8 de novembro de 2010

Fusão do demo

Tá no blog do bem informado Cláudio (ex-bateu,levou) Humberto: DEM estuda fusão com o PMDB. Aleluia! Vamos ter novamente juntos, de braços dados e aos beijos e abraços, ninguém menos que Jorge Bornhausen, Gilberto Kassab, Agripino Maia, Quércia, Jader Barbalho, Sarney e César Maia. Todos, claro, estarão sob a batuta de michel Temmer.
Pobre Dilma! Pobre Brasil!

Um comentário:

JOSÉ ROBERTO BALESTRA disse...

Messias, a separação sempre foi temporária, fictícia, porque o "amor fraterno" entre eles é enooorme. Se podemos comer num prato só, então pra quê ter dois, sobretudo agora que "somos situação"?

Quanto a mim não resta nada mais, a não ser rogar ao meu santo protetor: - Valei-me meu São Serapião, protetor dos órfãos.