1 de outubro de 2010

Álvaro Dias sobre as impugnações de seu colega de partido Beto Richa


"Os Institutos estão em campo realizando as últimas pesquisas do primeiro turno.No Jornal Nacional e em outros veiculos de comunicaçao estarão sendo divulgadas no dia de amanhã. Um teste de eficiência para os pesquisadores que no domingo serão desmentidos ou confirmados pelas urnas. No Paraná infelizmente as pesquisas continuam impugnadas. Recursos serão ainda apreciados.A pergunta que nao pode deixar de ser feita.Por que só agora?Afinal até quinze dias atrás as pesquisas desses mesmos institutos eram divulgadas espetaculosamente. Por que a mudança? Se a metodologia adotada é a mesma para todo o país, por que a impugnaçao ocorre apenas no Paraná? Podemos até debater mudanças na legislação, mas o que ocorre hoje no nosso Estado é afronta à democracia, violência à liberdade de informaçao".

PS: Álvaro tinha o dever partidário de apoiar Beto, do seu partido e estava diante do dever familiar, de apoiar o irmão Osmar. O sangue falou mais alto, apesar de ser ele um dos maiores opositores de Lula/Dilma.

Um comentário:

Julio Neves disse...

Depois do que aconteceu com o Osmar nao duvido que o Alvaro mude de partido e até se torne lider do governo Dilma...