10 de março de 2012

A base, com a faca nos dentes


A base aliada do governo Dilma está com a faca nos dentes. Quer conter o crescimento do PT, que aos poucos vai tomando conta do aparelhamento do Estado. Esta semana houve uma reunião meio secreta dos líderes dos partidos que apóiam a presidente, para decidir ir ao ataque. O primeiro recado foi mandado pelo Senado ao rejeitar a recondução do diretor da Agência Nacional de Transportes Terrestres. E quem liderou tudo foi o senador paranaense Roberto Requião (foto), que além de mandar o recado para o Palácio do Planalto, aproveitou para fazer uma retalhaçãozinha básica pra cima do ministro Paulo Bernardo, de quem é um notório desafeto.
O fato concreto é que se a presidente Dilma Rousseff não se vestir de bombeira e ir pessoalmente apagar este fogo, seu governo pode sofrer várias queimaduras. Claro que ela resiste ao fisiologismo, principalmente do PMDB, mas seria de bom tom, nessa hora crucial, ela tomar lições com algum remanescente do velho PSD mineiro. Se é que ainda existe algum deles vivo por aí. Senão, o jeito é recorrer a algum bom aluno dessa escola.

Nenhum comentário: