10 de junho de 2011

Requião perde o amigo, mas a piada, nunca

Está no blog do Cláudio Humberto:

"Um incidente na posse da ministra Gleisi Hoffmann ilustra a dificuldade do governo no Congresso. O senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE) estava sentado ao lado de Roberto Requião (PMDB-PR) quando chegou o ministro Aloizio Mercadante (Ciência e Tecnologia), com a arrogância peculiar: “Este lugar é meu”. Valadares não se alterou: “Se quer sentar, puxe uma cadeira”. Requião fez graça: “Se não encontrar, pode sentar no meu colo...” Mercadante fechou a cara e saiu de fininho".

Nenhum comentário: