8 de dezembro de 2010

O ministério que ninguém quer

"O Ministério do Trabalho pode continuar nas mãos do PDT e até do atual ministro Carlos Lupi, em razão do mais absoluto desinteresse dos demais partidos e dos políticos, inclusive pedetistas, pelo cargo. Sem prestígio, sem recursos, sucateado e até ridicularizado no meio sindical, o Ministério do Trabalho é só uma caricatura daquele criado há 80 anos, em novembro de 1930, pelo então presidente Getúlio Vargas".

. Do blog de Cláudio Humberto


PS: infelizmente esta é a mais pura expressão da verdade, o que parece meio contraditório, se considerarmos que nunca o país empregou tanto. A prova do descaso ficou evidenciada na greve de 4 meses dos empregados do MT. Sucateada, a estrutura funcional desse ministério é dinossáurica. Pode acreditar: a paralização dos servidores não tinha como principal objetivo a recuperação de seus defasados salários, o que eles queriam mesmo, era melhores condições de trabalho que , com perdão do trocadilho, no Ministério do Tranalho são precaríssimas.

Nenhum comentário: