3 de novembro de 2010

O PMDB já coça o coldre


Eduardo Dutra ouve as "ponderações" de Temmer


O PMDB começou a mostrar suas garras já na formação da equipe de transição da presidente Dilma. Ontem à noite, levantou a camisa , sacou o revólver e coçou o coldre.O vice-presidente eleito (vice é eleito?) Michel Temmer, reunido com o presidente nacional do PT José Eduardo Dutra, definiu a posição que o partido pretende ter dentro do novo governo, que deve ser, ao seu juízo, de maior peso do que atualmente. Os presidentes do PT e do PMDB fecharam um acordo para que haja rodízio na presidência da Câmara Federal nos próximos 4 anos. Passado o período de festa, de comemorações, a presidente Dilma já sentiu o tamanho do problema político-partidário que o arco de alianças reserva para ela.

OBS: o título não é meu, é da revista Veja, em matéria sobre a pressão que o PMDB exerceu sobre o então presidente Sarney.

Nenhum comentário: