4 de junho de 2011

Verdugo de si mesmo

Uma das explicações do ministro Palocci para justificar o seu super-faturamento em 2010 foi de que, ao encerrar sua empresa os pagamentos parcelados foram antecipados. O também consultor Rudá Ricci, revela a fragilidade do argumento:

" Receber em 2010 uma parcela quase única ao cancelar os contratos. Se entendi bem, este foi o esboço de sua argumentação. Ocorre que quando se cancela um contrato de consultoria há comumente uma multa pela rescisão que é paga por quem a solicita".

Quer dizer, a entrevista exclusiva que Palocci concedeu ao Jornal Nacional foi um tiro no pé. Vai morrer pela própria boca, como um verdugo de si mesmo.

Nenhum comentário: