26 de janeiro de 2013

Filme de Spelberg omite que Lincoln era socialista



Li no blog do  sociólogo mineiro Rudá Ricci uma revelação que vai deixar perplexo o conservadorimo americado. Rudá reproduz artigo do também sociólogo e professor Vincenç Navarro que mostra  "O berço vermelho do Partido Republicano" , se contrapondo ao filme de  Sipelberg sobre Lincoln.
Acredite se quiser, Abraham Lincoln bebia na fonte de Marx, pois “simpatizou claramente com as demandas socialistas do movimento operário , não só dos Estados Unidos mas do mundo”. O professor Vincenç escreve: “Na realidade, Lincoln considerava como um Direito Humano o direito do mundo do trabalho de controlar o produto de seu trabalho, postura claramente revolucionária naquela época (e que continua sendo hoje) e que nem o filme nem a cultura dominante nos EUA lembram ou conhecem, sendo convenientemente esquecida pelos aparatos ideológicos do establishment estadunidense controlados pela Corporate Class”.
Bem, sendo o presidente lenhador uma referência histórica da mais alta relevância para a democracia ocidental e também para o neoliberalismo, é de se supor que suas idéias socialistas-marxistas,omitidas no filme, deve gerar um grande a acalorado debate na terra de Tio San. E de certa forma também, oxigena um pouco o discurso da esquerda ocidental, que anda mais perdida do que cego em tiroteio. Alvissara!!  

Nenhum comentário: