30 de junho de 2011

A irrigação dos currais eleitorais



A presidente Dilma Roussef bem que tentou mas quedou-se ante a pressão da base aliada pela liberação das emandas parlamentares ainda não pagas este ano. Assim, irá para as mãos de prefeitos, via deputados fisiologistas, a modesta quantia de R$ 5 bilhões. Essa irrigação de currais eleitorais com dinheiro públido é uma das maiores excrescências da política brasileira desde o Império.

Nenhum comentário: