5 de julho de 2012

Enfim, juntos

Umberto Crispim chegava a espumar pelos cantos da boca quando falava de Ricardo Barros para todo mundo ouvir alí pelos lados da Banca do Massao. Foi, durante muitos anos, o político que mais deitava falação sobre RB, seu maior desafeto. Mas na política fisiológica, onde o que fala alto são interesses pessoais e de grupos, tudo pode acontecer. Hoje, Ricardo e Crispim estão juntos na disputa eleitoral, "para o bem de Maringá"  e em nome de uma lógica partidária  torpe que,  mais dia, menos dia, sempre coloca os iguais do mesmo lado.

4 comentários:

Anônimo disse...

CONCORDO PLENAMENTE COM O MESSIAS, BASTA VER O PT PEDINDO BENÇÃO PARA O PAULO MALUF DO PP DE RICARDO BARROS.

Laís Pinheiro de Souza disse...

Bom dia!
Meu nome é Laís, e a poucos dias te mandei um e-mail sobre uma obra na qual você e Ernesto Piancó foram os organizadores, que conta a história de municípios do Paraná. Eu uso como fonte em minha pesquisa a obra sobre Astorga. Ficaria muito feliz se o Sr. pudesse entrar em contato comigo, adoraria conversar com o Sr! Desde já agradeço, e me desculpo pelo incomodo.

Meu Blogger disse...

Se você me disser como fazer isso, entro em contato com vc. Qualquer coisa mande email - messiasmendes@bol.com.br

Laís Pinheiro de Souza disse...

ok, e-mail enviado! Obrigada