12 de março de 2012

E agora Crispim?

O PMDB estadual decidiu hoje que Maringá deverá ter candidato próprio a prefeito, contrariando a vontade do presidente local Umberto Crispim, que negociava o apoio do partido à candidatura Quinteiro (PSB).
Significa que a Executiva decretou uma intervenção branca no diretório municipal de Maringá, com o provável fim do reinado Crispim de Araújo. Segunda-feira , próxima reunião ordinária do partido em Curitiba, quem estará lá para ser ouvido é o presidente da Câmara Municipal, Mário Hossokawa, pré-candidato a prefeito.

Fonte: blog do Rigon

Nenhum comentário: