19 de dezembro de 2010

Para onde caminhará Quinteiro?

Só hoje consegui ouvir a entrevista do Wilson Quinteiro concedida à Rádio CBN no início da semana sobre a escolha dele para secretário de estado. Achei estranho que Quinteiro tenha se referido à Secretaria de Assuntos Comunitários como uma pasta nova. Não é, ela já existe desde o primeiro governo Requião e ainda hoje é ocupada pelo experiente Milton Buabci. O qaue deve acontecer com esta secretaria será sua mudança de perfil. Atualmente ela cuida, de maneira muito tímida, da inserção da sociedade nos programas sociais do gvoverno do Estado. Quinteio, pelo que deu a entender, pretende transformar essa pasta numa secretaria de integração do governo, fazendo dela um elo de ligação entre as demais secretarias, principalmente no interior.
Este seria, pelo menos teoricamente, o papel das Coordenações das Regiões Metropolitanas, que o governador pretende extinguir.
Vamos aguardar pra ver se a Secretaria de Assuntos Comunitários terá realmente papel importante no governo ou se continuará sendo uma secretaria menor, sem função definida e praticamente sem orçamento próprio.Se for este o caso, Quinteiro poderá estar enterrando alí sua carreira.Porém, se a coisa andar como ele pretende, tem tudo para alavancar sua candidatura a prefeito de Maringpa em 2012, ou, se achar melhor, pavimentar a estrada para uma eleição tranquila de deputado estadual, ou federal, em 2014.
Enfim, se Quinteiro for desses que consegue fazer de um limão, uma limonada, se dará bem.Senão...

4 comentários:

Sergio Bonato disse...

O problema do Quinteiro é que ele dá tiro para todo lado, e nesta pode atingir o proprio pé, esta mania de tudo pelo poder queimará Quinteiro, que será um politico que será esquecido.

Sergio Bonato disse...

O problema do Quinteiro é que ele dá tiro para todo lado, e nesta pode atingir o proprio pé, esta mania de tudo pelo poder queimará Quinteiro, que será um politico que será esquecido.

JOSÉ ROBERTO BALESTRA disse...

Das duas uma; ou Quinteiro é um sujeito muito, mas muito inteligente, estratégico ao extremo, ou é completamente surdo. Muita gente pensa e fala a mesma coisa dele, num verdadeiro uníssiono geral.

Sei não. Mas...

Anônimo disse...

pro lado do dim dim do richa e barros