10 de janeiro de 2013

Prevaricação

O secretário de Comunicação de Pupin, Milton Ravagnani, observa leitor, incorre em prevaricação ao escrever em O Diário que existem pessoas da oposição sendo remunerados para atacar seu prefeito. Como agente público, deveria denunciar a tal irregularidade ao Ministério Público, algo que em Maringá soa como piada, já que aqui o costume é o poder público pagar a turma (e bem) para elogiar o poderoso de plantão – e está aí o processo da época de Gianoto, contra vários veículos de comunicação, inclusive jornais, para provar. Aguardemos que Ravagnani, advogado, encaminhe a denúncia com provas às autoridades, e não apenas faça coro aos curiós.

. Blog do Rigon

Meu comentário: a denúncia é absurda, beira ao ridículo. Em todo caso, se há algum indício, que o secretário denuncie ao Ministério Público. Ou cale-se para sempre.

Nenhum comentário: