26 de fevereiro de 2012

De pai pra filho...

Informa Verdelírio Barbosa em sua coluna no Jornal do Povo: "O vereador Belino Bravin Filho, do PP, que está impedido de disputar reeleição, conversou com Umberto Crispim de Araújo, presidente do PMDB local, e pediu vaga para que seu filho, o advogado Júnior César de Oliveira Bravin, que é filiado no PMDB, seja candidato a vereador".

Meu comentário: Ainda que transferência de votos seja uma coisa meio complicada, Bravin tem cabedal (não confundir com cabidal)para se manter na política por meio do filho. O mesmo,certamente, tentarão outros vereadores e ex-vereadores impedidos de concorrer pela lei da ficha limpa.

De tudo isso o que não é muito animador, é a possibilidade de termos na Câmara Municipal de Maringá, mudança de caras e não de cabeças.

Nenhum comentário: