31 de março de 2011

O dasabafo de um blogueiro

"Me perdoem os leitores pelo desabafo, mas Maringá – salvo raríssimas excessões – é uma cidade de gente sem sangue nos olhos, que deixa o barco correr, não cobra como deveria, de quem está à frente dos órgãos públicos, explicações condizentes e ‘à altura’ por tantas denúncias de irregularidades. Como exemplo a gente cita e aproveita para perguntar: Que providências foram tomadas com relação as descobertas do Observatório Social, que em seu último relatório, divulgado recentemente, apontou três ‘graves’ ocorrências, que no mínimo, mereceriam uma séria e profunda investigação? Como o caso da camionete Montana, com cerca de 31 mil quilômetros rodados, que conforme consta, teria consumido quase 8 mil reais em manutenção? Do Kit escolar, que teria sido adquirido sem a devida licitação e preço nas nuvens? Da centralização da frota municipal, que teria ocorrido por meio de um Decreto, sem o devido conhecimento da Câmara?
Ifelizmente poucos se manifestam, como aqueles quatro ‘bravos guerreiros’ – Marly Martin, Humberto Henrique, Mário Verri e Dr. Manoel – que ainda tentam instalar uma CPI na Câmara para investigar. Não se esquecendo também dos destemidos blogueiros sérios – todos sabem quais são – que sempre estão alertando e cobrando. Nada mais que isso. É um lástima, Maringá!".

. Lauro Barbosa


Lauro, assino embaixo.

2 comentários:

Prof. Luiz Gonzaga disse...

Concordo com o Lauro Barbosa e penso que só um trabalho de conscientização a partir dos cidadãos e eleitores conscientizados, será possível reverter esta situação. Na Verdade, Maringá é um cidade muito nova e a população que aqui chegou, veio de diversas regiões e juntamente com a geração local ainda não construiu uma identidade política é um povo que trabalha muito , mas esqueçe que trabalho sem cidadania, pode comprometer os resultados, basta vê o aumento da corrupção e da criminalidade. Há uma série de organizações não governamentais, mas não conseguem ou não qurem mobilizar e conscientizar a população para o exercício da cidadania plena. Com a palavra os formadores de opinião

Henry disse...

Os Barros transformaram Maringá em seu curral literalamente! Onde eles são os donos que fazem e desfazem o que quer, e o povo? O povo pasta calado!