20 de setembro de 2011

Palmas para Bravin. Mas cadê o ICMS Ecológico?

A Câmara de Maringá deve aprecciar em sua sessão ordinária de hoje, anteprojeto autorizativo do vereador Belino Bravin (PP), que prevê a abertura de crédito adicional especial no orçamento deste ano no valor de R$ 100 mil. O dinheiro seria destinado a convênios para recuperação das nascentes.

Fonte: Site do Rigon

Meu comentário: Merece cumprimentos o vereador Bravin, mas seria interessante que ele verificasse direitinho o que andam fazendo com a grana que o município de Maringá recebe relativa ao ICMS ecológico. Não sei quanto, mas uma coisa é certeza: os valores passam de R$ 100 ao mês. O objetivo do ICMS ecológico é exatamente preservar as reservas nativas, aí incluindo os mananciais de água doce que cortam o perímetro urbano.

Nenhum comentário: