18 de novembro de 2011

Caso de polícia

O crime foi a dois: o zagueiro Bolívar, do Internacional, deu uma entrada criminosa no atacante Dodô, do Bahia. Devia ter saído preso do estádio. E no BO caberia acusação também ao juiz Paulo Cesar Oliveira, que não marcou penalti e se limitou a dar um cartão amarelo para o zagueiro carniceiro. Confiram o lance:

Nenhum comentário: