9 de agosto de 2011

JN noticia e sentencia

A Rede Globo divulgou esta semana um código de ética para seu jornalismo. Nem bem o casal Willian Bonner e Fátima Bernardes acabaram de ler o resumo do código, a aparesentadora apresentou uma nota coberta sobre a merendeira que teria,supostamente, colocado veneno de rato na comida de uma creche . A moça, negra a pobre, está sendo investigada e não passa de suspeita. Segundo seu advogado, ela teria sido induzida pelo delegado que presidia o inquérito, a confessar o que a autoridade policial queria que confessasse, até como forma da polícia dar uma satisfação à sociedade.
O JN não a tratou como suspeita, mas já como ré.

Nenhum comentário: