18 de julho de 2011

"Eficácia" e " respeito" ao erário, a gente vê por aqui

O Contorno Norte de Maringá é destaque na Folha de São Paulo desse final de semana. Obra superfaturada, o jornal aponta envolvimento do PT, via Denit de Pagot e constata que há um superfaturamento de R$ 10 milhões.
O Contorno foi licitado por R$ 150 milhões e o projeto ignorou o fato de cortar parte da cidade, isolando vários bairros. Vale a lembrança de que o projeto original foi feito na segunda gestão Said Ferreira, mas numa época em o traçado cortava área rural, pois não existiam ainda os bairros que ficaram do lado de lá.
A responsabilidade desse aleijão é inteira da "administração cidadã",que tem dado provas cabais de que pouco se importa com o futuro da cidade.
Aproveito a deixa para lembrar das obras do Novo Centro, contratadas em 2004 por R$ 43,8 milhões para terminar em janeiro de 2008 e que já passa da R$ 100 milhões e registra um atraso de, no mínimo, três anos.

Um comentário:

Anônimo disse...

Dá uma lidinha na matéria da revista Época dessaq semana.