1 de maio de 2011

Hoje como ontem


A IDEIAS traz na capa da sua edição de maio extensa reportagem sobre as novas pentecostais e a mina de ouro em que se transformou a proliferação de igrejas evangélicas no Brasil. "Pastores" ganham rios de dinheiro à custa da fé de incautos fiéis.
Vendo a capa da revista do Fábio Campana me lembro da POIS É, que editei durante 6 anos com o Moscardi e o Moretti. Em duas edições, produzimos matérias de capa sobre a mesma picaretagem. Já se vão pelo menos 20 anos e o quadro continua o mesmo, piorando gradativamente. O título da primeira reportagem de capa era "Picaretas da Fé". Depois, produzimos uma segunda com a manchete "A fé move milhõe$".
Esclarecendo: as duas reportagens da revista POIS É foram publicadas numa época em que ainda não tinha aprecido Edir Macedo e as inúmeras reportagens de telejornais mostrando os "obreiros" da Igreja Universal no Maracanã, com sacos de dinheiro nas costas.

Um comentário:

Marcos R soares. disse...

O preço da liberdade não é pago somente no campo da fé,taí a política dizendo o mesmo.