29 de março de 2012

Toda pedofilia será perdoada...

Foi mesmo de estarrecer a decisão do Superior Tribunal de Justiça de confirmar absolvição de um homem processado por abusar sexualmente de duas meninas de 12 anos. O argumento é um tapa na cara da sociedade: “As meninas já praticavam prostituição e que por tanto, não cabe a presunção de violência”.
Meu Deus, o fato de duas crianças estarem no mundo da prostituição já é uma violência. Os ministros do STJ fizeram crer que a conduta do estuprador foi apenas imoral e reprovável, Crime não houve porque as meninas “estavam longe de serem inocentes, ingênuas, inconscientes e desinformadas a respeito do sexo”. Pior, muito pior foi o fato de ser uma mulher a relatora do processo, a ministra Maria Thereza de Assis Moura.
Fonte: Blog o Tijolaço

Nenhum comentário: