20 de dezembro de 2011

Vereadores derrubam pegadinha do prefeito

Pousou hoje na Câmara de Maringá sobre a mesa do presidente Mário Hossokawa uma pá de projetos do Executivo para serem votados em regime de urgência já a partir da penúltima sessão ordinária do ano, realizada esta tarde. Tudo no afogadilho como sempre. Um desses projetos foi quase uma espécie de pegadinha, pois autorizava o prefeito a celebrar convênio com uma empresa privada para tratar o lixo urbano de Maringá, com prazo de validade para 30 anos.
Os vereadores não tiveram tempo nem de ler a súmula, quanto mais de votar. Mas como precisava de maioria absoluta (dois terços), teve 6 votos contra e acabou rejeitado.

Nenhum comentário: