27 de maio de 2013

Franqueza requiônica


As declarações do senador Roberto Requião, via Twitter, sobre a morte do empresário Roberto Civita, diretor do Grupo Abril e fundador da revista Veja, viraram notícia nacional. O site Brasil 247, por exemplo, reporta que, enquanto muitos políticos lamentaram a morte de Civita, Requião “não demonstrou exatamente o mesmo sentimento”.
Foram três as postagens de Requião sobre Civita:
- Não ha mal que sempre dure nem Civita que nunca se acabe...
- Não me alegra ou entristece a morte de um Civita, alegria me traria a aprovação de meu projeto de lei do direito de resposta.
- A morte de alguém jamais me causaria alegria, mas a do Civita não me traz nenhuma tristeza. Simples assim.

. Blog da Roseli Abrão

Nenhum comentário: