27 de março de 2012

Recordar é viver

Não sei porque, hoje acordei com saudade da minha primeira infância na Fazenda Canto, Pintadas (Bahia).O meu pai, seu Domingos, foi tropeiro nos anos 40 e já nos 50, aboiador e cantador de samba de roda nas festas da redondeza. Menino, alí pelos meus 8,9 anos , eu ajudava meu avô materno a recolher as vacas leiteiras no curral, todo fim de tarde. E também apreciava os aboios do velho Alicério, que eu e meu primo Joãozinho tentávamos acompanhar ,com voz esganiçada de menino. Rememorando isso, matei saudade, indo ao YouTube e ouvindo esse aboio com Vavá Machado e Marcolino.

Nenhum comentário: