31 de maio de 2012

A gestão exterminadora do futuro ataca novamente

O Lauro Barbosa comenta em seu blog que "a administração, que ‘fala e faz’, tentou dar outro chapéu. Sem dar bola para o Conselho de Cultura, enviou para a Câmara projeto que prevê uma parceria público-privada para concessão do Cine Teatro Plaza, como se aquele valioso bem tivesse custado preço de banana".O projeto foi barrado na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal de Maringá. Depois de demolir o prédio da rodoviária velham , manter o Kalil Haddad fechado por tanto tempo, montar um zoológico de dorepóxi no Parque do Ingá, ignorar o estado de abandono do Horto Florestal e permitir que os fundos de vale sejam transformados em lixões, o que mais esperar dessa gente?

A pergunta que não quer calar

O ex-presidente Lula estará hoje a noite no programa do Ratinho (SBT). Será que ele vai falar da pendenga com o ministro Gilmar Mendes, que o acusa de tentar pressionar o Supremo para adiar o julgamento do "mensalão"? É esperar pra ver.

30 de maio de 2012

Críticas ao ministro Gilmar Mendes, já na indicação

Um artigo do insuspeito jurista Dalmo Dallari, publicado no dia 8 de maio de 2002, criticava a indicação do advogado Gilmar Mendes para ministro do Supremo Tribunal Federal, feita pelo então presidente da república, Fernando Henrique Cardoso. Diante do comportamento de Mendes no episódio da suposta pressão que teria sofrido por parte de Lula, referido texto vem sendo resgatado, principalmente pela blogosfera. Reproduzo aqui alguns trechos, que são reveladores do perfil do ministro, que não é a primeira vez que se vê envolvido em polêmicas, algo totalmente incompatível com a função que exerce na mais alta corte de justiça do poaís: “Se essa indicação vier a ser aprovada pelo Senado, não há exagero em afirmar que estarão correndo sério risco a proteção dos direitos no Brasil, o combate à corrupção e a própria normalidade constituciona”l. “É importante assinalar que aquele alto funcionário do Executivo especializou-se em “inventar” soluções jurídicas no interesse do governo. Ele foi assessor muito próximo do ex-presidente Collor, que nunca se notabilizou pelo respeito ao direito. Já no governo Fernando Henrique, o mesmo dr. Gilmar Mendes, que pertence ao Ministério Público da União, aparece assessorando o ministro da Justiça Nelson Jobim, na tentativa de anular a demarcação de áreas indígenas”. E não faltaram injúrias aos advogados, pois, na opinião do dr. Gilmar Mendes, toda liminar concedida contra ato do governo federal é produto de conluio corrupto entre advogados e juízes, sócios na “indústria de liminares”. “A comunidade jurídica sabe quem é o indicado e não pode assistir calada e submissa à consumação dessa escolha notoriamente inadequada, contribuindo, com sua omissão, para que a arguição pública do candidato pelo Senado, prevista no artigo 52 da Constituição, seja apenas uma simulação ou “ação entre amigos”. É assim que se degradam as instituições e se corrompem os fundamentos da ordem constitucional democrática”.

29 de maio de 2012

Pega na mentira

Quem viu a entrevista do ministro Gilmar Mendes (STF) à Globo News,confirmando ter sido pressionado por Lula, ficou na dúvida sobre a veracidade da fala.Agora há pouco o UOL postou o seguinte:"Na análise de um total de 3 minutos de trechos da entrevista, foram detectadas 11 ocorrências de "alto risco", cinco de "provável risco" e duas de "baixo risco".Alto risco é uma maneira de dizer que a pessoa está mentindo", afirma o perito responsável pela análise, Mauro Nadvorny" A coisa vai se complicar ainda mais para o lado de Mendes e da revista Veja, que acusou o ex-presidente Lula de chantagear um ministro da Suprema Corte.

28 de maio de 2012

Um legado de terror

O deputado Fernando Destito Francischini (PSDB-PR) está sendo apontado como o novo valentão da Câmara Federal, principalmente depois de partir pra cima do Dr. Rosinha, petista de porte físico diminuto. Como ele vem chamando a atenção na CPMI do Cachoeira, a mídia passou a se ocupar da sua biografia. O jornalista Paulo Henrique Amorim escreve no blog Conversa Afiada:" Seu legado de sangue e abusos, que custaram ao ex-governador do Espírito Santo Paulo Hartung (que teve a infeliz idéia de fazê-lo seu secretário de segurança pública) é uma denúncia da OAB e da Anistia Internacional à ONU pelos massacres no sistema penitenciário. Há fotos no processo enviado à Koffi Anan, que mostram presos castrados ainda vivos e obrigados a engolir seus pênis decepados! E foi o próprio O Globo que denunciou o holocausto promovido por Francischini".

Cabra macho, oxenti!

26 de maio de 2012

É o fim da picada!

"O Cine Teatro Plaza, que era somente cinema e foi comprado — em 1990 — pela prefeitura (Ricardo Barros era o prefeito) para ser transformado num espaço cultural, vai voltar para a iniciativa privada. O prefeito Roberto Pupin enviou projeto de lei (número 12.346/2012) para a Câmara de Vereadores, que, se aprovado, permitirá a concessão do Cine Teatro Plaza para a iniciativa privada — para exploração econômica —- por um prazo de 20 anos". . Blog do Edson Lima Meu comentário: não é possível que um espaço como aquele, que se bem conservado e utilizado serviria para levar um pouco de cultura e arte à população,vá ser entregue à iniciativa privada para exploração comercial.É o fim da picada, mesmo.

25 de maio de 2012

Os preciosos minutos de cada partido na TV

O professor Hardy Waldschmidt, da Escola da Magistratura e assessor judiciário do TRE do Mato Grosso do Sul, calculou o tempo de TV que cada partido com representação na Câmara Federal terá na televisão por conta do horário eleitoral gratuito. Não são números oficiais, é bem verdade, mas pela experiência e conhecimento do professor, não deve fugir disso: PT - 3´46”52; PMDB – 03’23’’13; PSDB - 02’26’’99; o DEM - 02’01’’26; PP - 01’56’’58; PR - 01’56’’58; PSB - 01’40’’21; PDT - 01’26’’17; PTB - 01’09’’80; PSC - 01’00’’44; PC do B - 00’55’’76; PV - 00’55’’76; PPS - 00’48’’75; PRB - 00’39’’39; PMN - 00’30’’03; Psol - 00’27’’69; PT do B - 00’27’’69; PHS - 00’20’’68; PRP - 00’25’’35; PTC - 00’23’’35; PSL -, 00’23’’01; PPL e PSD terão 00’20’’68 cada.

Cadeia para donos de cães violentos que atacam pessoas

Tenho falado sempre, e até com certa insistência, sobre a responsabilidade dos donos de cães de guarda, que volta e meia atacam uma pessoa, no quintal de casa ou na rua. Sobre isso, comenta o professor Luiz Gonzaga : " Messias, concordo plenamente com você e já passou da hora de uma lei municipal, determinando o cadastros de cães e devidamente identificados (tatuagem na orelha ou Ship), para em caso de abandono ou ataque a pessoas, os donos sejam responsabilizados.É assim que eu penso! E quem deixa cão violento solto merece cadeia".

A "indústria" do aditivo pode tudo

Foto:Marco Antonio Deprá (Blog do Rigon)
Nunca é demais lembrar que esta obra de rebaixamento da linha férrea e eliminação das passagens de nível em Maringá está com apenas quatro anos de atraso e com um custo, no mínimo, 150% maior do que o previsto no contrato original com a CR Almeida, graças à "indústria" do aditivo. Aqui é assim, "a gente fala, a gente faz".

24 de maio de 2012

Fim de carreira?

"Está nas mãos do ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal, desde ontem, uma reclamação do secretário de Indústria e Comércio de Beto Richa, Ricardo Barros (PP), contra o juízo de Direito da 2ª Vara Criminal da comarca de Maringá, sendo interessado o Ministério Público do Paraná. Ele tem como advogada Fernanda Ferreira da Rocha Loures. Barros está sendo alvo de denúncia crime, feita pelo MP, em dezembro do ano passado. A exemplo de Demóstenes Torres, ele foi flagrado no Nextel em conversas pouco republicanas falando sobre licitações na prefeitura comandada pelo irmão mais velho. O processo ficou quatro cinco meses parado na Procuradoria Geral de Justiça, que voltou a solicitar vistas em 11 de abril; desde então a denúncia não tem movimento. Se depender da agilidade de Toffoli, Barros pode coçar a cabeça: o segundo recurso contra a condenação no caso da Tenda dos Milagres, em que os cofres públicos de maringá foram sangrados às vésperas das eleições de 1992, quando ele era prefeito, está nas mãos do mesmo ministro esperando sentença desde 30 de novembro do ano passado". Blog do Rigon PS - Pela Lei da Ficha Limpa tanto Ricardo quanto Silvio Barros II já são inelegíveis. .

23 de maio de 2012

Apertando o torniquete

A Comissão de Justiça e Cidadania do Senado aprovou hoje uma PEC que proíbe nomeação de CCs fichas sujas na administração pública, seja ela municipal, estadual ou federal. O torniquete pra cima dos improbos está só que aperta.

Mau jornalismo explícito

Aquele vídeo de uma jovem repórter entrevistando de maneira arrogante um acusado de estupro em Sanvador, é uma verdadeira aula de anti-jornalismo. A Band diz que vai demitir a "profissional", mas que demita também quem mandou aquela porcaria ao ar.

22 de maio de 2012

O baile de Cachoeira nos parlamentares

Carlos Cachoeira entrou mudo e vai sair calado da CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito). No início, uma chuva de perguntas para resposta nenhuma, posto que o bicheiro tem o direito constitucional de não produzir provas contra si. O fato, entretanto, é que a sessão da CPMI dessa tarde foi um espetáculo ridículo, com o quadrilheiro gozando na cara de todo mundo. A coisa só não ficou pior, porque a senadora Kátia Abreu rodou a baiana e pediu o fim da sessão, onde os parlamentares faziam papel de bobos. Daquele momento em diante, as perguntas foram subtituídas por pronunciamentos de lideranças, um mais contundente do que o outro. A repercussão disso que está acontecendo neste momento no Congresso Nacional será extremamente negativa para o parlamento brasileiro. Pelo menos servirá para que a comissão redimensione sua estratégia, embaralhada pela disputa política entre governo e oposição. O PT detona Pirilo, o PSDB quer fritar Agnelo. Mas uma coisa é certa: o comportamento de Cachoeira forçará deputados e senadores a desligarem o forno que aqueciam para a assar a grande pizza.

20 de maio de 2012

Para ouvir, curtir, refletir

O Akino tá certo

Esta história de que o projeto que, finalmente resolve incentivar a reciclagem, incluindo a proibição da queima do lixo em Maringá, é de autoria dos três vereadores do PP e tão verdadeira quanto que a licença de 100 dias é para que Silvio II represente os prefeitos na Rio+20. Os três só assinaram. O projeto é daqueles que seriam os maiores beneficiados com o negócio, que melou pela pressão popular, mas como ficaria ruim de fosse apresentado como de iniciativa do Executivo. Contem outra, não somos lesados, pelo menos em um sentido da palavra. . Akino Maringá, colaborador

19 de maio de 2012

É tempo de marcha

Hoje foi a Marcha para Jesus e em algumas cidades, a Marcha da Maconha. Em Maringá haverá a parada gay e em Curitiba outra marcha, no mínimo estranha, a Marcha das Vadias. Foto: blog do Esmael

O quadro vai se definindo

Ainda falta muito para que o quadro político de Maringá se defina, mas algumas pré-candidaturas estão perdendo fôlego antes da hora e outras se vêem , senão nas alturas, pelo menos com perspectivas de decolagem.Evandro Júnior parece que deve se consolidar, principalmente porque de posse de pesquisas internas, a executiva estaudal do PSDB se entusiasma e paece já ter se definido pela candidatura própria em Maringá.

12 de maio de 2012

Cantar, pensar, refletir

Mano prejudica o Santos e protege o Corinthians

" Em plena disputa da Libertadores, como Mano convoca três peças-chave do Peixe, como Neymar, Ganso e o goleiro Rafael, e não lembra de ninguém do Timão? Será que os volantes Ralf e Paulinho, que pra mim é a melhor dupla do País na posição, não mereciam uma chance? Será que nessa história do time do Muricy não pode ser prejudicado? Afinal se passar pelo Velez poderá perder seus craques para as semifinais da Libertadores. Por cansaço ou até mesmo por lesões. Já o mesmo não vai acontecer com o Tite, que se passar pelo Vasco, contará com força máxima. Todo mundo 100% descansado. Sacanagem, né? Depois não quer que fiquem falando da ligação dele com o clube do Parque São Jorge". . Neto, em seu blog do UOL PS: e olhem que o Neto é conrintiano roxo.

11 de maio de 2012

Nas mãos da Justiça

Em Sarandi dá Carlos de Paula se a Lei da Ficha Limpa não barrá-lo no baile. Sem o atual prefeito na parada, o ex-prefeito Cido Spada se arrisca a brigar com Volpato e Adalto. Mas com De paula, Spada recolhe o trem de pouso e vai jogar seu prestígio e sua energia na chapa de vereadores do PV. Afinal, 2014 é logo alí.

Não está nos salários o verdadeiro X da questão

De nada adiantaram os protestos da sociedade. A Câmara Municipal de Maringá manteve em R$ 12 mil o salário dos vereadores a serem eleitos no próximo mês de outubro. O sucessor de Silvio Barros II ganhará R$ 25 mil. Sabe o que eu acho? Isso não é o mais relevante. Os vereadores têm que ser avaliados pelo que fazem e não pelo salário que recebem, embora seja mesmo uma imoralidade jogarem nas nuvens os próprios ganhos. Tem vereador que merece cada centavo e tem vereador que pagando para exercer o mandato ainda sai caro para a cidade. O importante agora não é a grita contra os salários, nem dos vereadores, nem dos secretários municipais, nem do prefeito e nem do vice. O que esses grupos que se mobilizaram pela redução precisam fazer é uma campanha de esclarecimento a favor da melhor qualificação da próxima legislatura. Essa, cá pra nós, é a pior que Maringá já teve. Ressalte-se, a bem da verdade, que no quadro atual de vereadores existem exceções, mas pouquíssimas.

10 de maio de 2012

Mino sabe das coisas

"A Veja tem assumido a dianteira na arte de ignorar princípios. A revista exibe um currículo excepcional neste campo e cabe perguntar qual seria seu momento mais torpe. Talvez aquele em que divulgou uma lista de figurões encabeçada pelo então presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, apontados como donos de contas em paraísos fiscais. Lista fornecida pelo banqueiro Daniel Dantas, especialista no assunto, conforme informação divulgada pela própria Veja. O orelhudo logo desmentiu a revista, a qual, em revide, relatou seus contatos com DD, sem deixar de declinar-lhes hora e local. A questão, como era previsível, dissolveu-se no ar do trópico. Miúda observação: Dantas conta entre seus advogados, ou contou, com Luiz Eduardo Greenhalgh e Márcio Thomaz Bastos, e este é agora defensor de Cachoeira. É o caso de dizer que nenhuma bala seria perdida? Sim, sim, mesmo os mais eminentes criminosos merecem defesa em juízo, assim como se admite que jornalistas conversem com contraventores. Tudo depende do uso das informações recebidas. Inaceitável é o conluio. A societas sceleris. A bandidagem em comum". . Mino Carta, em editorial da revista Carta Capital Meu comentário: Mino sabe do que fala. Afinal, foi durante anos, funcionário do Grupo Abril. Diga-se, a bem da verdade, que foi ele quem criou a Veja.

9 de maio de 2012

Lição (não aprendida) da História

Quando o presidente João Goulart sancionou a lei do 13.o salário em 1962 foi uma grita geral do empresariado. O economista Eugênio Gudin (ministro da fazenda no governo Café Filho) fez duras críticas a “Jango”, dizendo que o salário extra quebraria as empresas, levaria a maioria delas à banca rota. Passado meio século, o 13o. é o motor do consumo e o combustível da prosperidade do próprio setor produtivo que agora, tenta barrar por todos os meios e todos os credos, a redução da jornada de trabalho para 40 horas. Que a História sirva de lição.

Pintadas e Maringá. Duas cidades, dois amores

Duas cidades que adoro fazem aniversário esta semana: Maringá (10/05/1947), onde vivo e Pintadas , onde nasci. Minha cidade natal era distrito de Ipirá até 9 de maio de 1985. Como vilarejo surgiu no início do século XX. Ganhou esse nome porque foi lá que surgiram as primeiras casas caiadas da região. O povo da roça ia lá fazer compras e dizia: “Vamo nas pintadas”. Devido a seca que assola o semi-árido baiano, o pintadense não fará festa, mas promove uma semana cultural, que será encerrada às 8 da noite dessa quarta-feira com um show em praça pública do cantor-compositor mineiro Zé Geraldo. Em homenagem a Pintadas posto aqui o clipe CIDADÃO, do Zé Geraldo e homenageando Maringá, o vídeo MARIA DO INGÁ, com solo de violão do meu mano Antônio Mendes:

8 de maio de 2012

Uma aula de literatura para o Brasil ver

Nailôr Marques no Jô. Sinceramente, um dos melhores entrevistados que o gordo levou ao seu programa. O professor maringaense, que viajou 9 dias de caminhão para conhecer a casa de Augusto dos Anjos na Paraíba, deu uma aula de literatura como nunca d´antes visto na televisão. Sobre Machado de Assis, então, nem se fala. Enfim, vendo Nailôr falar sobre o maior escritor brasileiro de todos os tempos, tive a confirmação daquilo que já me garantia em sala de aula o saudoso Iran Sallée: Capitu não traiu Bentinho. E ponto final.

É caso de polícia!

Luis Nassif, em seu blog: "Alguns analistas teimam em analisar o comportamento da Veja - nas relações com Cachoeira – como eticamente condenável. Há um engano nisso. Existem problemas éticos quando se engana a fonte, se adulteram suas declarações, desrespeita-se o off etc. O comportamento da Veja é passível de enquadramento no Código Penal. Está-se falando de suspeita de atividade criminosa, não apenas de mau jornalismo. Sua atuação se deu na associação com organizações criminosas visando objetivos ilegais, de obstrução da Justiça até conspiração".

7 de maio de 2012

VEJA, adeus credibilidade

Grande João!

Poucos maringaenses foram tão dedicados à causa da saúde pública de qualidade quanto João Scramin. Ele era um guerreiro, trabalhando voluntariamente pela melhoria do SUS,principalmente no atendimento dos portadores de problemas mentais. Morreu de infarto aos 71 anos de idade. Católico fervoroso, foi vereador pela Arena e autor de um polêmico projeto, a lei que que extinguiiu a zona do meretrício de Maringá. Que Deus o tenha no lugar merecido, grande João.

Ainda aprendo

Quero me desculpar com os leitores que enviaram pitacos para este blog, pois devido a mudança de configuração da página, pela Blogspot, não tenho conseguido postar os comentários. Estou tentando.

O super-coordenador

A campanha do vice-prefeito de Maringá, Roberto Pupin, terá um manda-chuva, que não será o próprio candidato. Ricardo Barros vai "prender e mandar soltar" como se diz na gíria. Será o coordenador geral, o coordenador financeiro, o responsável pelo marketing e o autor do plano de governo. Seus coadjuvantes: Silvio Barros II , Cida Borgheti e Hamilton Cardoso.

Hiroshima, 65 anos depois da bomba

Brasil, 65 anos depois da bomba de Hiroshima

6 de maio de 2012

Pompa sob vigilância

Anuncia-se pompa às pampas nesta segunda-feira pela manhã no Paço Municipal de Maringá. Partidos e pré-candidatos de oposição estão de olho na legislação eleitoral para entrar com ação à menor suspeita de propaganda exteporânea.Silvio Barros II vai passar o cargo pela enésima vez para o campeão da interinidade Roberto Pupin. Desta vez por 100 dias, embora o vice esteja frustrado com a promessa falsa do titular, que era de renunciar ao cargo.

5 de maio de 2012

Sobre a licença de 100 dias

Ana Lúcia Rodrigues disse: "O prefeito tenta legitimar – por meio de segmentos da imprensa local – o que é absolutamente ilegítimo. A desculpa utilizada para os 100 dias de licença é um embuste que cada maringaense – eleitor ou não dessa família cujo imenso patrimônio foi construído com salários públicos – não pode aceitar. Seria digno e legítimo por parte do prefeito admitir que está dando a chance de ser mais conhecido ao candidato que terá o seu apoio para a sucessão municipal do que dizer que utilizará 100 dias (07/05 a 14/08) para preparar participações num evento de 04 dias (16/06 a 19/06). Participação, aliás, que deve ser informada em detalhes aos maringaenses, pois da Comissão Organizadora a ONG do prefeito não consta, segundo a Portaria 217/2011 que nomeou a “Comissão Nacional para a Rio + 20”. Poderia começar divulgando no Programa do Pinga Fogo, que vem informando a população sobre essa significativa atividade do prefeito, qual será a participação efetiva da sua ONG, pois ONG’s e outros grupos da sociedade civil que não possuem “status consultivo no Conselho Social e Econômico das Nações Unidas (ECOSOC)” também podem participar da Conferência nos “eventos paralelos” desde que tenham realizado sua inscrição até o dia 30 de março de 2012. Nós, maringaenses, cidadãos queremos detalhes". . A professora/doutora Ana Lúcia é coordenadora do Observatório das Metróipoles da UEM

Pra que ideologia?

A colunista política Ruth Bolognesi constata que o deputado Ratinho Júnior, do tipo que acende uma vela pra Deus e outra pro diabo, não tem problema ideológico a resolver nas suas amarrações partidárias para prefiro de Curitiba: afina com a esquerda e toca com a direita.

4 de maio de 2012

Haja óleo de peroba!

Para sustentar que o motivo da licença de 100 dias é para representar prefeitos na Rio+20 é preciso ter muita cara de pau. Assisti mais uma daquelas ‘entrevistas’ e esta desculpa foi sustentada sem que entrevistado e entrevistadores ficassem vermelhos de vergonha. Será, como diria Fuji, que os povos acreditam? Brincadeira, diria Neto. Sinceramente, fico envergonhado. . Akino Maringá, colaborador do blog do Rigon

A Veja e o parceiro Cachoeira

O jornalista político da revista Carta Capital, Leandro Fortes, informa que Carlinhos Cachoeira deverá detalhar na CPI todas as histórias que contou para o eidtor-chefe de Veja, Policarpo Júnior.O velho Roberto Civita, dono da Abril, deverá ser convocado para depor, o mesmo acontecendo com Policarpo, que usou como parceiro em seus "furos" de reportagem um chefe de quadrilha.

Iguaçu x Jaburu

O governador Beto Richa trabalha com o objetivo de levar o PMDB para a candidatura de Luciano Ducci, em Curitiba. Ducci é do PSB, partido do Quinteiro, que entra no pacote com a possibilidade de ter um peemedebista como vice em Maringá. Mas o PT não está parado na busca pela aliança com o maior partido político do país. No caso de Ênio Verri, a costura se dá lá por Brasília, com os ministros Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo cortejando Michel Temmer. Quem vencerá esta batalha, o Iguaçu ou o Jaburu?

A fé que move montanha pode mover nuvens de chuva

Previsões de especialistas são de que a seca do Nordeste só terá fim em 2013. Isso apavora o povo nordestino e preocupa todo o Brasil. Movido pela fé, o povo de Pintadas (minha cidade natal)prepara suas cisternas, certo de que ” Nosso Senhor Jesus Cristo” não deixará se concretizar os indicadores da ciência meteorológica. Me informa a prima Meire Mendes que “a Prefeitura cancelou todas as festividades no município durante o período que está decretado Situação de Emergência, inclusive o São Pedro, festa mais tradicional “.

A morte de Tinoco

A dupla Tonico e Tinoco foi uma das primeiras do gênero a surgir no Brasil. Começou exatamente em 1935. Foram mais de 500 sucessos em quase 60 anos de carreira, até a morte de Tonico em 1994. Tinoco faleceu esta madrugada em São Paulo, aos 91 anos. Tonico e Tinoco vieram várias vezes a Maringá. Eu mesmo vi os dois ensaiarem nos fundos da Rádio Cultura e cantarem`numa noite de domingo no “Maringá se Diverte”, apresentado por Nhô Juca, nos anos 60. Tinoco tinha uma afinidade muito grande com Maringá, onde morou temporariamente em alternadas ocasiões. Aqui, chegou a fundar uma fábrica de viola e violão. São dele , aliás, os méritos pela conquista da concessão da TV Comunitária de Sarandi, transformada em tv aberta por João Cioffi, o Canal 10. Entre tantos sucessos , o que mais marcou a dupla “Coração do Brasil” foi sem dúvida Tristeza do Jeca, de Angelino de Oliveira:

3 de maio de 2012

Coerência, a gente vê por aqui

Com os 100 dias autorizados hoje pela Câmara, o prefeito Silvio Barros vira recordista nacional de licenças. A justificativa para o pedido é de que ele irá coordenar a participação da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável Rio +20. Nada mais coerente para quem fez um zoológico de durepoxi no Parque do Ingá, derrubou uma canafístula quase centenária, corta árvores sadias no perímetro urbano sem a devida reposição e tenta, a todo custo, implantar uma usina de incineração de lixo na cidade.
. Do blog Conversa Afiada (Paulo Henrique Amorim)

1 de maio de 2012

Quão bela é a natureza

A esperança nunca morre

Tem gente por esse mundo que já nasce afortunada E que embora passe um tempo sem poder arranjar nada Chega por trás a fortuna vem pegá-la de emboscada/ Por isso conta uma história que vi contar em Trancoso De um homem pobre demais, além disso preguiçoso Casado com uma mulher de coração generoso/ No sertão há muitos anos, numa pequena cidade Esse pobre residia já no fim dum arrabalde Tão cheio de precisão que causava piedade/ Com a mulher e 10 filhos, o velho Joaquim Simão Sofria fome e nudeza, dormindo todos no chão Muitas vezes pra comer tinha que pedir um pão/ Além da grande pobreza, a preguiça o devorava E quando a mulher em casa, em trabalhar lhe falava Ele todo aborrecido, dentro de lá afirmava/ Trabalhar pra que, mulher, trabalho não me convém O que tiver de ser meu às minhas mãos ainda vem Se trabalhar desse lucro, jumento vivia bem //// De: Francisco Sales Areda (paraibano)

1o.de maio na ótica da Literatura de Cordel

Os segredos da Vila

"Já é tradição, vem antes de Pelé. Quais serão os mistérios que envolvem o Santos na arte de revelar seus meninos atacantes, dribladores e artilheiros, de geração em geração? Pode ser pela magia das praias, onde eles vão para se divertir e acabam sendo descobertos, enquanto nas austeras cidades grandes os campos de várzea deram lugar à explosão imobiliária, pode ser. Mas pode ser também pela coragem de lançar esses garotos, seja lá qual for a idade: Pelé tinha 15 anos quando chegou de Bauru, aos 16 já estava na Seleção Brasileira: Coutinho tinha 15 anos quando estreou pelo Santos, Edu apenas 16 quando esteve na Copa do Mundo da Inglaterra... Ah, coisa antiga? E Robinho, como era fininho quando pedalou e pedalou diante do indefeso Rogério, assim como este genial Neymar era chamado de “filé de borboleta” quando começou a infernizar as defesas inimigas coma camisa do Santos. O Santos não esperou que eles se formassem gladiadores nem tinha vergonha de seu físico infantil. E os outros ficam aí, a bater palmas e a se perguntarem por que. Não seria melhor montarem uma rede de olheiros? Sairia mais barato do que investir em jogadores truculentos e medianos, pois que talento, pelo que me consta, não se constrói nas máquinas e aparelhos de musculação". . Blog do Avallone

Dia do Trabalho e informalidade

Qum vai bater o martelo?

O DEM da Maria Iraclésia e o PSDB do Wilson Matos estão batendo bola, certos de que dessa conversa surgirá a chapa Iraclésia-Wilson Filho para prefeito e vice de Maringá. Mas o deputado Evandro Júnior mexe os pauzinhos para ser ele o candidato à sucessão de Silvio Barros II. O quadro está confuso, o ninho tucano anda todo desarrumado, a espera de uma batida de martelo que pode vir de Curitiba, via Rossoni ou Beto Richa.