4 de novembro de 2011

A Falsa Tartaruga

"A mídia conservadora brasileira é uma espécie de Falsa Tartaruga(de Alice no País das Maravilhas). Ela não hesita no emprego de sua peculiar aritmética de enfeiar, confundir e escarnecer.

Sua proeza mais recente é a fabricação de uma conta sobre o tamanho da corrupção no Brasil, seguida de sua difusão maciça. Faz como ensinava um famoso propagandista alemão: para transformar uma mentira em verdade, é preciso repeti-la mil vezes.

Hoje, ela fala em 85 bilhões de reais anuais, como se pode ver na capa da principal revista da direita nativa. Ontem, eram 70 bilhões. Amanhã, sabe-se lá. E não importa. O relevante é trombetear uma cifra que impressione, qualquer que ela seja.

A mídia conservadora pega o número e o põe nas manchetes, na boca de comentaristas televisivos, em suas “análises”. Ficam todos compungidos com o tamanho do problema. Como se não fosse ela mesma que lhe deu a dimensão que tanto a assusta".

. Marcos Coimbra (diretor-presidente do Instituto de Pesquisas Vox Populi)


PS: Isso vai mais ou menos na linha do que disse Caco Barcelos, sobre o denunciasmo e a apuração porca que a grande imprensa vem fazendo dos fatos que trazem à tona com grande estardalhaço.

Nenhum comentário: