30 de setembro de 2010

Beto prova do próprio veneno

O TRE acaba de proibir a coligação de Beto Richa de divulgar a pesquisa do instituto Radar, que veio à tona pelas ondas das rádios CBN de Cascavel e Foz do Iguaçu.
Só um detalhe: a rádio CBN de Cascavel, informa Esmael Morais , é de propriedade de um dos coordenadores da campanha de Beto.
Depois de impugnar as pesquisas do Data Folha, Vox Populi e Ibope, que são institutos nacionais, Beto se valeu de pesquisa de um instituto que ninguém conhece. Como diria o Zé Simão: tucanaram o Lee Falk, criador do Mandrake e do Fantasma.

Um comentário:

Julio Neves disse...

Essa pesquisa do Radar é bem mais detalhada que o do DataFolha e Ibope. Boto fé nela...

DataFolha e Ibope dividem o Parana em Capital e Interior apenas. Essa do Radar divide em varias regioes...
Um detalhe é que no Radar o Beto tem 54% em Curitiba contra 31% do Osmar. Já no Datafolha o Beto aparecia com mais de 60% e o Osmar em torno de 20%.

DataFolha e Ibope só prestam pra pesquisa Nacional, Rio e SP.