17 de dezembro de 2010

A propósito de Maluf e cia, leitor escreve

Jeferson Damascena disse...
"Esse paradoxo não é um privilégio do Brasil.No mesmo mundo, temos um George Bush Jr, que "inventa" o argumento das armas de destruição em massa para destinar dinheiro para a indústria da guerra (empresas de segurança que contratam mercenários e que contam com um lobby de políticos) , invade um país e mata milhares de civis, está "solto" e ainda escreve um livro. De outro lado, Julian Assange (Wikileaks), que traz à tona informações (vazadas, não roubadas) dos escândalos das diplomacias do mundo todo, fica preso por "sexo consentido sem preservativo", pode?
È um mundo hipócrita, com valores (?) invertidos e desmoralizado .
Como dizia José Hernandez , poeta argentino, nascido em 1834, em “Marin Fierro”, “la ley es como un cuchillo que no hace daño a los que ejercen el” , ( a lei é uma faca que não fere quem a maneja.".


. Jerferson Damasceno

Nenhum comentário: