8 de novembro de 2010

Bernardo, o longevo



O jornal Gazeta do Povo, em matéria de André Gonçalves, informa:
"Ministro do Planejamento desde março de 2005, Paulo Bernardo afirma que a divisão de interesses e a autofagia prejudicam o Para­ná. Segundo ele, esse é o motivo por que o estado tenha sido re­­presentado apenas por 18 ministros na administração federal desde o século 19. Sobre a possibilidade de permanecer na Esplanada a partir de 2011, brincou: “Só Deus e a Dilma sabem”.

Bernardo é, desde 1853,o paranaense de maior longevidade na Esplanada dos Ministérios.

Nenhum comentário: