2 de dezembro de 2010

Competência, a gente vê por aquí

Em 2009 o presidente Mário Hossokawa anunciou a devolução de R$ 3 milhões à "administração cidadã", dinheiro do duodécimo que o Legislativo economizou. Pois não é que até agora nenhuma destinação foi dada para essa grana? Aonde será que o vil metal se encontra? Estaria dormindo no cofre da Prefeitura? Estaria aplicado, rendendo um jurinho? Teria sido usado para outras coisas que não a saúde, conforme pedido dos vereadores?

Administração competente é outro papo. Lembra da verba de R$ 80 mil que o vereador Humberto Henrique conseguiu para o município implantar a famácia popular? Pois a farmácia só foi montada quase dois anos depois. E mesmo asssim num local de difícil acesso pela população que depende do transporte coletivo.

Nenhum comentário: