha na Penitenciária de Maringá, que Requião "dificulta qualquer entendimento, na medida em que usa a borduna no lugar do diálogo".

Mazza faz uma radiografia da política do Paraná

"Os políticos locais querem ganhar por W.O’. A sigla WO é a abreviação da palavra em inglês walkover. É o mesmo que ganhar em função da ausência - total ou parcial - do adversário em campo - quando um time não tem representantes suficientes para disputar a partida. Se uma parte do time oponente deixa o campo, isso já caracteriza abandono ou WO.

É exatamente isso que acontece neste Estado. Não há confronto de idéias, de projetos, dos problemas que afetam os que aqui moram e possíveis soluções. Além de paralisados, hibernados, vacilantes e amarrados, os políticos paranaenses parecem ter medo de qualquer embate. WO é pouco, internauta. A coisa aqui é o mesmo que ganhar um julgamento à revelia. É por isso que o Estado é pobre de idéias voltadas ao bem-estar comum".

. O comentário do respeitadíssimo jornalista Luiz Geraldo Mazza feito ontem cedo na Rádio CBN da capital tem endereço certo: Beto Richa. Mazza está meio encafifado com a arrogância tucano-betorichista, que acha que vai dar WO nas eleições de governador. Para os seguidores do prefeito de Curitiba, ele já está no Palácio, recebendo o cargo das mãos de Pessuti, o vice que assume em abril e deve também, disputar o cargo, no cargo.
O Mazza, de quem tenho o privilégio de ser amigo de longa data, foi na veia.

São Paulo livre das enchentes

Não, não é primeiro de abril,não. Estamos longe do dia da mentira. Mas o texto abaixo foi extraído do site do PSDB paulista, quando o Alkmin era governador.

"Com a inauguração da nova eclusa do Rio Tietê, a primeira a ser construída nos limites da capital, no dia 20 de janeiro de 2004, o Governo paulista entrega mais uma obra dentro do plano estadual de combate às enchentes, que inclui ainda o rebaixamento da calha do Tietê, barragens e piscinões. A eclusa funciona como "elevador" de águas, para ajudar as embarcações a transpor os desníveis ou barragens. No segundo semestre, com a obra de aprofundamento da Calha do Tietê completa, a eclusa estará a pleno funcionamento".
Na prática significaria o fim das enchentes em São Paulo. O jornalista Carlos Azenha (blog Vi o Mundo), conclui:"Das duas uma, ou o Alkmin mentiu ou o Serra parou a obra".

21 de janeiro de 2010

Perguntar não ofende. Então, Akino pergunta:

"Acervos ou acertos?

Teria a Prefeitura de Maringá respondido o requerimento do vereador Humberto Henrique (PT), aprovado numa das última sessões do ano passado, em que solicitava o envio dos documentos que serviram de base para a compra, com inexibilidade de licitação do Acervo da TV Cultura e outra compra da Globo Editora, ambas pela Seduc? Falando na Seduc, lembramos que a secretária Márcia Socrepa não respondeu o nosso email, em que, como contribuintes, solicitamos esclarecimentos sobre as compras dos acervos culturais.
Não vamos esquecer enquanto não tivermos explicações. Queremos saber o que aconteceu? Foi tentativa de estelionato? Alguém da Prefeitura teria algum interesse, ou a secretária foi vítima? Por que? Por que não se explica? Transparência, segundo Bovo, em recente artigo foi um dos fatores de sucesso da administração Barros em 2009. Então Silvio, por que? E o caso do suposto superfaturamento no preço da lavagem de veículos da Seduc? Como ficou? "

. Akino Maringá, colaborador do blog do Rigon

PS: o silêncio neste caso, soa esquisito pra daná. Ainda mais que a recusa é de responder não uma pergunta de jornalis, mas a requerimento de um vereador, o que significa, na prática, desrespeito ao Poder Legislativo.

Álvaro não desiste, persiste



Ouvi há pouco uma entrevista do senador Álvaro Dias na Rádio Banda B, de Curitiba, em que ele diz que perde quem apostas no confronto entre ele e o irmão Osmar e perde mais ainda quem subestimar a inteligência da cúpula (nacional) do PSDB, que sabe que a prioridade do partido é o projeto nacional com José Serra. Portanto, não cessará o bombardeio ao prefeito de Curitiba para que ele cumpra seu segundo mandato, evitando colocar a prefeitura da capital nas mãos do vice, que pertence a um partido não tão aliado de hoje e provável adversário de amanhã. Álvaro coloca nas mãos dos "luas pretas" do tucanato a responsabilidade de avaliar corretamente o cenário, que na sua visão (quase obsessiva) lhe é amplamenta favorável. Com Beto , Osmar estaria na disputa e haveria segundo turno. Com Álvaro, Beto continuaria prefeito e além dele, Osmar iria tentar renovar sua cadeira no Senado. E quem seria o advesário de Álvaro? Pessuti? Gleisi? Jogando com a lógica de um propcesso nada ilógico, ele conclui:" Eui seria eleito no primeiro turno".
Há quem aposte que o argumento é irrefutável e que por conta disso, Beto seria "convencido" a comprir seu segundo mandato integralmente, e com a promessa, do próprio Álvaro, de abrir caminho para o jovem político em 2014. Está aberta a bolsa de apostas.

Pesquisa em SP cantarola refreão que apavora tucanos: "Ciro Gomes vem aí,laralá,laralá!"...

"Uma pesquisa recente, feita pelo Ibope para o Movimento Nossa São Paulo , mostra que há espaço para uma candidatura corajosa, que esteja disposta a mostrar o mau gerenciamento ou a falta de gerenciamento que é a política oficial dos governos do PSDB/DEM em São Paulo. Não é que não haja governo: há governo para fazer uma ponte bonita sobre o rio Pinheiros para aparecer nos telejornais da TV Globo. Pouco importa que o rio seja podre e o trânsito horrível. Importa o cenário.

Pela pesquisa divulgada segunda-feira, os paulistanos dão nota 5 para a educação pública e 3,8 para a segurança pública; mais de 70% desaprovam a saúde pública e 77% desaprovam o tempo médio de deslocamento na cidade, que é de 2 horas e 43 minutos por dia. Se tivessem chance, 57% dos paulistanos deixariam a cidade".

. De Luiz Carlos Azenha (blog Vi o Mundo)

A análise cabível aí é que há em São Paulo espaço de sobra para uma candidatura corajosa. O nome mais comentado é o de Ciro Gomes.

20 de janeiro de 2010

Se depender do diretório não tem para o Álvaro

Dentro do diretório regional do PSDB, o prefeito Beto Richa vence Álvaro Dias por 39 a 6. Entre os eleitores de Richa está o maringaense Joel Coimbra, para quem Beto seria o candidato a governador. Mas eu continuo , que
sempre foi candidatíssimo a governador. Mas eu continuo achando que haverá disputa interna, porque mesmo sendo minoria dentro do ninho tucano do Paraná, Álvaro insiste na lógica: se ele for o candidato, voará em céu de brigadeiro, sem Beto e sem Osmar no cenário. E quem seria seu adversário? Um petista amigo me manda um email para dizer que se Gleisi for candidata, a disputa se equilibra, independente de quem for o tucano da parada. Só para lembrar: em 2006 Gleisi Hoffmann andou alí para tirar a vaga de senador de Álvaro Dias.

PMDB e o Samba do Crioulo Doido

Informa Cláudio Humberto em seu blog que "hoje o PMDB lulista vai se reunir na residência do presidente da Câmara, Michel Temer, para discutir a aliança com o PT nas eleições presidenciais".
Enquanto isso, o PMDB quercista-simon-requainista se articula para dinamitar esta aliança, injetando gás no cilindro da candidatura própria. O governador do Paraná já tem apoio do PMDB nativo e dos diretórios estaduais de Santa Catarina e Rio grande do Sul. O lendário Paes de Andrade, que apesar do reinado de Mombaça é um político respeitado, palmilha o Nordeste, tentando consolidar a candidatura de Roberto Requião à presidência.

Na verdade, o PMDB continua um partido sem rosto, apesar do seu corpanzil. Pode parecer o supra-sumo do paradoxo, mas o fato é que justamente ele, o Partido do Movimento Democrático Brasileiro, vai fazer a diferença no processo eleitoral desse ano, principalmente em relação à disputa da faixa presidencial.
Parece o samba do crioulo doido, porque "se Dilma se casou com Temer, Requião seguiu pra São Paulo para proclamar a independência..."

Previsão do tempo

"Gabeira coloca aliança com demotucanos como condição para sua candidatura "verde" ao governo do Rio, em troca de uma embaixada em Paris, caso Serra vença. A coligação 'verde-demotucana' deve incorporar também o PPS, de Roberto Freire, braço direito de Serra no ataque aos sindicatos e à esquerda. Segundo o jornal Valor, o governador Aécio Neves (PSDB) --que almoçou ontem no Rio com o presidente nacional dos demos, Rodrigo Maia-- contou que o próprio José Serra tem participado das negociações com Gabeira. São os pilares da ponte para a baldeação de Marina Silva rumo à coalizão demotucana, no eventual 2º turno de 2010"
. Do portal Carta Maior

O Haiti, sempre massacrado

O historiador Eduardo Galeano faz uma ligeira biografia do Haiti, um país historicamente submetido à tragédia política, imposta invariavelmente, pelo imperialismo americano:

"A democracia haitiana nasceu há um instante. No seu breve tempo de vida, esta criatura faminta e doentia não recebeu senão bofetadas. Era uma recém-nascida, nos dias de festa de 1991, quando foi assassinada pela quartelada do general Raoul Cedras. Três anos mais tarde, ressuscitou. Depois de haver posto e retirado tantos ditadores militares, os Estados Unidos retiraram e puseram o presidente Jean-Bertrand Aristide, que havia sido o primeiro governante eleito por voto popular em toda a história do Haiti e que tivera a louca ideia de querer um país menos injusto.

Para apagar as pegadas da participação estadunidense na ditadura sangrenta do general Cedras, os fuzileiros navais levaram 160 mil páginas dos arquivos secretos. Aristide regressou acorrentado. Deram-lhe permissão para recuperar o governo, mas proibiram-lhe o poder. O seu sucessor, René Préval, obteve quase 90 por cento dos votos, mas mais poder do que Préval tem qualquer chefete de quarta categoria do Fundo Monetário ou do Banco Mundial, ainda que o povo haitiano não o tenha eleito nem sequer com um voto".

. A íntegra do artigo está no blog do Azenha (link ao lado)

Desvio de função


Eis aí a ciclovia superfaturada da Av. Mandacaru, que serve mais de pista de caminhada do que de via exclusiva para as "magrelas". Isso ocorre pelo simples fato de que Maringá não tem mais tanta gente assim indo e vindo de bicicleta, nem para o trabalho e nem para o lazer. Bastava ver que a ciclovia da Av. Pedro Taques, feita na gestão Jairo Gianoto, já não se justificava mais, para saber que Maringá não precisa de ciclovia, pois o espaço das bicicletas foi tomado pelas motos. Esta ciclovia aí, cercada de tanta polêmica pelo custo exagerado que teve, não faz sentido. Foi obra eleitoreira no duro.
Pincei a foto do blog do Rigon, o primeiro a denunciar o superfaturamento, que virou notícia nacional na época. Alguns jornais se referiram a ela como "A ciclovia de ouro".

19 de janeiro de 2010

Recordar é viver

"É a 7a. morte neste ano. E ainda estamos no dia 18.

O jovem Luciano Matheus de Oliveira, 19 anos, morreu por volta de 1 hora desta segunda-feira (18) após ter sofrido um acidente de trânsito no início da madrugada, em Maringá. Oliveira estava em um carro junto com Kael Kichiner, 21 anos".

. Do blog do Edson Lima

PS: Claro que eu não seria estúpido ao ponto de atribuir a violência à "administração cidadã". Mas nunca é demais lembrar que nas eleições de 2004 o candidato Silvio Magalhães Barros II atribuia cada morte no trânsito de Maringá ao então prefeito João Ivo Caleffi. Fazia o mesmo com relação às árvores que caiam. E no caso específico do trânsito, prometia que Maringá teria paz nas ruas, porque "a gente fala, a gente faz".

Diga-me com quem andas e eu te direi quem és

"O desembargador Luís Carlos Xavier, da 11ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Paraná, negou recurso à Maringá Lixo Zero Tratamento de Resíduos Sólidos Urbanos (Biopuster), menina dos olhos do PP paranaense, e manteve liminar de arresto em ação movida por uma empresa que alugou caminhões e máquinas entre fevereiro e junho do ano passado para serviços no aterro sanitário controlado de Maringá. Da Maringá Lixo Zero a empresa Antonio Ferreira Locação de Equipamentos cobra R$ 59.831,60; de fevereiro a junho de 2009, a responsável pelo tratamento do lixo da administração Barros teve 83 títulos de crédito protestados e 56 cheques devolvidos por falta de fundos. Uma ação trabalhista resultou em arresto de bens da Biopuster em dezembro passado".

. Do blog do Rigon

18 de janeiro de 2010

Irresponsabilidade criminosa

Vi agora no blog do Rigon:

"Uma moradora do Jardim Vila Rica, próximo ao antigo Aeroporto de Maringá, conta que na última quarta-feira, ao chegar em casa, seus pais - ele, 60 anos; ela, 56 - foram atacados por dois cachorros da raça pitbul, que estavam soltos na rua. Quando ouviu o barulho, ela correu com uma vassoura para ajudar o pai, que chamou a atenção dos animais para proteger a mulher. "Confesso que a cena que vi foi marcante. Meu pai já estava se entregando aos ataques, e com certeza mais dois minutos seriam o suficiente para sua morte. Por Deus, consegui espantá-los, e imediatamente corri para o hospital. As lesões foram em todo o corpo, mas a mais grave aconteceu no braço. O cachorro pulou para atacar o pescoço, mas meu pai colocou o braço para se defender".
"O mais interessante nesta história, é que meu pai sempre foi apaixonado por animais. Nunca teve medo de cachorro nenhum e por esse motivo ele conseguiu se defender o máximo que pôde desse ataque. Qualquer outra pessoa estaria morta, com certeza! Moramos em uma rua sem saída, e constantemente vemos crianças, pessoas idosas, passeando por aqui. Inclusive eu com meu filho, uma criança de 3 anos. O que aconteceria se não fosse com meu pai?", pergunta".


Meu comentário: quando é que as autoridades vão tomar providências para colocar na cadeia os donos de cães assassinos que ficam soltos pelas ruas? Tem sido frequentes ataques como este aí registrado. Os donos dos animais devem ser punidos severamente porque são eles os culpados das feras andarem soltas, fazendo vítimas. Isso é caso de polícia!

Fatos e foto



Os dois estiverma na mesma trincheira no final dos anos 70, a trincheira da redemocratização.Seguiram juntos por muito tempo, inclusive no segundo turno das eleições de 1989, pois no primeiro Fernando Henrique era Covas, e ambos fecharam com Lula contra Collor. Depois tudo mudou. FHC se achegou a Itamar, vice de Collor que assumiu a presidência com a cassação do "Rambo das Alagoas". Virou embaixador do Brasil nos Estados Unidos e foi trazido de volta para pilotar o Plano Real e depois, no onda da URV se tornar presidenciável imbatível em 2004. O resto da história todo mundo sabe.

Apesar do Lavareda

Por mais que o sociólogo Antônio Lavareda coloque em dúvida a idoneidade do instituto IPESPE, só quem não entende nadinha de política e lê cenário de ponta cabeça, tem dúvidas quanto as chances do senador Álvaro Dias se eleger no primeiro turno sem Osmar na disputa. Sem Osmar, e claro, sem Beto Richa, porque Álvaro e o prefeito de Curitiba são do mesmo partido. Logo, o que não for candidato irá, por exigência partidária, apoiar o outro. E quem seria então o adversário de Álvaro Dias? Talvez Pessuti, que hoje está com menos de 6% de intenções de voto. Some-se a isso, o fato de que se Álvaro ganhar a disputa interna e Requião não conseguir emplacar sua candidatura a presidente,Pessuti passa a correr um sério risco de "cristianização".
É bom que eu dexe claro: não sou Álvaro, sou até antitucano, mas venho fazendo este tipo de análise há tempo, porque ainda que se saiba que política não é uma ciência exata, o processo eleitoral caminha em cima da lógica.

Tucanos coçam o bico

O resultado das eleiçlões presidenciais no Chile deixaram os tucanos faceiros e esperançosos. Lula surfa numa popularidade nunca vista e o próprio Serra teme que a transferência de votos leve Dilma Roussef a uma vitória fácil. Mas depois da eleição chilena neste final de semana, a cabeça do tucanato mudou, o sorriso voltou aos lábios do carrancudo governador de São Paulo. Os motivos estão abrigados na vitória do empresário Sebastián Piñera sobre o candidato governista Eduardo Frei. Afinal,a presidente Michelle Bachelet está com 80% de aprovação e mesmo assim, o candidato apoiado por ela dançou.

Assino embaixo

Depois de longo tempo fora do ar, volto hoje a atualizar o blog. Sem computador, porque o meu estava na UTI, só hoje consegui ler os blogs habituais, como o do Zé Rigão, que é visita obrigatória. E de cara vejo a nota do leitor Marcelo Augusto Oliveira Filho sobre as faixas de pedestres. Escreve ele:

"Absurdo em Maringá são as faixas de pedestres, principalmente em uma cidade que quer e precisa dar a elas a sua verdadeira preferência de circulação, mas quando se pretende isso não se pode colocar as faixas de pedestres como estão. O primeiro grande equívoco são as faixas de pedestres nas saídas das rotatórias.."

PS: Já escrevi muito aqui neste b log sobre esta distorção. Os riscos para o pedestre é enorme, porque quando o veículo contorna a rotattória para retomar a avenida, já em cima da faixa. Mais do que absurdo, essas faixas devem ter sido concebidas por algum técnico da Setran, em momento de absoluta falta de lucidez. Concordo em gênero, número e grau com o texto do Marcelo.

16 de janeiro de 2010

Fui sacaneado

A sacanagem é antiga mas só agora tomei conhecimento, graças ao alerta de um leitor que suspeitava ser eu o Inconformado, do Notícias da Província. Esta minha página foi reproduzida em outro endereço.Só mudaram as notas, pinçadas do blog Notícias da Província e postadas como se fosse eu o próprio Inconformado. Realmente fiquei inconformado, mas com a sacanagem. Eu jamais faria qualquer crítica, postaria qualquer nota,criticando ou elogiando alguém, sem me identificar. Nos meus 30 e lá vai fumaça de jornalismo, jamais me escondi atrás do anonimato. Já escrevi isso aqui em outra ocasião, quando tentaram me vincular a blogs anônimos. Fizeram isso também com o Rigon, que a exemplo desse modesdo blogueiro também mostra a cara, não se esconde em biombos para trazer a lume fatos que muitos gostariam de esconder. Por favor, não usem a régua da covardia para medir meu caráter.Isso eu não aceito mesmo.

Vírus me tiraram do ar

Estou novamente sem computador. Dessa vez foram tres vírus diabólicos,que chegaram via jogos online operados pelo meu aborrecente Matheus. Estou postando agora de um noboock de um amigo. Segunda-feira volto ao ritmo normal, para satisfação (ou desprazer) dos leitores.

14 de janeiro de 2010

Desistir? Nem pensar


Preocupados com o própiro umbigo, alguns deputados do PMDB tentam debandar para a candidatura Richa, temerosos de se prejudicarem se tiverem o vice-governador Orlando Pessuti como cabeça de chapa no PMDB. Mas Pessutão não desiste, acha que seus índices irão subir e avisa que pode tirar o cavalo da chuva quem conta com sua desistência.

Ecologicamente correta. Mas só isso


Marina Silva é a vice dos sonhos do PSDB. O tucanato sonha com a senadora do Acre na vice de Serra, porque avalia que esta chapa significaria um adeus definitivo a Dilma. Fernando Gabeira trabalha por isso, mas alguns "verdes" abominam a idéia. Preferem continuar com a afinidade que têm com o PT, embora considere o tucano uma ave ecologicamente correta.

Hélio Fernandes sobre o Haiti

"No Haiti, “existem dois Haitis”. O de cima e o de baixo. Os de baixo, realmente muito pobres, não tendo o que comer, derrubaram todas as árvores, que transformavam em alimento e em utensílios diversos para a sobrevivência. (Sobrevivência?)

Na parte de cima os ricos, que junto com outros povos, exploram a população negra, que mora em baixo. Esses ricos têm casas, dão festas monumentais, não se incomodam com as centenas de milhares que moram na parte de baixo. Todas as propriedades pertencem aos ricos.

Os pobres da parte de baixo, (maldosamente chamados de parte Sul, a rica é a parte Norte) são descendentes de africanos como essas ilhas do Caribe.

Numa das vezes em que fui a Cuba, (sem vôo direto), parei no Haiti (outra vez na Jamaica) fiz questão de visitar as duas partes. Nossa Senhora, que devastação.

Esse terremoto de agora não atingiu a parte rica, (a de cima) os pobres (a de baixo) perderam tudo. Quer dizer, é exagero “perderam tudo”, não tinham nada. Os jornalões sabem de muita coisa, não podem informar para não contrariar o “sistema”. (Que FHC chama de Establisment".

13 de janeiro de 2010

Dona Zilda morreu na bênção

“Minha irmã morreu na causa em que sempre acreditou. Ela morreu de uma maneira muito bonita", estas palavras foram ditas hoje cedo pelo arcebispo emérito de São Paulo, Dom Paulo Evaristo Arns. São reveladoras da grandesa desse líder religioso, que durante muitos anos esteve na vanguarda da luta da irgreja progressista contra as injustiças sociais no Brasil.
Dona Zilda, que tive a honra de entrevistar em uma de suas várias visitas a Maringá tinha uma paixão verdadeira pela causa dos fracos e oprimidos, que ela defendia com determinação espartana. Era sem dúvida uma grande mulher, um ser humano da melhor qualidade. Como dizem os evangélicos, embora dona Zilda fosse católica ferovrosa, "ela morreu na bênção".

Lojista preocupado

Encontro um lojista na fila do banco e ele me faz uma pergunta que não sabia responder. "Quando vai começar as obras de revitalização da Brasil?", indaga, demonstrando grande preocupação com o a canaleta de ônibus e o fim das espinhas de peixe:"Se fizerem isso vão matar o comércio de rua. Acho que o negócio da administração municipal é matar os pequenos lojistas e fortalecer os shoppings".

12 de janeiro de 2010

Enfim, o segundo

Pasei hoje pala rua José de Alencar, onde finalmente terminaram o viaduto que era para estar pronto em janeiro de 2008. Bem, o que são dois anos de atraso? Nada, não é mesmo?
O projeto original de rebaixamento da linha previa 7 viadutos . Só faltam 5.

11 de janeiro de 2010

Lukas preocupado

"Nem ia colocar isso no blog pçorque é uma coisa muito pessoal, mas...
Cheguei do médico agora. Fui levar a tomografia da face e fiz uma laringoscopia. Vou ter que passar por uma cirurgia para extrair secreção provocada pela sinusite, que t[a brabíssima.
Mas isso vai ser fichinha comparado com o resultado preliminar do exame que fiz hoje: tenho um tumor na base da língua.
À tarde vou fazer uma tomo do pescoço pra saber se é maligno ou não.
O resultado sai na quinta-feira. De qualquer forma o médico disse que vai ter que operar. Tomara que não seja coisa ruim. Tô com medo".

. Do blog do cartunista Lukas, do O Diário.

Força meu caro Lukas, não se esqueça que você é antes de tudo um bravo.Eu e metade de Maringá estamos torcendo por você. As pessoas de fé torcem e oram, as de pouca fé torcem, fazem figa e tomam um gole em sua homenagem, porque ninguém é de ferro. Vai dar tudo certo, você verá quinta-feira que tudo não passou de um grande susto.

10 de janeiro de 2010

Dono do Vox Populi diz que disputa será plebiscitária


” … e ele armou o plebiscito. O confronto dos ‘gerentes’ Dilma e Serra significa de fato Lula vs FHC”.

“Se Lula pudesse escolher seu Papai Noel … não faria lista mais completa do que aquela que ganhou.”

“Se, de um lado, estava Serra, ministro por oito anos de Fernando Henrique e seu adversário em 2002, do outro estaria alguém que representasse seus oito anos e que o defenderia do inimigo.”

“A verdadeira escolha dos eleitores seria entre FHC e Lula, pois Serra seria apresentado como … um antigo auxiliar do ex-presidente.”

“O fato é que ele montou essa estratégia (do plebiscito) e escalou a ministra para encarnar um dos polos que estariam em julgamento pelos eleitores: ele mesmo e seu governo.”

Um segundo presente de Natal de Lula foi o “mensalão” do DEM, o maior aliado de Srerra.

Assim, conclui Coimbra: “… se as coisas acentecerem dentro do que espera, 2010 tem tudo para ser um bom ano para Lula”.

. Trecho do artigo de Marcos Coimbra, dono do Instituto de Pesquisas Vox Populi,publicado na edição da revista Carta Capital, nas bancas a partir de hoje

9 de janeiro de 2010

Pra não dizer que não falei da Satiagraha

"Ao povo brasileiro, aos internautas, em especial aos eleitores: A cada dia que passa, nossa sensação de impunidade aumenta ante os casos de corrupção que a todo momento são noticiados. Com pagamentos de propinas ou benesses, consumidas por uma minoria de gestores que está no poder da nossa administração pública como Presidentes da República, Governadores de Estados ou Prefeitos dos Municípios que protagonizam novos escândalos a cada dia".

. De Protógenes Queiroz, o delegado da Polícia Federal que botou a mão no banqueiro Daniel Dantas. Por causa do seu desempenho na Operação Satiagraha ele foi afastado da PF e o juiz De Santi, que deu sentenças pela prisão do banqueiro e alguns aceclas, tem sido desautorizado frequentemente por instâncias superiores do judiciário. Esse é o Brazil, não o Brasil.

Rouba, mas faz. Mas rouba, uai!!!

Pode acreditar, já há em Brasília um movimento da elite candanga, aí incluindo políticos de nome nacional, que defende a continuidade de Arruda no governo. Dizem que cassar o mandato dele pode criar um clima de instabilidade, não só no Distrito Federla, mas no país. E tem deputados federais lembrando que apesar de tudo, Arruda faz. E dessa forma, a tese do rouba mas faz, que se eternizou com Adhemar de Barros, está de volta com muita força. Já pensou se a moda pega? Eu ehim, Mafaldo!!!

Ele, claro, é a opção segura

"A opção do partido no estado fica entre duas vertentes que proporcionam desdobramentos distintos e já conhecidos. Uma candidatura pressupõe disputa acirrada, outra praticamente de risco zero, em função da aglutinação inevitável que fortalecerá a candidatura de Serra à Presidência da República. Defendo minhas opiniões com franqueza, mas terei a humildade necessária para acatar a determinação partidária. E não poderia ser diferente".

. Quem escreve isso, como dá pra perceber é o senador Álvaro Dias, que está convencido de que será o governador do Paraná se candidato for. O pior é que ele tem razão. Voará em céu de brigadeiro, sem Beto e sem Osmar na parada.

8 de janeiro de 2010

Óleo de peroba nele!


Viram só o Arruda (governador do Distrito Federal) dizer que perdoa os que o criticam pela "propinoduto candango"?. Vá ser cara de pau assim na Ilha de Nauru!
Aliás, acho que se alguém tiver a idéia de montar uma fábrica de óleo de peroba na capital federal se racha de ganhar dinheiro. Até porque, vai ter gente do Brasil inteiro, inclusive da nossa Maringá, importando o produto.

Pra mais de 50%?

Se os vazios urbanos de Maringá hoje chegam a 42%, embora na maquialegem feita pela "Administração Cidadã" é de apenas 4.6%, para quanto não vai quando o perímetro urbano for ampliado? A mutilação do PD já foi sacramentada pelo Amém F.C. (bancada majoritária na Câmara Municipal). As loteadoras ainda não entraram em ação, mas isso não deve demorar.

Superloteamento

Um passarinho andou contando pela cidade que há uma área de mais de 50 alqueires alí na saída de Maringá para Mandaguaçu que ainda é rural mas vai virar urbana já já. Isso graças ao projeto de mutilação do Plano Diretor, aprovado nas barbas de Papai Noel pela Câmara Municipal.

Boris de vassoura na mão?


A Fenascon (Federação Nacional dos Trabalhadores em Serviço, Asseio e Conservação, Limpeza Urbana, Ambiental e Áreas Verdes) está processndo o apresentador Bóris Casoy e a Band. No Jornal da Band do dia 31 de dezembro, sem saber que ainda estava no ar, o jornalista diz: "Que merda. Dois lixeiros desejando felicidades do alto da suas vassouras. O mais baixo na escala do trabalho". O apresentador se desculpou no dia seguinte, mas para Moacyr Pereira, presidente da Fenascon, o jornalista deve se retratar na Justiça. "O pedido de desculpa foi meramente formal, por isso não aceitamos. Ele foi preconceituoso e até seria interessante que Bóris Casoy fosse condenado a trabalhar algumas horas como gari, para que ele sinta a importância da função."

Corrigindo

Recebo do petista Eudes Januário a seguinte correção:

"Alguns blogs de Maringá dão notícias de que os cinemas da cidade boicotarão o filme do Lula, que ele não será exibido.
Mas, para esclarecimento, Lula, o Filho do Brasil está em cartaz diariamente no Shopping Cidade, sala 01, às 14h - 16h30 - 19h e 21h30. Programação disponível até dia 07/01.
Repassem a informação aos companheiros, amigos e familiares.
E Fica o Convite: Vamos prestigiar o longa-metragem que conta a emocionante trajetória de vida do nosso Presidente e prestigiar o cinema nacional".

A quem interessar possa



Do ministro da Justiça, Tarso Genro, sobre a necessidade do país tirar do armário os esqueletos da ditarua, que ainda atormentam a sociedade brasileira:

"Não se trata de uma prestação de contas das Forças Armadas. Os torturadores são indivíduos que montaram aparatos paralelos e a grande maioria deles era civil. É bom lembrar também para quem os defende que a primeira pessoa que desmontou um aparelho paralelo foi o general Ernesto Geisel ao extinguir a Operação Bandeirantes. Se o chefe de um regime autoritário teve a coragem de fazer, como é que os civis da democracia não têm coragem de prosseguir esse trabalho?"

Teu passado te condena



Olha só o que o blog Cloaca News foi buscar no passado: uma reportagem da falecida revista O Cruzeiro (9/11/1968). A matéria lista os nomes dos principais integrantes do CCC - Comando de Caça aos Comunistas. Boris Casoy está na matéria, onde é identificado como estudante de Direito e lucutor da Rádio El Dorado.Diz o texto que ele conclamou os alunos do Instituto Makenzie a tomar a USP, "de cuja invasão participou". Andava armado, segundo a reportagem de Pedro Medeiros.

Água de côco, mas com o circunflexo no último o


"Raska Rodrigues, que também pode ser chamado de Lindslay, seu nome de batismo, declarou à radio CBN que está “medindo o cocô das praias paranaenses”.

. Do blog do Fábio Campana

Pra quem não sabe, Raska é secretário do Meio Ambiente, e pela habilidade demonstrada nas praias, faz qualquer negócio desde que consiga atrair uma câmera ou uma máquina fotográfica. É o contrário do Paulino Mexia, seu subordinado em Maringá, que até pode medir cocô, mas faz tudo embaixo dum quieto.

A batata está assando...



Eis a cópia do edital da Câmara, que começa semana que vem a ouvir testemunhas no processo de cassação do prefeit de Sarandi, Miltom Martini (PP). Dia 21 o prefeito deverá comparecer na qualidade de depoente perante a Comissão Processante. Quem conhece o caso e já viu as provas, garante que o prefeito só escapa se os vereadores deixarem de cumprir o seu papel.

7 de janeiro de 2010

Na garagem

Uma dupla maringaense vai estar por esses dias na garagem do Faustão. Os meninos são bons, afinadíssimos e um repertório que o público jovem, que adora este sertanejo das paradas, aprecia. Nome da dupla: Elton e Thiago. Um deles é filho do meu ex-colega de trabalho na tv Cultura, Valdecir Pazzini.

Coisas da "administração cidadã"


"Essas fotos foram feitas no P.A Zona Norte e Pronto Atendimento à Criança localizado no Jardim Alvorada. Inaugurado em maio de 2008 contou com um show musical e queima de fogos de artifício.

Pouco mais de um ano e meio após a inauguração as fotos mostram rachaduras nas paredes e no teto".

. Do blog do Paulo Vidigal

5 de janeiro de 2010

Batata assando

O prefeito Milton Martini, de Sarandi, anda todo solícito, atendendo bem as pessoas e a imprensa em seu gabinete, após o susto do afastamento que lhe foi imposto pela justiça. Mas um vereador de oposição manda avisar que a batata dele tá assando. Diz que dificilmente o prefeito escapará da cassação pelo Legislativo. Informa o blogueiro sarandiense Rogério Rodrigues:"A Comissão Processante da Câmara que está investigando denúncias e julgará a possível cassação do até então Prefeito Milton Martini, ouvirá o depoimento das testemunhas entre os dias 11 e 20 de janeiro de 2010 no plenário da Câmara Municipal de Sarandi".

Promessas, promessas...

"O ano novo começou e nada do prefeito cumprir a palavra que deu para a população de que em 2009 construiria o asfalto no Jardim Catedral e o Centro Esportivo no Conjunto Ney Baga. O pior é que ele esteve nestes dois locais e fez a promessa cara a cara com o povo. E coitado do povo acreditou. Como promessa é dívida, o Blog continuará fazendo o seu papel de cobrar “Sua Excelência” da palavra empenhada. É a única arma que nos resta".

. Blog do Lauro Barbosa

PS: Por falar em compromisso não cumprido, alguém viu o cartão saúde por aí?

Nada como um Dias atrás do outro com uma noite no meio...

"Álvaro e Osmar, tal qual uma afinada dupla, passaram a entoar o mesmo canto pelo interior: Beto Richa não deve deixar a prefeitura de Curitiba. É importante que fique e cumpra seu mandato até o fim, trinam os dois, com uma afinação digna de Tião Carreiro e Pardinho.

O refrão já vinha sendo o mote de Alvaro em inúmeros encontros políticos pelo interior. Agora Osmar entrou na mesma toada, como uma espécie de segunda voz. Beto, diz Osmar, “foi eleito para cumprir o seu mandato”.

. Do Hora H News

PS: Na verdade, Álvaro joga com a desistência de Beto , não para fortalecer o irmão Osmar mas para ser ele mesmo o candidato. Se conseguir o intento, será governador, pela simpels razão que neste caso Beto Richa estará fora da disputa, Osmar também e ele, Álvaro, voaria em céu de brigadeiro.

Alguém paga?

O governador Requião deve mandar para a Assembléia Legislativa o projeto do novo salário mínimo regional, que vai dos atuais R$ 605,00 pra R$ 710,00. A pergunta que fica é a eguinte: algum empresário paranaense paga o mínimo regional? A quase totalidade usa como parâmetro o mínimo nacional, que é bem inferior. Portanto, os R$ 710,00 fica meio que parecendo miragem.

E precisa?

"A ciclovia em implantação no canteiro central da Avenida Mandacaru será estendida às avenidas Brasil e Alziro Zarur, num percurso de mais 2,5 quilômetros.
O prolongamento até a Avenida Brasil será feito pela Avenida 19 de Dezembro, a partir da Avenida Colombo até a Praça Sete de Setembro, numa extensão de 700 metros".

. Da Asserssoria de Imprensa da Prefeitura de Maringá

PS: Fico pensando se a cidade precisa mesmo de ciclovia, considerando que não temos aqui mais tantas bicicletas assim. Basta ver o movimento das ciclovias da Pedro Taques e da Mandacaru. Viraram mais pistas nde caminhada do que qualquer outra coisa. O problema maior do trânsito de Maringá não são as bicicletas,mas as motos. A menos que a cidade volta a cultuar a "magrela", ciclovia aqui tornou-se um negócio demodê.

Heloísa não é Rosa, mas prepare seu coração!


Recomeça nesta quinta-feira a proprganda eleitoral gratuita dos partidos no rádio e na televisão. O primeiro programa , de 10 minutos, será do PSOL. A ex-senadora e atual vereadora de Maceió, Heloísa Helena, vem aí. E vem com a corda toda e a linguia mais afiada do que nunca. Heloísa é sem dúvida uma grande guerreira, mas não é uma intelectual orgânica e muito menos uma revolucionária marxista. Mas ainda há quem pense que Heloísa Helena é Rosa

4 de janeiro de 2010

Cara e coroa

Votei no Cara e vou votar na Coroa.
. Do leitor Antonio Gomes, na Carta Maior, elogiando o presidente Lula

E nas cidades?

Do deputado federal Alceni Guerra (DEM):

- Estradas engarrafadas! Se continuarmos emplacando 3 milhões de veículos por ano, onde vamos andar em 2020?

Pois é, nas estradas ainda será possível andar em 2020, principalmente se as concessionárias que ganham rios de dinheiro com os pedágios fizerem duplicações e se a União e os Estados melhorarem as condições das mesmas. E nas cidades? Não precisaremos esperar 2020 para ter o trânsito totalmente inviabilizado em São Paulo e outras capitais. Talevz nem Maringá precise de mais 10 anos. E o que fazer? É necessário que os especialistas em planejamento urbano parem e comecem a pensar com responsabilidade no assunto e não fazer como se faz em Maringá, onde só se pensa em destruir monumentos históricos , oxigenar a especulação imobiliária e avançar com o perímetro urbano sobre áres de contenção que deveriam segurar a marcha da destruição dos fundos de vale.
Não é preciso ser especialista para saber que o congestionamento das ruas precisa ser solucionado, não com o impedimento dos índices absurdos de licenciamento de veículos, mas com a valorização do transporte de massa que, sinceramente, não vai a lugar nenhum com monpólio e relacionamento nada transparente dos prestadores desse serviço com a administração pública.

Crônica do extermínio do futuro



A crítica do talentoso Kal, meu colega de trabalho na Revista Pois É, é de 1989 e tinha como alvo a Itaipu Binacional, com o seu lago gigantesco que inundou boa parte do Oeste-Sudoeste paranaense, em nome do progresso. Mas o cartum é atualíssimo, quando refletimos sobre a expansão do perímetro urbano de Maringá e o avanço da especulação imobiliária sobre as áreas de contenção. Tudo isso foi sacramentado pela "administração cidadã" naquela farsa que chamaram de audiência pública e na vergonhosa postura da maioria dos vereadores - o Amém F.C. - ao aprovar o projeto de extermínio do futuro da nossa Maringá, até pouco tempo, uma cidade ecologicamente correta.

A ira santa de um menestrel negro


Em entrevista publicada no jornal O Globo, o Ministro Joaquim Barbosa , do Supremo Tribunal Federal, disse, sem meias palavras:

“A impunidade no Brasil é planejada, é deliberada. As instituições concebidas para combatê-las são organizadas de forma que elas sejam impotentes, incapazes na prática de ter uma ação eficaz.”

“ … o Poder Judiciário tem uma parcela grande de responsabilidade pelo aumento das práticas de corrupção …”

“A generalizada sensação de impunidade … é reforçada pela atuação do Pode Judiciário, das suas práticas arcaicas, das suas INTERPRETAÇÕES LENIENTES (ÊNFASE MINHA – PHA) … Para ser minimamente eficaz, o Poder Judiciário brasileiro precisaria se reinventado.”

“Temos um problema cultural sério: a passividade com que a sociedade assiste a práticas chocantes de corrupção … tudo isso vem confortar a situação dos corruptos…”

“Elas (a sociedade) deviam externar a sua indignação”.

“Ela (a elite) deveria abandonar a clivagem ideológica e partidária que guia as suas manifestações (contra a corrupção)”.

Reportagem completa: www.paulohenriqueamorim.com.br

Cloaca News sobre Boris


"Dedicado servidor da ditadura militar e prócer do CCC - Comando de Caça aos Comunistas - nos anos 60 e 70, o jornalista Boris Casoy acaba de confirmar, via satélite, sua verdadeira e odiosa índole.
Na última noite de 2009, ao apresentar as manchetes do Jornal da Band, ele escarneceu dos garis que haviam acabado de desejar um Feliz 2010 aos brasileiros".
. Do blog Cloaca News (link ao lado)

Essas tais emendas!!!

" O Ministério do Turismo desbancou as pastas da Saúde, da Educação e de Cidades e assumiu o topo no ranking no Orçamento da União, com R$ 1,7 bilhão em emendas parlamentares. O ministério tem uma verba para financiar eventos, como shows, que sai sem licitação e em até dois meses após autorizado o pagamento da emenda. A Controladoria Geral da União diz que intensificará a fiscalização".

. Do Blog do Panunzio

. Sempre achei que essas tais emendas parlamentares é uma das grandes distorções da aividade legislativa. É o grande oxigênio do fisiologismo, pois coloca o deputado como despachante de luxo dos prefeitos, com o agravante de que muitos dos parlamentares que fazem a "boa ação" de entregar verbas federais a prefeitos amigos, não conseguem esconder seus reais interesses ao repassar a grana. Convenhamos que verbas federais deveriam ir para as prefeituras automaticamente, como um direito legítimo do município ao bolo tributário nacional.
Se não houvesse a emenda parlamentar e a possibilidade do deputado intermediar até ambulâncias, muitos que estão aí desnonrando a atividade política, já teriam sido banidos da vida pública.

Torturadores não serão perdoados...

" Tortura é crime imprescritível e quem o pratica, mesmo em nome do estado, o faz contra a pessoa humana, contra a humanidade, por consequência, a qualquer tempo pode ser punido. Aliás, o Brasil à época da ditadura já o era signatário da Convenção Internacional de Direitos Humanos".
. O comentário é do advogado e agora deputado estadual Wilson Quinteiro, que aliás é advogado de ex-presos políticos em várias ações de reparação de danos.

Vão trabalhar mais, de ôlho nos votos

Ouvi na Rádio CBN o deputado federal Ricado Barros dizer que em 2010 o Congresso Nacional terá uma boa produtividade. por ser ano eleitoral e, sabe como é :"Em ano eleitoral os parlamentares se desdobram, pois querem mostrar serviço a suas bases". Então tá.

Aleluia! Jornal descobre que filme não é palanque

"A Veja acha que todo brasileiro é que nem o leitor médio dela: tem medo que o filme do Lula "hipnotize" as pessoas dentro do cinema. Vão todas sair de lá programadas, com um chip de computador secreto implantado no couro cabeludo, para votar na ministra Dilma em 2010. Simples assim.

O Cesinha acha que o leitor/ouvinte/telespectador de hoje é igualzinho às virgens castas dos anos 60, que vai sair do cinema direto para o altar onde guarda secretamente um bonequinho do Lula, ao qual dedicará uma oração.

Todo mundo, enfim, subestima o público e o eleitor.

O Correio Braziliense foi ao cinema e descobriu... que o filme do Lula não ganha votos.

Filme que não muda os votos"

. Do blog do Carlos Azenha

Cinemas, inclusive de Maringá, estariam censurando este filme



"Todas as salas do Brasil que pertencem ao Cine Araújo não vão exibir Lula. Considero lamentável essa censura prévia e as reclamações se amontoam pelos veículos virtuais de comunicação. Do twitter, por exemplo, transcrevo a conversa entre o ministro Paulo Bernardo e a Helena, do blog amigos do presidente Lula. O diálogo foi enviado pelo Rogério, petista de Maringá.

Helena do blog Os Amigos do Presidente Lula pergunta:

@Paulo_Bernardo Bom dia Ministro! 2mil emails no blog denunciam o cine Araujo em Maringá e Londrina. Eles n vão exibir Lula:o filho do Brasil

O Ministro responde:

@heleninhasth Bom dia, Helena. Não estou sabendo. Mas acho que vão deixar de ganhar dinheiro com essa atitude".

. Do blog do Flores

3 de janeiro de 2010

Proteção de fundos de vale, a gente vê por aquí



A cena,também registrada pelo blog do Rigon é comum na Maringá da "administração cidadã" que, como se não bastasse o descaso com os fundos de vale, agora vai avançar sobre as áreas de contenção, graças à mutilação do Plando Diretor, aprovado às vésperas do Natal pela Câmara. A mesma Câmara que economizou dinheiro do contribuinte este ano , é bem verdade, mas que por outro lado, mandou às favas a política de ocupação do solo urbano, determinada pela própria população, após um ano de discussão em mais de 100 assembléias populares entre 2003 e 2004.

Cuidado com a cidade, a gente vê por aquí



Chega a ser comovente a maneira dedicada como a "administração cidadã" cuida da limpeza de Maringá. Esta rua, segundo o Blog do Rgon é a Sâo Francisco, fica na periferia e não é objeto de observação da mídia e nem dos vereadores. Mantê-la limpa, não tem apelo publicitário, e nem renderia votos.

Tramam o golpe?

"Lula deve sepultar a Lei da Anistia que foi um dos capítulos sinistros da conciliação “por cima”, como dizia o Raymundo Faoro.

Gesto que seu antecessor não teve coragem para tomar.

A Globo está no Golpe: trabalha, como Jobim, para fomentar uma “crise” que tire os militares dos quartéis e destitua o presidente Lula com o aval do Supremo Presidente do Supremo".


.Paulo Henrique Amorim (Conversa Afiada)

PS: Dia desses postei aqui uma nota sobre o golpe que a direita arma no Paraguai para derrubar o presidente Lugo. É de assustar, porque o golpismo parece um vírus que quando começa a atacar, ganha dimensões continentais.

2 de janeiro de 2010

Guia prático do Josias

1. Democracia: É um regime que oferece ao eleitor liberdade ampla e irrestrita para exercitar a sua capacidade de fazer besteiras por conta própria.
2. Eleição: É uma loteria sem prêmio em que o eleitor é condenado a optar entre o lamentável e o muito pior.
3. Voto: É um equívoco que se renova de quatro em quatro anos.
4. Candidato: É um pretensioso que faz merchandising do próprio umbigo.
5. Campanha eleitoral: É o período em que um grupo de loucos invade a sua TV para informar que dispõe de credenciais para administrar o hospício.
6. Alianças partidárias: São conchavos que unem agremiações formadas de dois tipos de políticos: os culpados inocentes e os inocentes culpados.
7. PT: É um partido que deixou a ideologia para cair na vida.
8. PSDB: é a mesma esculhambação, só que com doutorado na USP.
9. PMDB: é uma organização partidária com fins lucrativos, 100% feita de déficit público.
10. DEM: É a ex-Arena, o ex-PDS e o ex-PFL que, de nome novo, converteu-se num projeto político que saiu pelo ladrão.

. Por Josias de Souza, articulista da Folha de São Paulo e blogueiro (um dos mais acessados do país)

Eles tem saudade da "ditabranda"



Com saudade da "ditabranda" os jornalões (Estadão, Folha de São Paulo, o Glob, etc) tentam fabricar uma crise militar no país devido a disposição do governo de não deixar o dito pelo não dito no caso das torturas ocorridas durante o tempo em que durou o golpe de 64. Mantendo esse esqueleto no armário, o país vai continuar vivendo sob a sombra desse fantasma. Ou se exorciza de vez aquele período de trevas ou não teremos paz política. Fernando Henrique tentou , tanto que foi ele quem criou o Programa Nacional de Direitos Humanos. Mas faltou-lhe coragem para prosseguir. A um simples pigarrear de um general de pijama, ele tremia na base e era imediatamente orientado a passar uma borracha, sabem por quem? Pelo mesmo Nelson Jobim, que a época era Ministro da Justiça e hoje, Ministro da Defesa.


O argumento de alguns militares é de que a anistia foi ampla,geral e irrestrita. Logo, beneficiou também os torturadores. Há quem sustente a tese de que aquele período foi de guerra, houve confronto e a esquerda também matou e torturou. Ora, os que estavam do lado de fora do balcão, apenas sonhando com um país livre e uma sociedade solidária, tinham como arma apenas a consciência crítica e a palavra. Que ferimento ou crime teria provocado, por exemplo, Vladimir Herzog? E o deputado Rubens Paiva, que desapareceu e ninguém nunca mais soube, sequer dos restos mortais? Que mal fisico teriam feito aos militares amigos nossos aqui da região que foram presos e muitos torturados com ferocidade, como ocorreu por exemplo com o Cândido, um intelectual que hoje vaga pelas ruas de Maringá falando coisas desconexas?
Dá pra passar uma borracha em tudo isso? Seria o mesmo que exigir perdão para o general Pinochet, que torturou e matou o ídolo dos chilenos Victor Hara. Ou pretender que as mães da Praça de Maio de Buenos Aires, passassem a homenagear figuras como os generais Rafael Videla e Leopoldo Galtieri. Ou que, vejam só, os judeus que foram vítimas do holocausto, perdoassem Hitler, pois afinal aquela ignomínia fora fruto de uma guerra.
Pelo amor de Deus, esta postura dos jornalões, de setores da elite brasileira e pasmem, de um ministro do governo Lula, é inaceitável, seja qual for o ponto de vista de onde parta a avaliação equivocada dessa gente. Vá de retro satanás!

Boris se desculpa

"Ontem, durante o intervalo do 'Jornal da Band', em um vazamento de áudio, eu disse uma frase infeliz, que ofendeu os garis. Por isso, quero pedir profundas desculpas aos garis e aos telespectadores do 'Jornal da Band'."

PS: Então tá, os garis do Brasil , com a humildade e a grandeza que possuem, vão desculpar Boris, certamente.Mas preconceito não se apaga assim de maneira tão simples. O que está no subsconsciente do apresentador e ele deixou escapar em rede nacional, é cristalino. Não tem mais e nem porque, Boris Casoy foi apenas sincero com relação ao que pensa dos garis. Sua infelicidade foi desconhecer o fato de que na mesa de corte do jornal, podia estar um operador de áudio descuidado, ou quem sabe, indignado com o desdém.

Blogs ganham força

Cláudio Osti constata em seu blog Paçoca com Cebola que " este foi o ano de consolidação de uma nova mídia em Londrina e em várias cidades do norte do Paraná, os blogs.
Em Londrina, até por que a cidade dispõe de uma imprensa forte, os blogs começaram a aparecer aos poucos, até timidamente.

Tudo em aberto no Paraná

Pesquisa Datafolha divulgada anteontem mostra que a disputa pelo governo do Paraná está em aberto. Beto Richa lidera, seguido de Osmar Dias, mas o dado importante é o percentuald e indecisos - chega a 66%. Significa dizer que a polarização de hoje pode não ser a polarização de amanhã e que ninguém pode desconsiderar a candidatura do atual vice-governador Orlando Pessuti. Vendo os percentuais de 41 para Beto e 38 para Osmar e este índice de indecisos, Pessutão esquece que o DataFolha lhe atribuiu apenas 4% das intenções de votos e vai a luta.

1 de janeiro de 2010

Pelo resgate da verdadeira justiça


O delegado Protógenes comandou a Operação Satiagraha e conseguiu elementos para o juiz De Santis colocar o banqueiro Daniel Dantas na cadeia. Mas Protógenes foi punido, sendo afastado das suas atividades na Polícia Federal. O juiz De Santis teve cassados os efeitos das suas sentenças por um ministro do STJ, além de estar sempre sob bombardeio de ministros do Supremo, Gilmar Mendes à frente. Surge agora uma campanha nacional pelo resgate da justiça, pela reparação das injustiças perpetradas contra o delegado e o juiz.

Isto é uma vergooooonha!


"Que merda, dois lixeiros desejando felicidades,dois lixeiros, do alto das suas vassouras, os mais baixos da escala de trabalho". As palavras são de Boris Casouy, ditas quando entrou no ar a vinheta de passagem do Jornal da Band. Ele não estava mais no ar, mas suas palavras vazaram e o vídeo está sendo reproduzido por todo o país. Hoje saiu na página do UOL.
O apresentador de telejornal, que é cheio de cagar regras e que vive fingindo indignação diante da corrupção e do preconceito, deu a mais pura e acabada demonstração de quão preconceituoso ele é. Isto é uma vergonha, seu Borys!!!

Adeus, Macedão!



Este era, verdadeiramente, um grande líder religioso. Quando chegou a Maringá em 1981 para dirigir a igreja da Fernão Dias, tornou-se amigo de meus pais, que moravam no pátio da Casa Vila Real, hoje ocupado pelo prédio do Atacadão.Pastor Macedo era uma figura extraodriordinária,um excelente orientador, um ótimo conselheiro espiritual , um amigo. Quando meu pai faleceu há cerca de 5 anos, pastor Macedo fez uma oração emocionande, antes do caixão deixar a capela do Prever, que me levou às lágrimas.Ficamos amigos quando ele enfrentou uma situação muito difícil com um filho que havia sido preso nos Estados Unidos, sob acusação, se não me engano, de abusar sexualmente de um menor. A imprensa nacional deu destaque ao caso e alguns repórteres chegaram a acuar o forte , mas então fragilizado Macedo, em busca de declarações que ele não queria, não devia e nem podia dar. Eu era então presidente da seccional/Maringá do Sindicato dos Jornalistas do Norte do Paraná e cheguei a me irritar com alguns colegas diante do "massacre" que tentavam fazer com o pobre homem. Ele insistia que seu filho era inocente, como parece que ficou provado depois que era mesmo.
Homem determinado e de personalidade forte, "Macedão" como o chamava Requião, foi ocicial do Exército no regimento que o hoje governador do Paraná serviu. Toda vez que se encontravam , Requião o cumprimentava com muito respeito e ouvia calado as riprimentas do ex-comandante. Um dia, pastor Macedo me confidenciou:"Quando o Requião se elegeu governador pela primeira vez, estive no Palácio e a ele só fiz um pedido: que governasse com honestidade e com a mesma preocupação social que ele deomonstrava na juventude. Acho que ele me ouviu".
Pastor Macedo recebeu o título de Cidadão Benemérito do Paraná, em sessão da Assembléia Legislativa realizada em Maringá no dia 22 de março de 1992. Mais tarde, a Câmara Municipal outorgaria a ele o título de ciadão honorário da cidade.


Os fiéis da Assembléia de Deus estão certamente muito tristes com a morte do pastor Macedo, mas reconfortados ante a certeza de que ele está , merecidamente, no lugar que sempre buscou para quando partisse desse mundo: o paraíso. Que Deus o tenha, grande Macedo!

. Foto blog do Rigon