2 de setembro de 2011

Arafat e o ramo de oliveira



Dia 23 próximo a Assembléia Nacional da ONU deverá decidir sobre a criação do Estado Palestino. Haverão manifestações no mundo todo, em apoio ao novo país. No Brasil, a concentração será no centro de São Paulo, tendo como símbolo essas duas bandeiras, aí.
É histórico um pronunciamento do ex-líder da autoridade palestina, Yasser Arafat, quando ele conclamou na Organização das Nações Unidas:

“Trago um ramo de oliveira e a arma de quem luta pela liberdade e pela paz. Não permitam que o ramo de oliveira caia de minhas mãos.”

Arafat morreu mas o ramo continua nas mãos dos que lutam pela paz no Oriente Médio.

Nenhum comentário: