9 de setembro de 2011

Sem refresco

O PT estadual não tem dúvidas de que o PSDB estaria por trás dos ataques à ministra Gleisi Hoffmann, provável adversária do governador Beto Richa nas eleições de 2014. Por isso, a bancada do partido na Assembléia Legislativa, liderada pelo maringaense Ênio Verri, volta do feriadão prolongado na próxima segunda-feira, com baterias carregadas. Assim, a oposição que o governador não terá por parte do PMDB, agora aliado, estará concentrada nas mãos do Partido dos Trabalhadores, disposto a não deixar pedra sobre pedra.

Nenhum comentário: