7 de abril de 2011

Coisa feia, ehim Noblat?

"Linchar Bolsonaro é fácil. Ele é um símbolo, uma síntese do mal e do feio. É um Judas para ser malhado. Difícil é, discordando radicalmente de cada palavra dele, defender seu direito de pensar e de dizer as maiores barbaridades".

Quem escreveu esse absurdo aí foi o colunista e blogueiro Ricardo Noblat ( Globo). Ele defende o direito de Bolsonaro propagar seu discurso fascista, fazer apologia da tortura, disseminar o ódio e a segregação racial e étnica.Enfim, o deputado faz ode ao crime e isso é inaceitável. Voltaire, claro, jamais assinaria embaixo, por mais profundas que fossem suas reflexões a cerca da democracia.

Nenhum comentário: