30 de maio de 2011

O Secretário, claro, tira o dele da reta

"Sobre a estranha movimentação de medicamentos no Hospital Municipal, que no dia tinha até campana, o Secretário de Saúde, Antonio Carlos Nardi, disse aos vereadores que não tem contato com vendedores de laboratórios. Que a maioria dos medicamentos são comprados pelo Consórcio Paraná Saúde, que garante preços mais baixos. Sobre o lançamento em duplicidade de uma nota de fatura, ele disse que foi um único caso registrado, e que posteriormente foi corrigido. E assegurou que nunca o Hospital Municipal ou a Prefeitura compraram medicamentos superfaturados ou com prazo de validade próximo do vencimento".

. Do blog do Lauro Babrosa




Meu comentário: pode ser, mas se realmente ocorreram os delizes investigados, o Secretário não pode negar o pecado da omissão. Bem, este é um assunto que se encontra na esfera do Ministério Público e quando tudo estiver devidamente apurado é que vamos ver se Nardi tinha realmente razão. Espera-se , ainda, que o pato não seja pago apenas por algum funcionário que não determina, apenas cumpre ordem.

Nenhum comentário: