5 de outubro de 2010

Agentes penitenciários desprotegidos

Agente enitenciário, ligado ao sindicato da categoria, manda-me email lembrando que o agente Adilson José Cossuoziski, morto a tiros na sexta-feira, teria recebido ameaças em razão do rigor nas revistas que fazia na Penitenciária Estadual de Piraquara (PEP), região metropolitana de Curitiba (RMC)". Por causa desse clima de insegurança, os profissionais que cuidam dos presídios querem ter o direito de andar armados.Segundo o presidente do Sindarspen, José Roberto Neves, Cossuo­ziski foi o terceiro agente morto na região de Curitiba neste ano".

Um comentário:

Luiz Gonzaga disse...

Infelizmente mais uma vez, um trabalhador de bem é assassinado por bandidos e enquanto isto o Ex Governador Roberto Requião não cumpriu a lei federal de Regulamentação do porte de arma para os Agentes no Paraná . A esperança é que a sensibilidade do atrual governador Pessutti, possa resolver este impasse. Não creio que seja o suficiente, mas com certeza é uma ferramenta de defesa pessoal e da família. meus pêsames a família do colega.