29 de setembro de 2012

Investidas oportunistas

O HNews, mais conhecido pelo nome de Hoje Notícias, ex-Hoje Maringá, trouxe em manchete esta semana que o TC havia rejeitado as contas do PT de 2004. Lembro a propósito que o ex-prefeito João Ivo, que não está mais no partido, teve que se virar nos 30 para provar que investiu sim 25% na educação e o que houve na verdade, foi um erro de interpretação, fruto de alguma falha técnica no encaminhamento dos relatórios e balancetes para a apreciação do Tribunal de Contas do Estado. Em 2008, o então deputado Ricardo Barros vivia lá no TC, especificamente no gabinete do então presidente do órgão, Hermas Brandão, pressi0nando para a rejeição das contas. Agora a pressão voltou e a bancada majoritária na Câmara Municipal já fala em rejeição das contas em plenário. Estranho que isso esteja acontecendo de novo e, por coincidência, às vésperas da eleição. Que fique bem claro, não estou defendendo o PT, jamais faria isso pela simples razão que eles podem se defender sozinhos e nada tenho com o Partido dos Trabalhadores, a não ser amizade antiga com alguns de seus membros, inclusive Jairo Carvalho, um dos fundadores.Estou tecendo esse comentário porque achei a manchete muito esquisita, fruto de um oportunismo totalmente descabido. Ao bater no PT, atingem o ex-prefeito João Ivo Caleffi, que é um cidadão acima de qualquer suspeita. Se tenho que tomar as dores de alguém, tomo as do João, cujo caráter e espírito público é inquestionável. E tenho dito.

Um comentário:

Anônimo disse...

E os papagaios, digo, restos à pagar? Deixaram um caminhão de contas pra pagar e nenhum puto em caixa... podem até não ter havido dolo, mas incompetência administrativa é tão nociva quanto a corrupção nos órgãos públicos... e a Lei de Responsabilidade Fiscal está aí para ser cumprida... como já foi dito: A Lei é dura, mas é a Lei.