29 de dezembro de 2010

Austeridade elogiável , porém...

Tá no O Diário Online:" Câmara de Maringá economiza R$ 3,4 milhões em 2010". Os vereadores deverão devolver o dinheiro para a Prefeitura, como fizeram em 2009.
Enfim, uma administração austera, sem esbanjamento dos recusos públicos pelo nosso Poder Legislativo. Isso merece uma bateria de fogos de artifícios e efusivos cumprimentos ao presidente Mário Hossokawa. Mas tem um porém, como sempre há de ter. Faltou a Câmara cumprir o seu verdadeiro papel de, como poder independente, ser mais cuidadoso com os projetos oriundos do Executivo. Faltou maior preocupação com o futuro da cidade, no que diz respeito à expansão do perímetro urbano, com o consequente avanço da especulação imobiliária sobre áreas de proteção ambiental; faltou maior responsabilidade dos vereadores na avaliação do transporte coletivo, dando um cheque em branco para o município perpetuar sua generosidade para com a TCCC. Faltou enfim, a Câmara exercer com o rigor que a população merece, o seu verdadeiro papel fiscalizador e de legítima casa do povo.

Nenhum comentário: