9 de novembro de 2011

Teria sido ele uma vítima do radicalismo de esquerda?



A esquerda brasileira sempre teve Wilson Simonal como um dedo duro do regime militar. Caiu em desgraça por causa disso, embora tenha negado até a morte. Seu filho, o Simoninha, iniciou uma luta sem tréguas para provar que o pai jamais entregou alguém aos torturadores do Doi-Codi.
Revendo este clipe, da música que o Simonal fez em parceria com Ronaldo Bóscoli para homenagear Martin Luther King, me pego a pensar: será mesmo que os chamados cantores/compositores de vanguarda da MPB não foram injustos com o talentoso Simona?

Nenhum comentário: