31 de março de 2011

Haine, Haine!

Informa o advogado Alberto Abrão Vagner que o que a prefeitura tem é a posse provisória da rodoviária velha. E mesmo com a posse provisória, demoliu o prédio, que ainda estava sub judice, num claro desrespeito à justiça. Agora, insiste em doar a área para uma empresa privada construir um prédio, colocando como arma de sedução da Câmara, a destinação de espaço cultural no prédio comercial. E ainda vem o líder do prefeito Haine Macieira dizer que ás resistências ao projeto é só coisa da oposição, com motivação política e eleitoreira. Das duas uma: ou o Haine enlouqueceu ou esqueceu o bom senso trancado em alguma gaveta do seu subconsciente.

Um comentário:

Sergio disse...

O Alberto não ganha uma, já era esta ação.