28 de janeiro de 2011

Pessutão e um prêmio de consolação e um " asta la vista "para Gedel

Deu no Cláudio Humberto:

"O vice Michel Temer aproveitou a reunião com a presidenta Dilma, nesta quarta, e pediu cargos de segundo escalão para acomodar dois amigos e aliados dele: o ex-ministro da Integração Geddel Vieira Lima e o ex-governador do Paraná Orlando Pessuti, que, a pedido de Temer, não disputou a reeleição para apoiar a candidatura de Osmar Dias (PDT). Dilma reagiu melhor a um eventual convite a Pessuti".

PS: e sabe por que a presidente não quer acomodar Gedel, no que faz muito bem? Ocorre que assim que ela assumiu a Casa Civil no lugar de Zé Dirceu, teve um entrevero com o baiano Gedel Vieira Lima, que era ministro e achou que podia tudo. Gedel tentou entrar porta a dentro do gabinete presidencial, querendo falar com o presidente Lula a todo custo,ignorando os rituais do poder e a hierarquia. Claro,foi barrado no baile, tendo que deixar o Palácio do Planaldo com o rabo entre as pernas.Alguém tem dúvida que este episódio pesou?

Nenhum comentário: