14 de janeiro de 2011

Quem és tu Garotinho? Mas,fala Garotinho!



"Numa hora dessas o mais importante é a solidariedade. Não é hora de fazer política. Mas também é uma indignidade usar de hipocrisia, como fazem os veículos das Organizações Globo.

A capa de O Globo mostra a demagogia numa hora dessas. Cobra das autoridades federais verbas para a prevenção de tragédias, para a contenção de encostas. Essa cobrança mereceria os meus aplausos se fosse pra valer.

Mas não dá pra esconder, que em outubro do ano passado, o governador Sérgio Cabral desviou R$ 24 milhões do FECAM (Fundo Estadual de Conservação do Meio Ambiente), para a contenção de encostas e obras de drenagem e deu para a Fundação Roberto Marinho".

. Do blog do Antony Garotinho


Meu comentário: o Brasil é mesmo o país das contradições. O Garotinho, que vive enrolado na justiça, tem esse ataque aí de indignação que,cá entre nós, se fosse sincero, seria ótimo.
Mas de qualquer forma, vale pela denúncia de mais esse absurdo que se comete no país com o dinheiro público. Dinheiro que, ao invés de servir para melhorar a vida do povo e prevenir catástrofes como esta do Rio e a que ocorre com a saúde pública em todo o país, vai parar em mãos privadas.
Infeliz e desgraçadamente, o caso em questão não é um caso, é o produto venenoso da cultura da safadagem institucionalizada. Como diz certo trecho da música "Meu País" , espécie de hino da campanha de Lula em 2002, "está faltando consciencia, está sobrando paciência, está faltando alguém gritar".

2 comentários:

PAULO ROBERTO DONADIO disse...

Caro Messias,
Acho que o Garotinho chupou esta indignação do blog do Nassif ou do PHA. Veja em:
http://www.conversaafiada.com.br/pig/2011/01/13/dinheiro-das-enchentes-foi-para-fundacao-roberto-marinho/

Grande abraço

Donadio

Marta Bellini disse...

Messias,

cap-tirei sua postagem...
abraços

Marta