26 de julho de 2011

A guerra de guerrilha que o PCzão nem se lembra


É hoje a noite na Livraria Ghinhone o lançamendo de "Porecatu – A guerrilha que os comunistas esqueceram”, do jornalista Marcelo Oikawa. Ele narra com riqueza de detalhes o conflito sangrento da luta pela terra na região de Porecatu de 1940 a
1951. Os trabalhadores tiveram a orientação política e estratégica do Partido Comunista, tendo João Saldanha, o "João Sem Medo" como um dos líderes.
Fui convidado pelo amigo Laércio Souto Maior para este lançamento, mas infelizmente a barreira geográfica me impediu. Com certeza encontraria lá velhos amigos dos meus tempos de Folha de Londrina, como o próprio Marcelo, Nilson Monteiro, Luiz Geraldo Mazza e a dupla Pedro Paulo Filismino/João Arruda, que fez uma grande reportagem sobre o assunto para a FOLHA e depois editou um ótimo livro com o mesmo material.
A Guerra de Porecatu mostra a parte mais visível da luta pela terra na fronteira agrícola chamada Paraná, num tempo em que a lei que imperava era a do cano do revólver.

Nenhum comentário: