20 de outubro de 2010

A polêmica reunião secreta de FHC com investidorfes estrangeiros em Foz do Iguaçu

O blog redecastorphoto, de Laerte Braga, denunciou domingo à noite:

"(DESAFIO QUALQUER TUCANO OU ALIADO A DESMENTIR OS FATOS ABAIXO. A VENDA DO BRASIL, PELAS COSTAS DO POVO BRASILEIRO – TUCANOS SÃO CORRUPTOS E TRAIDORES)

Neste momento que escrevo, domingo, 21h31m, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso está falando, em inglês, para 150 investidores estrangeiros no Hotel das Cataratas, em Foz do Iguaçu.
O evento é fechado, a fala de FHC está se dando em um jantar e o assunto é a privatização da PETROBRAS, de ITAIPU e do BANCO DO BRASIL, além de outras “oportunidades” de negócios no Brasil.
FHC está assumindo com os empresários o compromisso de venda dessas empresas em nome de José FHC Serra".
A notícia, reproduzida por vários outros blogs provocou irritação em FHC, que disse tratar-se apenas de uma palestra para estudantes brasileiros. Ontem, o blogueiro Garon Piceli (Clickfoz) confirmou a reunião secreta com estrangeiros:

"Um blog pró-Dilma divulgou na noite de domingo (18) minutos depois do término do debate presidencial da Rede TV! e jornal Folha de S. Paulo, que o ex-presidente do Brasil, Fernando Henrique Cardoso, estaria em Foz do Iguaçu discursando para investidores estrangeiros no Hotel das Cataratas.
Segundo Laerte Braga do blog Brasil Mobilizado, o evento seria fechado e Fernando Henrique falou sobre a privatização de empresas brasileiras como também na oportunidade de investimentos no Brasil.

A postagem conta detalhes da reunião como falas de FHC: “se deixarmos passar a oportunidade agora jamais conseguiremos vender essas empresas”.

Semelhanças ou não o debate da Rede TV! foi pautado na privatização da Petrobrás e de empresas energéticas brasileiras. O candidato do PSDB fugiu alguns momentos das perguntas da candidata do PT.

Esta reportagem entrou em contato com o luxuoso Hotel das Cataratas que confirmou um evento com a participação do ex-presidente ontem, e disse ainda que a reunião foi fechada e contou com a participação de vários estrangeiros".

Nenhum comentário: