3 de novembro de 2011

Efeito Strechar

"Tem assessor de vereador na Câmara Municipal de Maringá, dizendo que está só esperando ser mandado embora para botar a boca no trombone. E, pelo que se comenta, nem mesmo parentes ou ex parentes serão respeitados".

. Da coluna do Verdelírio Barbosa (Jornal do Povo)

Minha indagação: será que tem gente na Câmara de Maringá temendo o efeito
Admir Strechar, de Guarapuava?

Nenhum comentário: