4 de março de 2011

Ética, a gente vê por aquí


"A Rede Globo não aceita que seus interesses sejam contrariados, nunca aceitou. E isso não é só no esporte, é na política, na economia, na cultura nacional. Em conluio com a CBF (Confederação Brasileira de Futebol), ela acaba de destruir o Clube dos 13. Agindo nas sombras, sabe-se lá com quais metodos de “convencimento”, a Globo impediu que a “união dos grandes clubes brasileiros” pudesse democraticamente promover a concorrência e a livre negociação do seu maior produto, o Campeonato Brasileiro".

. Do blog do Rodrigo Viana

PS: é por isso que os grandes jogos do meio de semana, transmitidos ao vivo pela TV só começam depois da novela das 9. É por isso que a Band sempre transmite os mesmos jogos da Globo, porque a Globo não permite que lhe façam concorrência. É por isso que a gente fica sem entender porque muitas vezes, clássicos do futebol brasileiro só passam ao vivo na TV Cabo e na TV aberta (Globo/Band), só jogos de quinta categoria. É por isso que os paranaenses, por exemplo, são obrigados a engolir um Rio Branco x Arapongas enquanto rola um Corinthians x Santos, Palmeiras x São Paulo ou coisa que o valha. Entendam, pois, "caros amigos", porque os clubes brasileiros estão nessa draga, inclusive moral, e porque o futebol de qualidade deixou de existir no interior, em cidades como Maringá e Londrina.Não sou fã daquele cidadão que entorta a boca para ditar regras de comportamento,mas convenhamos: "Isso é uma vergonha!".

Nenhum comentário: