7 de agosto de 2012

Adeus, grande Jesus!

foto: Blog do Rigon
Eu não tinha nenhuma relação de amizade próxima com Antônio Luiz de Jesus, mas conhecia seu trabalho de advogado, sua atuação no sindicalismo e seu apreço pela ética. Tomamos cofé numa padaria do centro de Maringá há cerca de três meses e pela maneira tranquila de se comportar e sobretudo pelo bom humor, jamais deixou transparecer que tinha câncer. Só fiquei sabendo disso quando ele já estava na UTI do Hospital Paraná, através de amigos comuns, que também se surpreenderam com o estado de saúde dele.
Para homenageá-lo, conto aqui uma história real que aconteceu conosco em 1996, durante a campanha eleitoral. Nós dois trabalhávamos pela candidatura Joel Coimbra e, sem espaço no comitê central para eu desenvolver meu trabalho de assessoria de imprensa, ocupei uma sala do escritório profissional de Jesus, no Edifício Hermann Ludgren. Numa tarde, ele foi ao Fórum e pediu que eu cuidasse do "barraco", como carinhosamente se referia ao seu local de trabalho. Num dado momento, toca o telefone e fui atender. Do outro lado da linha, uma pessoa pergunta:
- De onde fala?
Respondo: do escritório do Jesus.
Quem está no aparelho?
- Messias.
Meio irritado, o cidadão  esbraveja:
- Está com gozação pra cima de mim?

Um comentário:

ELIEL DINIZ disse...

Muito legal essa história com seus nomes...
Jesus foi meu companheiro de Lions e era uma pessoa de vida e braços abertos.
***
Messias peço sua atenção para alguns vídeos de homenagens que estou postanto: cantor ROSALINO, cartunista LUKAS..., cartorário ANTONIO FACCI.
www.elieldiniz.blogspot.com
***
Em breve: ADRIANO VALENTE, ROLF JOAQUIM GIORGI, NHO QUINCAS,NILTON ANTONIO MUNHOZ CAZORLA E JOSÉ EDUARDO GERMINIANI (Zé do Parque)

ELIEL DINIZ