7 de março de 2011

Futilidade? A gente vê na TV do BBB

- De Luiz Fernando Veríssimo, sobre o BBB:
‘Dizem que em Roma, um dos maiores impérios que o mundo conheceu, teve seu fim marcado pela depravação dos valores morais do seu povo, principalmente pela banalização do sexo. O BBB é a pura e suprema banalização do sexo. Impossível assistir, ver este programa ao lado dos filhos. Gays, lésbicas, heteros… todos, na mesma casa, a casa dos “heróis”, como são chamados por Pedro Bial. Não tenho nada contra gays, acho que cada um faz da vida o que quer, mas sou contra safadeza ao vivo na TV, seja entre homossexuais ou heterosexuais. O BBB é a realidade em busca do IBOPE…’

. Pinçado do blog do Lauro Barbosa

2 comentários:

Angelo Rigon disse...

Veríssimo já desmentiu há cerca de um mês. Este texto não é dele.

Parreiras disse...

Obviedades são consagradas quando ditas por gente famosa.

O pipoqueiro da esquina da minha casa, o frentista Zecão, do posto onde abasteço, o Edson borracheiro, pensam a mesma coisa em relação ao BBB e nem por isso são citados ou desmentidos.
E o que mais me indigna é o fato duma merda dessa ser dirigido por um jornalista do quilate do Pedro Bial. Por uns reais a mais, Bial rasgou sua biografia.